sexta-feira, 29 de abril de 2016

Uma verdade que dói: pegaram dinheiro do BNDES e distribuíram aos bilionários; a cada palavra, um tapa na cara do brasileiro



Suprema omissão

Aroeira 

Médica cubana morre com suspeita de gripe H1N1 em Barreiras (BA)



A médica cubana Clara Elisa Gonzales, de 42 anos, morreu na noite de terça-feira (19), em Barreiras, oeste da Bahia, com suspeita de gripe H1N1. 

O caso foi notificado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), que aguarda a confirmação ou não da doença após o resultado de exames de laboratório.

A profissional, que atuava por meio do Programa Mais Médicos no município de Bom Jesus da Lapa, se internou no hospital municipal da cidade na segunda-feira (18) e foi transferida para o Hospital do Oeste (HO), em Barreiras, na terça (19), onde morreu após parada cardiorrespiratória.

Até a quinta-feira (14), o número de mortes relacionadas à doença no estado chegaram a seis, de acordo com boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). 

Entre as mortes, está a de uma jovem de 23 anos, moradora de Vitória da Conquista, sudoeste do estado. Foram confirmados 25 casos da doença no estado, segundo o último boletim.

O secretário municipal de Saúde de Bom Jesus da Lapa, Marcélio Magno, disse que uma amostra coletada na médica foi encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública Profº Gonçalo Moniz (Lacen-BA), em Salvador, para avaliar a suspeita de gripe H1N1 da médica cubana. 

É o primeiro caso suspeito de infecção pelo vírus na cidade.“Até então, o caso está sendo tratado como síndrome respiratória aguda. Está sendo avaliada [a suspeita de H1N1] devido à rapidez que o quadro clínico evoluiu. Por ser médica, ela já vinha tratando, se automedicando. 

No hospital, ela fez raio-x e foi encontrada mancha no pulmão. Evoluiu para outro quadro, com infecção, mas descartou tuberlucose. Ela foi entubada, para garantir mais sobrevida, tentaram reanimar no HO, mas ela não resistiu”, diz o secretário.

Segundo comunicado do Hospital do Oeste, a médica já deu entrada na unidade com parada cardiorrespitarória. Após tentativa de reanimação, foi constatada a morte 20 minutos depois da entrada da paciente. 

De acordo com registro médico do hospital, a causa da morte foi pneumonia e síndrome da angústia respiratória aguda.

De acordo com o secretário de Bom Jesus da Lapa, os profissionais que tiveram contato com a médica também serão acompanhados pela Vigilância Epidemiológica do município. 

“A Vigilância vai fazer profilaxia, dar medicação e orientar para tomarem medidas de prevenção”, explica. A médica atuava no município desde outubro de 2013. Além de Clara Elisa, outros quatro médicos cubanos do Programa Mais Médicos também atuam na cidade.

“As unidades [de saúde] estão de luto porque ela é uma pessoa muito querida”, lamenta. O corpo da médica será velado em uma capela em Barreiras e deve ser encaminhado Cuba, onde será recebido pela família.

Em Posse (GO)

Em Posse Médico Cubano lamenta morte da compatriota vitima do H1 N1 na Bahia Há mais de dois anos no Brasil na cidade de Posse/GO, o Médico cubano Ridel Pablo Duquesne Cárdenas, lamenta profundamente a morte de sua compatriota na Bahia.

A médica cubana Clara Elisa Gonzales, de 42 anos, que morreu em Barreiras, no Oeste da Bahia, foi vitima da gripe H1N1. 

A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado na noite da última terça - feira (26). após resultado dos exames realizados no Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Muniz (Lacen), em Salvador.

A Profissional que atuava por meio do Programa Mais Médicos no município de Bom Jesus da Lapa, foi internada no hospital municipal da cidade na segunda - feira (18) e foi transferida para o Hospital do Oeste (HO), em Barreiras, na terça - feira (19) onde morreu após parada cardiorrespiratória.

" Lamento profundamente a morte da minha colega e amiga particular. Éramos vizinhos de prédio em Havana. Era uma mulher batalhadora que deixa uma filha de 18 anos e um filho adolescente em Cuba".

Homicidas: mais um foragido preso em Divinópolis de Goiás


O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Valparaíso de Goiás, desencadeou uma operação para cumprimento de mandados de prisão, na cidade de Divinópolis de Goiás, nordeste do estado.

A operação começou na última quarta-feira (27), quando prenderam J.A.I.S. 

Nesta quinta-feira (28), como publicamos neste Blog, em continuidade à operação, o GIH localizou o segundo alvo, L.S.S.R, acusado de homicídio e que estava foragido na fazenda Rio Vermelho.

O terceiro criminosos procurado, D.R.S, ainda está foragido, mas a PM e a Polícia Civil continuam as diligências no sentido de realizar a sua captura.

De acordo com a PM, os três são acusados de matar um homem, em dezembro do ano passado, na comunidade Lago Azul, em Novo Gama (GO).

Os três foram até a casa da vítima, que tinha adquirido um revólver para se defender dos homens, o desarmaram e o mataram com disparos da própria arma de fogo, na frente de sua namorada.

A operação contou a participação dos policiais civis Márcio José, Élio Vinicius, Dilson Holanda, Erivelto Santana e Ricardo Salazar, sob a coordenação do delegado Rafael Abrão. 

A operação conjunta também contou com o apoio do delegado Eduardo Carrara, responsável pela cidade de Divinópolis, e dos militares da PM na localidade; Subtenente Cardoso, Sargento Cirineu, Cabos Narciso e Braga e Soldados Ramos.

Com informações de Antônio Carlos 

Fantástico: Vida selvagem dentro de Brasília



Na luta pela sobrevivência, essa fêmea não dispensou um tatuí (Dasypus septemcinctus), espécie de tatu de pequeno porte.

Para quem pode estar amamentando, o pequeno tatuí será uma importante fonte de proteínas. 

As onças pardas são predadores oportunistas e podem capturar tanto presas pequenas quanto outras maiores.

A câmara escondida também flagrou outros lindos animais silvestres, típicos do cerrado brasileiro. 

As imagens foram capturadas no Parque Nacional de Brasília, que fica dentro da capital federal.

"Era uma vez...

Em 2016...

No planalto central..

No meio de um Parque Nacional..

O parque de Brasília, cidade capital..

De beleza sem igual..

Sua natureza ... como essa, não há nenhuma..

E essa sempre foi a terra do Puma. "

Fotos e texto: Página Brasília é o bicho 






Conceição (TO): Governador ressalta que investir em pavimentação é promover o desenvolvimento dos municípios tocantinenses‏


O acionar das máquinas, pelo governador Marcelo Miranda, na cidade de Conceição do Tocantins, marcou um novo tempo para a população da região sudeste do Estado, na manhã desta quinta-feira, 28. 

Na ocasião, o governador assinou a Ordem de Serviço autorizando a execução das obras de revitalização, reforço estrutural, reconstrução do pavimento, drenagem e sinalização de mais de 170 km de rodovias.

De acordo com o governador Marcelo Miranda, as obras, que fazem parte do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (Pdris), integram a estratégia do Governo do Estado em promover o desenvolvimento das cidades tocantinenses.

“Trabalhamos com ações concretas, na defesa dos interesses da população tocantinense. Quando o Governo e o Banco Mundial decidiram incluir a TO-050 no Pdris, nós sabíamos que os frutos seriam os melhores. 

Entendo que para o desenvolvimento do Tocantins continuar sendo realidade, é preciso que nossas estradas estejam em boas condições para transportar nossos produtos e aquecer nossa economia”, destacou o governador.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Sérgio Leão, as obras possuem aspectos econômicos e sociais. 

"A recuperação das nossas rodovias garantem, aos usuários, a trafegabilidade com segurança. E são com obras de infraestrutura que garantimos o desenvolvimento econômico do nosso Estado, como por exemplo, o escoamento da produção dos nossos agricultores", explicou o secretário.


Benefícios

O prefeito de Conceição do Tocantins, Paulo Sérgio Torres, ressaltou a importância das obras. 

"Todos os setores são beneficiados, a saúde, a educação. Melhorando as condições da rodovia, todo o nosso trabalho será facilitado e os gastos com a manutenção do transporte escolar e das ambulâncias que percorrem as estradas serão diminuídos”, ressaltou.

O produtor rural Joaquim Pereira Valadares usa diariamente a TO-050 para chegar ao município de Conceição e avalia o início das atividades de recuperação da rodovia.

"Como está hoje, é mais difícil para levar a nossa produção até a cidade. Eu ando de moto e é perigoso. Agora, com essas obras, vai melhorar muito. Minhas expectativas são as melhores", declarou.


Trechos

Os serviços, que integram a modalidade Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema), serão executados nos seguintes trechos da Rodovia TO–050: entre o povoado de Príncipe e Conceição do Tocantins - extensão de 51,61 km; Conceição do Tocantins e Arraias - 104,97 km; e Arraias à divisa com o estado de Goiás (Rio Bezerra).

As obras vão ser iniciadas com uma intervenção emergencial nos trechos mais críticos para garantir a segurança e a trafegabilidade aos motoristas. 

Em seguida, a empresa dará início aos trabalhos de reconstrução do asfalto (pavimento), e posteriormente fará a manutenção da rodovia.


Pdris

O Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável é desenvolvido com o objetivo de fomentar e melhorar a eficácia do transporte rodoviário e dos serviços públicos em apoio ao desenvolvimento integrado e territorialmente equilibrado do Estado.  

A Ordem de Serviço assinada em Conceição do Tocantins é o segundo trecho autorizado para um lote licitado ano passado, no valor total de R$ 314 milhões. Serão reabilitados 1.145 km de rodovias nos 139 municípios tocantinenses.

Desenvolvido por meio de parceria entre o Governo do Estado e o Banco Mundial, o PDRIS conta com investimentos na infraestrutura, na modernização da gestão pública, na sustentabilidade ambiental e no desenvolvimento local, que tem como principal objetivo a melhoria da qualidade de vida da população tocantinense por meio de obras e apoio técnico.

Participaram da solenidade moradores, prefeitos e lideranças políticas dos municípios beneficiados. 

Também estavam presentes o secretário Geral de Governo e Articulação Política, Lyvio Luciano Carneiro, o coronel chefe da Casa Militar, Raimundo Bonfim, além dos deputados estaduais Valdemar Junior e Ricardo Ayres. 

Fonte: Governo TO

Divinópolis de Goiás: PM prende homem acusado de homicídio e que se exibia com armas na internet


A Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira (28), na zona rural de Divinópolis de Goiás, um homem acusado de homicídio e que gostava de se exibir em redes sociais portando armas de fogo.

O mandado de prisão da justiça foi cumprido, quando os PMs localizaram e prenderam L.S.S.R. 

Segundo o capitão Carvalho, comandante da PM na região, ele é acusado de ter cometido um homicídio na localidade Lago Azul, na cidade de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. 

O case teria ocorrido no mês do dezembro de 2015 e o rapaz estava escondido na fazenda Rio Vermelho, município de Divinópolis. 

O homem agora está à disposição da Justiça criminal goiana. 

O que falta ao Supremo Tribunal Federal para afastar e prender Eduardo Cunha ?


Está virando chacota a permanência do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à frente da Câmara dos Deputados. 

O que falta ao Supremo Tribunal Federal para afastar o presidente do parlamento brasileiro? Coragem?

Passou de todos os limites a permanência deste senhor,  tipo político mau caráter brasileiro, de vazar da presidência da Câmara Federal. 

Mais que isso. De sair de lá algemado e preso, direto para a Papuda.  

Se não bastasse as intensas manobras dele para obstruir o Conselho de Ética da Casa, que investiga sua mentira ao negar contas no exterior com recurso roubados da Petrobrás; 

se não bastasse às sete denúncias criminais por furto da petroleira brasileira a que ele responde no STF, a agora o apadrinhado dele, o ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Cleto,  o acusa de receber  R$ 52 milhões da reais de propina de obras da Olimpíadas, na cidade do Rio de Janeiro.

O rapaz fez delação premiada e entregou a cabeça de Cunha. 

Quando é que o STF vai se pronunciar sobre cunha? Quando é que o STF vai colocá-lo na cadeia?

Estamos no aguardo, senhores ministros. 

Polícia encontra a motocicleta de Mudinho. Veículo furtado foi encontrado dentro de um matagal, na Vazante (GO)


A Polícia Militar em Divinópolis de Goiás, nordeste do estado, agiu rápido e recuperou, na noite desta quinta-feira (28), uma motocicleta que havia sido furtada no último dia 24 de abril.

A motocicleta pertence à Eliandro Teles Botelho, conhecido por todos da região como "Mudinho", por ser portador de necessidades especiais.

A motocicleta foi encontrada em um matagal, abandonada, próximo ao campo de futebol do Distrito de Vazante.

Ninguém foi preso na ação, mas a polícia já sabe quem foi o autor do furto e está à procura do suspeito.

Participaram da ação no Distrito de Vazante, o Cabo Narciso e o Cabo Braga.

O caso foi publicado aqui no Blog e repercutiu muito negativamente na comunidade.

O Mudinho é muito conhecido, trabalhador e muito querido na cidade. 

Falta agora prender o autor, para que ele responda aos rigores da lei. 

A lei é dura para os larápios. O crime está previsto no artigo 155 de Código Penal, que é subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel. 

A pena é de reclusão e varia de um a quatro anos, e multa.

A pena aumenta-se de um terço, se o crime é praticado durante o repouso noturno.

E se o criminoso é primário, e é de pequeno valor a coisa furtada, o juiz pode substituir a pena de reclusão pela de detenção, diminuí-la de um a dois terços, ou aplicar somente a pena de multa.


Com informações de Antônio Carlos 

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Goiás ganha novo mapa turístico. Destaque para a Chapada dos Veadeiros e Região das Cavernas


A Goiás Turismo, responsável pelo alinhamento das novas regiões turísticas do Estado, apresentou nesta terça-feira, dia 26, o resultado do trabalho desenvolvido junto aos municípios.

Pelo novo mapa serão dez regiões turísticas compostas por 49 municípios. 

Seis municípios entraram no mapa e oito deixaram de ser considerados destinos turísticos, outros foram remanejados de acordo com suas características e vocações para a região onde melhor se adequava.

O mapa foi apresentado durante reunião do Fórum de Turismo Goiás, para os membros da entidade, representantes do trade turístico e secretários municipais de turismo. 

O próximo passo é encaminhar o novo quadro de regiões goianas ao Ministério do Turismo que irá reunir todos os mapas estaduais e lançar o novo mapa turístico do Brasil 2016-2019, ainda neste primeiro semestre.

Os gestores municipais receberam orientações para a formalização da entrada ou permanência de seu município no mapa, cuja última atualização era de 2013. Para isso, eles tiveram de enviar três documentos à Goiás Turismo: 

comprovação de existência de um órgão oficial de turismo no município (secretaria, coordenação ou gerência); Lei Orçamentária Anual (LOA) 2016, no Quadro de Detalhamento de Despesa / Turismo; e o Termo de Adesão ao Programa de Regionalização do Turismo (PRT), assinado pelo prefeito.

Confira regiões e municípios:

Região Chapada dos Veadeiros — Alto Paraíso, Cavalcante, São João D’Aliança, Teresina de Goiás.

Região da Estrada de Ferro — Bonfinópolis, Ipameri, Leopoldo de Bulhões, Orizona, Pires do Rio, Silvânia.

Região das Águas e Cavernas do Cerrado — Formosa, Mambaí, São Domingos.

Região das Águas Quentes — Caldas Novas, Rio Quente.

Região do Ouro e Cristais — Abadiânia, Alexânia, cidade de Goiás, Corumbá de Goiás, Cocalzinho de Goiás, Cristalina, Jaraguá, Mossâmedes, Padre Bernardo, Pirenópolis.

Região dos Negócios e Tradições — Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Trindade.

Região Lagos do Paranaíba — Itumbiara, Lagoa Santa, São Simão, Três Ranchos.

Região Pegadas no Cerrado — Caiapônia, Chapadão do Céu, Jataí, Mineiros, Paraúna, Piranhas, Serranópolis.

Região Vale da Serra da Mesa — Colinas do Sul, Minaçu, Niquelândia, Uruaçu.

Região Vale do Araguaia — Aragarças, Aruanã, Britânia, Nova Crixás, São Miguel do Araguaia.

Fonte: Governo de Goiás

6.000%: Ministério Público pede anulação de decreto que aumentou valor do IPTU em Arraias (TO)


O Ministério Público Estadual (MPE) ingressou com ação civil pública contra o município de Arraias, nesta quarta-feira, 27, em que requer a anulação do Decreto Municipal n° 241/2015, que resultou no aumento do Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) a partir do exercício de 2016. 

Também solicita que a Justiça determine a restituição, aos contribuintes, dos valores de IPTU pagos com base no referido decreto.

A ação civil pública, proposta pelo Promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega, parte do princípio constitucional de que qualquer imposto só pode sofrer aumento por meio de lei.

No caso de Arraias, o Poder Executivo chegou a apresentar, em junho de 2015, projeto de lei que fixava a Planta de Valores Genéricos e majorava o valor do IPTU. 

O referido projeto foi rejeitado pela Câmara Municipal em dezembro. 

Inconformado com a decisão dos vereadores, o prefeito editou, no mesmo mês, o Decreto n° 241, atualizando a Planta de Valores Genéricos e o custo do IPTU. 

Com tal prática, o gestor desrespeitou a Constituição Federal e o Código Tributário Municipal, aponta o MPE.

Ocorre ainda que o decreto municipal resultou em elevação excessiva no valor do IPTU, havendo caso em que o aumento superou a taxa de 6.000%, fato que também é questionado pelo Ministério Público Estadual.

Quanto a esse ponto, o Promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega cita como base legal jurisprudência do Supremo Tribunal Federal do ano de 2013, a qual estabelece que a atualização do valor do IPTU deve observar os índices oficiais de correção monetária. 

A TV Anhanguera também destacou o caso; assista

Arraias (TO): Sem transporte escolar, estudantes da zona rural estão sem frequentar as aulas há quase 30 dias


O fato motivou o Ministério Público Estadual (MPE) a entrar com uma Ação Civil Pública (ACP), com tutela de urgência, contra o Estado e o Município para que restabeleçam a prestação do serviço, garantindo o acesso dos alunos do ensino fundamental à escola.

Segundo o Promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega, o MPE recebeu, do atual Secretário Municipal de Educação, notícia de fato informando que o Estado havia interrompido, no último dia 29, sem nenhum aviso prévio, o serviço de transporte escolar de diversos alunos da rede pública municipal de ensino, os quais eram transportados nos mesmos ônibus utilizados por estudantes da rede estadual.

Na época, o Estado confirmou a interrupção do serviço sob o argumento de ser obrigação do município garantir o transporte escolar dos alunos sob sua responsabilidade. 

O MPE, então, em busca de uma solução consensual, realizou audiência administrativa, no último dia 20, com a presença de autoridades dos entes municipal e estadual e dos pais dos alunos prejudicados. 

Na ocasião, ficou acertado que o Secretário Municipal de Educação iria fazer acordo com a empresa contratada pelo Estado para a prestação do serviço de transporte escolar, no entanto, o Secretário Municipal de Educação informou posteriormente que o mesmo não foi possível devido ao alto valor cobrado pela empresa, cerca de R$ 30.000,00 mensais.

Diante desse quadro, o MPE ajuizou ACP, requerendo à Justiça que o Município de Arraias e o Estado do Tocantins sejam obrigados a celebrar, no prazo máximo de 10 dias, acordo, convênio ou outro instrumento de parceria similar com vistas a fornecer, de forma contínua, o serviço de transporte escolar para todas as crianças, adolescentes e alunos residentes na zona rural da rede pública, sob pena do pagamento de multa diária no valor de R$10.000,00.

A Ação ainda solicita que, enquanto o acordo não é celebrado, o Estado reestabeleça, em até 24h, o acesso dos alunos ao transporte, como era feito anteriormente. 

Em caso deste item não ser acatado pela Justiça, o Promotor pede, de forma alternativa, que o Juiz condene a prefeitura de Arraias a garantir que o serviço de transporte escolar seja assegurado a todas as crianças e adolescentes residentes da zona rural, também em 24 horas.

“É fato inequívoco que um grande grupo de alunos da rede pública municipal está sem acesso à escola desde o dia 29 de março, sem justa causa ou fundamento jurídico legítimo para a interrupção do serviço, que vinha sendo prestado regularmente há cerca de oito anos, somado ao fato de que foi confirmada, pelo secretário municipal, a existência de vagas nos ônibus escolares”, frisou o promotor

Fonte: MPTO

R$ 12 milhões: novo milionário de Taguatinga (TO) é mistério. Movimento na lotérica cresceu assustadoramente após o prêmio


O anúncio de um novo milionário tem movimentado a pequena cidade de Taguatinga, a 447 km de Palmas. 

É no município de 15 mil habitantes com apenas uma lotérica, que mora o ganhador, até então desconhecido, da Quina.

Ele levou sozinho o prêmio de R$ 12.611.508,51, após comprar um bilhete de apenas R$ 1,50. O sorteio foi realizado na noite desta quarta-feira (27), em São Paulo.

A população acordou eufórica e querendo saber quem foi o sortudo que acertou os cinco números. "A notícia aqui correu ligeiro, mas ninguém sabe quem foi o vencedor", comenta o empresário, Vilidiou Soares.

Ele disse que na noite desta quarta-feira, vários amigos de Goiás ligaram para ele informando sobre o novo ganhador. "Eu que queria ter ganhado. É dinheiro demais", brincou.

A agitação também tem tomado conta da casa lotérica da cidade onde o bilhete foi comprado. 

Na manhã desta quinta-feira (28), a empresária Fátima Sousa se surpreendeu com o aumento do movimento. 

"Tem muita gente interessada, querendo saber como joga. Nós percebemos um aumento hoje de manhã, mas se Deus quiser vai aumentar ainda mais", disse confiante.

Fátima contou que não acompanhou o sorteio, mas que quando soube do resultado, ficou surpresa e feliz porque o prêmio saiu para um morador da cidade.

Por causa da curiosidade de tanta gente, o celular do funcionário da lotérica Felipe Paiani Galeazzi, não para de tocar. "As pessoas ligam perguntando quem foi e se é verdade mesmo."

O jovem agora está curioso para saber se foi ele quem deu sorte ao ganhador. "Estou doido para saber em qual caixa foi. Se for o meu, quero uma porcentagem", brincou.

A casa lotérica é a única da cidade e funciona há 15 anos. Os números sorteados no concurso 4069  foram  22 – 24 – 29 – 32 – 80.

O ganhador tem 90 dias para apresentar o bilhete em uma agência da Caixa Econômica Federal

Fonte: G1 TO

Nevou em Santa Catarina


Uma grande e forte massa de ar polar entrou sobre a América do Sul espalhando o ar frio sobre toda a Argentina, o Uruguai, Paraguai, parte do Peru, Bolívia e grande parte do Brasil. 

A combinação deste forte ar polar, ventos moderados a fortes e chuva causam acentuada queda da temperatura no país desde a segunda-feira.

Esta forte massa polar continua tem força para esfriar a atmosfera até nas suas camadas superiores. 

Havia a expectativa de que nevasse nesta quarta-feira, 27 de abril, e o fenômeno foi confirmado até antes do esperado. A ocorrência de neve em abril não é comum.

Pelas redes sociais chegou a informação de que pequenos flocos de neve caíram em alguns locais da serra de Santa Catarina. Nevou à noite em São Joaquim, na serra catarinense, mas de forma rápida. 

Segundo Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura em Bom Jardim da Serra por volta das 20 horas era de 1,9°C abaixo de zero e em São Joaquim, 2,0°C positivos. 

Nevou fraco também   na região da Epagri (hotel Minuano). Houve registro de neve também no distrito de Cruzeiro.

Segundo a agência de notícias São Joaquim Online, a neve foi registrada em São Joaquim na noite desta última quarta-feira (27) e também na madrugada desta quinta-feira na Rodovia Caminhos da Neve. A temperatura estava em torno de 0ºC. 

Durante a tarde já havia nevado rapidamente na região dos distritos de Boava e de Cruzeiro.

Durante a noite do dia 27 de abril, as condições para nevar persistiram e foi possível observar a queda de pequeninos flocos, por alguns minutos. Os minúsculos flocos de neve são chamados pelos moradores locais de quireras, mas duraram poucos minutos e logo derreteram no chão.

Nebulosidade diminui e chance de neve é afastada

Ainda há uma possibilidade de queda de neve na madrugada da quinta-feira, 28, nas áreas mais elevadas das serras gaúcha e catarinense. 

Mas no decorrer da madrugada, a tendência é de diminuição da nebulosidade, o que afasta a chance de nevar. 

Pode  nevar em cidades como Urubici (SC), Urupema (SC), São Joaquim (SC) e São José dos Ausentes (RS). 

Sem as nuvens, as condições para geada é que aumentam. A quinta-feira amanhece com temperatura abaixo de zero em várias localidades das serras do Rio de Grande do Sul e de Santa Catarina.

As imagens de satélite mostram a diminuição da nebulosidade na região serrana destes estados.

Fonte: Clima Tempo

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Posse (GO) investe nas vias urbanas e rurais dentro do Programa Tolerância Zero com buracos




Por Rose Ane Silveira, 

A Secretarias Municipais de Infraestrutura e Transportes estão trabalhando intensamente dentro do Programa Tolerância Zero com buracos e erosões em Posse, proposto pelo prefeito José Gouveia. 

Enquanto a Secretaria de Transportes, comandada pelo secretário Nilson Barbosa atua na zona rural, a Secretaria de Infraestrutura, comandada pelo secretário Idelfonso Pereira, está com todas as máquinas nas ruas para dar continuidade à operação Tapa Buraco.

O​s​ ​s​erviço​s​ de ​asfaltamento começou nesta terça-feira (26) nas Ruas Antonio Barbosa de Souza, Abílio de Oliveira e Dioclesiano Fagundes no setor Santa Luzia.

Posse (GO) recebe dois dias de “O Coren vem até você”


A Secretária Municipal de Saúde, Bete Manieri, por determinação do prefeito José Gouveia, convida a população de Posse, principalmente os profissionais de saúde para participarem do programa “O Coren vem até você”, que se realizará em Posse de  27 a 29 de abril. 

O Coren (Conselho Regional de Enfermagem) de Goiás oferecerá minicursos, atendimento presencial, resolução de dúvidas e acolhimento de sugestões.

A programação completa se encontra na imagem abaixo, no entanto, Manieri quer que a população participe em especial da simulação de atendimento a pacientes politraumatizados, que ocorrerá no dia 27 das duas às cinco da tarde, na frente da UEG (Universidade Estadual de Goiás). 

“Esta é uma ótima oportunidade para que as pessoas aprendam o que podem e o que não podem fazer com uma pessoa que por exemplo, sofreu um acidente de carro ou caiu de uma escada e pode ter lesionado a coluna”, explicou a secretária.

Todos os cursos e demais simulados ocorrerão no Auditório Municipal José Antonino da Silva. Este programa já foi realizado nos municípios de Catalão, Formosa, Porangatu, Rio Verde e Iporá.  

Na oportunidade os enfermeiros de Posse e demais cidades da Região terão oportunidade de tirar dúvidas e colocar em dia sua situação com o Conselho da Classe. 

Região pé quente: apostador de Taguatinga (TO) ganha R$ 12 milhões, no sorteio da Quina




Um apostador de Taguatinga, sudeste do Tocantins, ganhou mais de R$ 12 milhões nas loterias da Caixa.

Ele acertou os cinco números da Quina (22, 24, 29, 32, 80), pelo Concurso 4069. 

O sorteio ocorreu na noite desta quarta-feira (27), na cidade de São Paulo. 

Em dezembro passado, um grupo de comerciantes  da cidade "vizinha" de Campos Belos, nordeste de Goiás, ganhou uma bolada de R$ 98 milhões na Mega-Sena. 

As duas apostas vencedoras na época, uma feita em Santos (72 km de São Paulo) e a outra em Campos Belos (GO), dividiram os R$ 197,3 milhões do prêmio sorteado pela Caixa Econômica Federal. 

Na cidade goiana, um bolão de ao menos 11 pessoas ganhou o prêmio e fez a alegria de muita gente, bem na véspera do Natal. Foi um presentão. 

A sorte volta a bater à porta da região, agora numa cidade tocantinense, do outro lado da fronteira. 

Premiação da Quina (27/04/16)

Quina - 5 números acertados 
1 aposta ganhadora, R$ 12.611.508,51

Quadra - 4 números acertados
106 apostas ganhadoras, R$ 10.931,90

Terno - 3 números acertados
8092 apostas ganhadoras, R$ 204,57

Ação Civil Pública que requer retorno das aulas para estudantes de Ponte Alta do Bom Jesus (TO)


Estudantes da rede pública, residentes na zona rural do município de Ponte Alta do Bom Jesus, não estão frequentando as aulas, desde o início do ano. 

O motivo é a falta de transporte público, principalmente na região das fazendas Buriti do Pedro, Caraibinha e São Domingos. 

Diante disso, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins ingressou com ACP – Ação Civil Pública Condenatório, com preceito mandamental, com pedido de tutela de urgência em face do Estado do Tocantins e também do município de Ponte Alta do Bom Jesus. 

A ação foi protocolada no início do mês de abril e, na segunda-feira, 25, o juiz deferiu a antecipação de tutela para que o Estado e o Município regularizem o transporte escolar dos alunos, no prazo máximo de cinco dias.  

O objetivo da ACP é promover o dever constitucional de garantir o direito de acesso integral e gratuito à educação a todos os alunos matriculados na rede pública estadual, residentes na zona rural do Município de Ponte Alta do Bom Jesus.  

Conforme a Ação, em virtude de supostas divergências financeiras havidas entre os entes federados, os mesmos permanecem inertes desde o início do corrente ano letivo, negando o direito fundamental de acesso à educação a vários destes alunos. 

A Ação Civil Pública é assinada pelos defensores público Hud Ribeiro da Silva e Pedro Alexandre Conceição. 

Entenda o Caso

Os estudantes prejudicados são adolescentes, em sua maioria, estudantes do Ensino Médio e carentes. Eles não frequentam a escola desde o início das aulas, temendo perderem o ano letivo por conta de tal morosidade. 

O Município justifica a falha pela lentidão do Estado no repasse de verbas destinadas à contrapartida pelo custeio do transporte escolar de seus alunos e, por isso, nega a alguns alunos residentes na zona rural o direito de frequentarem a escola. 

Conforme relato de vários pais à Defensoria Pública, houve inúmeras tratativas com o gestor municipal no intuito de tentar-se uma solução extrajudicial para o caso, todavia, o gestor nega-se a fazê-lo, alegando não dispor de recursos para o custeio de tal obrigação, assim como não ter responsabilidade no transporte de alunos matriculados na rede estadual de ensino. 

Por outro lado, ao contatarem a direção da escola, assim como outros representantes da Seduc – Secretaria Estadual de Educação, os pais foram informados de que a obrigação seria do município, alegando, inclusive, que o Município estaria recebendo regularmente repasses de verbas estaduais para tanto. 

Diante da referida controvérsia, após muita insistência dos pais, a solução apresentada pela administração do município foi a de que seria alugado um imóvel na sede do município a ser suprido pelos pais, para que os alunos, ali ficassem a fim de frequentarem as aulas, ainda que sem qualquer acompanhamento mais próximo destes, o que fora negado pelos pais.

Fonte: DPE TO

Cavalcante, Flores e Alto Paraíso: novos municípios querem ingresso na Ride-DF, mas faltam recursos para projetos


Não faltou apoio à ideia de inclusão de novos municípios na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride-DF), tema debatido em audiência pública nesta quarta-feira (27) na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). 

Mas os debatedores reconheceram que os ingressantes terão pouco a ganhar se continuar a carência de recursos que limita a execução de projetos na região. 

O complexo regional inclui hoje 22 municípios, 19 deles de Goiás e três de Minas Gerais.

Sérgio Magno Carvalho de Souza, que representou a Superintendência do Desenvolvimento do Centro Oeste (Sudeco), afirmou que em geral não tem havido previsão de recursos para as Rides nos últimos Planos Plurianuais (PPA) do governo federal. 

Com essa ausência, automaticamente não há inclusão de projetos nos próprios orçamentos anuais, que são elaborados com base no PPA.

— O histórico tem sido desfavorável, pois mesmo quando havia previsão de investimentos, a execução era reduzida. Por isso, talvez seja necessário repensar o modelo de financiamento do arranjo institucional das Rides — comentou.

As Rides se caracterizam por integrar municípios de mais de uma unidade federativa, com o objetivo de articular e harmonizar as ações administrativas dos três níveis federativos — União, estados e dos próprios municípios — para a promoção de projetos que visem à dinamização social e econômica em escala regional.

A primeira a ser criada foi a Ride-DF, por meio de lei federal (LC 94, de 1998). Depois, vieram as Rides Juazeiro-Petrolina (BA-PE) e Grande Teresina (PI-MA). Projetos para a criação de outros polos estão em análise no Congresso.

PLC em análise

O debate foi proposto pelo senador Hélio José (PMDB-DF), que também dirigiu os trabalhos. 

O objetivo foi avaliar o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 102/2015 – Complementar, em análise na CDR, que inclui 13 novos municípios na Ride-DF. 

Hélio José é o relator da proposta na comissão, que dará parecer para a decisão final em Plenário. Se aprovado, a matéria seguirá para a sanção presidencial.

Pelo projeto, do deputado Rogério Rosso (PSD-DF), passam a fazer parte da Ride os municípios goianos de Alto Paraíso; Alvorada do Norte; Barro Alto; Cavalcante; Flores de Goiás; Goianésia; Niquelândia; São Gabriel; São João d’Aliança; Simolândia; Vila Propício. 

De Minas Gerais entram Arinos e Cabeceira Grande.

Mais agregados

Uma emenda apresentada à CDR, da senadora Lúcia Vânia (PSB-GO), propõe ainda a inclusão de mais cinco municípios nessa Ride: Colina do Sul, Teresina, Gameleira, e Monte Alegre Goiás, de Goiás; e Monte Belo, de Minas Gerais. Mesmo sendo simpático à ideia, Hélio José adiantou que manterá o texto da Câmara sem alteração.

O senador explicou que a intenção é evitar atraso na aprovação, muito aguardada pelos municípios já incluídos no projeto. 

A inclusão da emenda obrigaria o retorno da matéria à Câmara para análise da modificação. 

Para permitir que os demais municípios sejam agregados, ele disse que a solução é tentar apressar a votação de projeto com a mesma finalidade, de autoria da própria Lucia Vânia. Esse projeto ainda teria que passar pela Câmara.

— Vou sentar com a senadora e discutir sobre como agilizar o projeto dela aqui na Casa, mas, sinceramente, não vou prejudicar os que já estão inclusos e atrasar a votação final — comentou.

Esperança

Um dos convidados foi Gilberto Galdino de Souza, prefeito de Gameleira, município goiano que tinha esperança na inclusão da emenda de Lúcia Vânia no texto do projeto de. Mesmo com o retorno da matéria à Câmara, a crença é de que esse caminho seria mais rápido do que a tramitação do projeto da senadora que trata das mesmas inclusões.

— Já fizemos propaganda de que estar na Ride seria uma facilidade para a geração de emprego e  renda. Hoje vai ser difícil voltar para o município na estaca zero — lamentou o prefeito.

Luiz Alberto de Oliveira, vice-prefeito de Águas Lindas (GO), município de 350 mil habitantes que já participa da Ride-DF, disse que esse complexo precisa “existir de fato e de direito”. 

Ele cobrou investimentos para provimento de infraestrutura a todos os municípios da região. Por enquanto, afirmou, Águas Lindas carrega mais “ônus que bônus” por ser uma cidade do entorno do DF.

Fonte: Agência Senado

Marcelo Miranda assina Ordem de Serviço para recuperação de rodovia no sudeste do estado


O governador Marcelo Miranda assina na manhã desta quinta-feira (28), às 8h30, em Conceição do Tocantins, a Ordem de Serviço para obras de reabilitação, reforço estrutural, reconstrução do pavimento, drenagem e sinalização em mais de 170 km de rodovias tocantinenses na região sudeste.

As obras integram o Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (Pdris), na modalidade Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema), e os serviços serão executados nos seguintes trechos da Rodovia TO–050: entre o povoado de Príncipe e Conceição do Tocantins - extensão de 51,61 km; Conceição do Tocantins e Arraias - 104,97 km; Arraias à divisa com o estado de Goiás (Rio Bezerra) - 15,08 km.

As obras serão iniciadas com uma intervenção emergencial nos trechos mais críticos para garantir a segurança e a trafegabilidade aos motoristas. 

Em seguida, a empresa dará início aos trabalhos de reconstrução do asfalto (pavimento) e, posteriormente, fará a manutenção da rodovia. 

Para realização das obras, será investido um total de R$ 39.951.334,28. 

Combinado (TO) recebe palestra sobre campanha eleitorais. O público alvo é pré-candidatos a prefeitos e vereadores


A cidade de Combinado (TO), sudeste do estado, recebe na próxima sexta-feira (29) uma palestra, oferecida pela Fundação Ulysses Guimarães, sobre campanha eleitorais, denominada de “Eleições Municipais: Saber para Vencer”.

Na oportunidade serão dadas orientações jurídicas, aspectos contábeis e financeiros das campanhas eleitorais, marketing de campanha eleitoral, planejamento de campanha, implementação da campanha e comunicação e oratória para candidatos.

Agende aí:

Nesta sexta-feira dia 29 de abril de 2016

Horário: das 16hs às 21 hs

Local: Câmara de Vereadores de Combinado-TO

Público alvo: pré-candidatos a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores

Municípios: Arraias, Novo Alegre, Combinado, Lavandeira, Aurora e Taguatinga

Seis pés: cultivo de maconha é encontrado em assentamento de Divinópolis de Goiás; Assista vídeo





A Polícia Militar prendeu em Divinópolis de Goiás, nordeste do estado, um homem  flagrado cultivando maconha, em uma propriedade no Assentamento Marcos Correia Lins, na zona rural do município. 

A prisão e a destruição dos pé da planta proibida ocorreram nesta quarta-feira(27).

A Polícia Militar foi até o local para averiguar uma denúncia sobre um suposto veículo furtado e que estaria sendo desmontado no Assentamento.

No entanto, os militares flagram outra ação criminosa, ao encontrarem a plantação, com seis pés de maconha.

A plantação foi destruída e o proprietário do cultivo, identificado como I.C.S, foi preso em flagrante, por tráfico de drogas, crime previsto  pelo artigo 33 da lei 11.343, com pena prevista entre de 5 e 15 anos de prisão.

O proprietário, juntamente com a droga apreendida, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia da cidade de São Domingos (GO), para a lavratura do flagrante.

A primeira-dama do Turismo envergonha o Brasil ou é pura hipocrisia?




"O Lula disse hoje que o Brasil estava sendo envergonhado no exterior. 

Aí o novo Ministro do Turismo de Dilma Rousseff, Alessandro Teixeira, certamente uma sumidade escolhida puramente por seu talento, recebeu sua mulher, ex-Miss BumBum USA no gabinete da Esplanada". 

A postagem feita da pela jornalista Lucia Guimarães certamente resume o sentimento de muita gente que viu as imagens de Milena Santos, agora Teixeira, linda, decotada e ousada, posando de primeira-dama do Turismo nacional. 

Mas por que ela seria uma vergonha para a imagem do País?

Certamente porque o Brasil julga pelo figurino, pela fachada e pelo currículo. 

Um mulherão daqueles, seios fartos, bumbum mais ainda, tanto que ostenta o título que tem, dentro de um vestido branco, decotado, cabelão escuro, e, como tantas "belas, recatadas e do lar", evidentemente dedicada ao posto de dama figurativa. 

É uma mulher do tipo que o brasileiro gosta de exibir, mas não se encaixa na categoria "pra casar". 

Mas foi o que fez Alessandro Teixeira, no melhor estilo "mora onde os outros passam férias".

No fundo, é mais uma das hipocrisias sociais em que estamos mergulhados. 

Milena incomoda por ser o retrato do que turismo sexual no Brasil vende. Ela é exatamente o que os gringos almejam quando vêm aqui em busca de uma morena sexy e ousada.  

Está, pelo menos, no ministério certo.  Mas nem a roupa decotada, nem o currículo de Miss Bumbum, são motivos para dizer que a cena é uma vergonha para o País.

Precisava tirar fotos no gabinete? 

Nâo, não precisava. Fez a alegria do assessor de imprensa, que compartilhou o "sucesso" de sua contratada na mídia? Fez. Pega mal para o governo? 

Pega, mais por  Milena ser quem é do que qualquer outra coisa. 

Fosse ela uma "bela, recatada e do lar" , ou uma senhora comportadíssima, não teria problema algum compartilhar momentos no trabalho do marido.

Mas as fotos de Milena falam por si. 

E o Brasil não perdoa quem ganha a vida com o título de Miss Bumbum (um concurso 100% nacional, do qual só participam brasileiras, mesmo nas "franquias", como este Miss Bumbum Estados Unidos). 

Como é que um homem de bem se casa com uma "mulher dessas"? 

Pois é... do mesmo jeito que se casa com uma de 20 anos, levada pela mãe para a alcova de um senhor sexagenário como era Temer à época em que contraiu matrimônio com Marcela Temer.

O Brasil é das Milenas e das Marcelas. Vivam com isso.

Fonte: Blog da Déborah Bresser




Já Publicamos

Bela, recatada e do Lar: "Veja" tenta vender mulher de Temer como a Primeira Dama perfeita e vira meme na Internet, por machismo


Anonymous derruba site da Anatel e a manda contratar novo pacote de dados


Desde o dia 21 de abril, o grupo de hackers internacional Anonymous declarou guerra virtual à agência reguladora brasileira Anatel, por conta das discussões sobre a limitação dos pacotes de dados franqueados pelas operadoras de internet no país. Em 26 de abril o site da Anatel voltou a sair do ar, após ataques. Pelas redes sociais, o coletivo ironizou: 

“Anatel, relaxa. Próximo mês sua franquia volta ou então você pode contratar um pacote de dados agora mesmo do tipo “Ilimitado Por Definitivo”. Aproveita e abre uma reclamação no site da Anatel. Com amor Anonymous”.

O ataque é descrito como sendo do tipo “negação de serviço”. Consiste em um grande volume de computadores infectados (considerados “zumbis”) sendo controlados pelos hackers para, de forma coletiva e simultânea, acessar um site, sobrecarregando os servidores e tirando a página do ar.

Por enquanto, desde a terceira semana de abril, as operadoras são proibidas de limitar o acesso à internet com base no argumento de franquia. Isso porque o Conselho Diretor da Anatel decidiu examinar o tema da banda larga fixa a partir das manifestações recebidas e nenhuma mudança deve ocorrer para o consumidor até decisão final.

Além disso, o Ministério Público Federal deve abrir inquérito para investigar a postura da Anatel em relação ao caso, de forma a verificar se as decisões tomadas seriam conflitantes com o Marco Civil da Internet e o Código de Defesa do Consumidor, em especial a resolução 614/2013, que regulamentaria a cobrança de dados extras em caso de excedentes da franquia.

Desrespeito com São João D'Aliança


Por Elias Alves, 

Para quem depende de ônibus e pretende se deslocar de Goiânia, capital do estado, para a cidade de São João D'Aliança é preciso pagar passagem até a cidade de Alto Paraíso de Goiás, 70 km mais distante que a cidade destino. 

Tudo porque, segundo a Agência Goiana de Regulação do Estado, não existe uma linha regular de ônibus entre Goiânia e São João D'Aliança. 

A empresa que "passa por aqui" é a São José do Tocantins, detentora da linha 139 que liga Goiânia a Campos Belos. 

Como São João D'Aliança não consta do seu trajeto oficial, prescrito pela AGR, a empresa não pode tirar passagem para a cidade, onerando assim em mais de R$ 27,00 o valor da passagem, que na realidade contraria o código de defesa do consumidor por ser "um serviço não prestado". 

Resumindo até nisso a cidade é esquecida.