Banner 1

Banner 1

terça-feira, 8 de março de 2016

Professor Fabio Santos é encontrado morto em Mambaí (GO). Trio também torturou e matou taxista. Tudo foi filmado pelos bandidos, dois deles menores





O professor Fábio Santos, de 21 anos, que estava desaparecido desde o último sábado (05), foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (08), em Mambaí, no nordeste goiano.

Ainda havia esperanças de que o professor pudesse estar vivo, mas elas acabaram nesta manhã. 

O corpo do professor estava enterrado no setor Novo Mambaí, no quintal da vítima.

De acordo com as informações, o professor Fabio Santos foi vitima de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

O trio acusado de participar do crime foi preso por volta das 05h da manhã desta terça-feira (9) em Luis Eduardo Magalhães, no oeste baiano.

João Pereira, de 19 anos, e os menores D.S. N.L e G.J são os principais suspeitos também de terem torturado e matado o taxista Raimundo Francisco Dourado, de 53 anos.

Eles mataram o taxista a pedradas e pauladas, e ainda passaram o carro por cima da vítima.

Do taxista, roubaram vários pertences e o carro. Os mesmos bandidos, segundo a polícia, são acusados de matar e enterrar no quintal da residência da vítima, o professor Fábio Santos da Silva, de 21 anos.

Ambas as vítimas eram natural de Mambaí, no nordeste goiano.

Com os acusados, a polícia encontrou os documentos das vítimas, o que facilitou a prisão deles.

Desconfiados, os policiais passaram a questioná-los e por fim, confessaram toda a ação criminosa.

Antes de ser morto, o taxista Raimundo Francisco foi demasiadamente torturado. Os menores e o adolescente ainda tiveram a audácia e a frieza de filmar tudo. 

Após analisar o celular de um dos acusados, a polícia conseguiu ver as imagens das torturas perpetradas pelos bandidos. 

Após roubarem e matarem as vítimas, os criminosos fugiram para Luis Eduardo Magalhães, onde foram presos na manhã de hoje. No interior do veículo a polícia encontrou vários produtos roubados das vítimas, como celulares, notebook, relógio, caixa de som, dinheiro e outros pertences.

João Pereira foi preso e os menores apreendidos, ambos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Luis Eduardo Magalhães, onde estão a disposição da justiça crimina de Goiás. 

Fonte: Antônio Carlos e Blog do Braga





4 comentários:

  1. eu acho e pouco... o nosso brasil deveria ter pena de morte pra poer tirar a vida desses vagabundos...
    eles na deveria ficar vivos nao...
    ja que nao tem justiça faremos justiça...

    ResponderExcluir
  2. Criminosos filhos da puta! espero que esses merdinhas sofram muito, que a justiça seja feita!
    conheço a taxista Raimundo, homem de Deus.
    tiraram a vida de um pai de família trabalhador, homem honesto, bondoso, humilde.
    Não consigo acreditar no que aconteceu! onde vamos chegar assim?
    não podemos aceitar uma atrocidade dessa magnitude.
    que seja feita a justiça!

    ResponderExcluir
  3. Quero que este filhos da puta aprodreca na prisão e nunca mais saia que morra tira a vida de duas pessoas inocente porque que mundo e este que nois vive tomara que estes filhos da puta morra na prisão

    ResponderExcluir
  4. Isso foi uma injustiça, eu sou prima do Raimundo, e achei uma grande covardia o que fizeram com ele, uma pessoa tão direita, honesta, trabalhador, pai de família, esses vagabundos deveriam apodrecer na cadeia, ainda é pouco pelo o que eles fizeram!

    ResponderExcluir