Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 11 de março de 2016

Estudantes levam cano do Bolsa Futuro


A denúncia são é de estudantes de Camposa Belos, em Goiás. 

Segundo nos contam, faz quase dois anos que eles participam do programa do governo de Goiás, chamado de Bolsa Futuro, mas o incentivo financeiro não foi liberado e nem todos os certificados entregues.

"Se eles ao menos entregasse o restante dos certificados já estaria ótimo. Fiz 6 cursos e só recebi três certificados. Mas tem pessoas que fez junto comigo que não recebeu nenhum. Fizemos o curso on-line na Biblioteca Municipal, quem nos acompanhou durante todo período do curso foi Estela que trabalha lá". informa a estudante. 

Ainda de acordo com ela, todos deixaram cópias de documentos pessoas no CRAS ( centro de referência e de assistência social), mas até agora nada.

 "Mesmo ligando todos os dias no órgão. Há notícia que nas outras cidade vizinhas foram pagos os valores e entregues os certificado".

Ainda segundo a moça, as cidades vizinhas receberam todos os diplomas e os incentivos financeiro, que seria R$ 75 reais por mês para aqueles que cumprissem 75% de frequência.

Agora com os governos quebrados e o país na pindaíba, acho difícil o governo honrar estes compromissos. Pelos menos deveria entregar os certificados. 

Programa

O programa Bolsa Futuro, mantido pelo Governo de Goiás por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Sectec).

O Bolsa Futuro é destinado, prioritariamente, às famílias de baixa renda, com cursos gratuitos e incentivo financeiro de R$ 75 por mês para os alunos que integram famílias beneficiárias dos programas Bolsa Família e Renda Cidadã.

Também são contemplados integrantes de famílias não beneficiárias do Renda Cidadã e do Bolsa Família, mas com renda mensal per capita de até 1/2 salário mínimo.

Até o momento já foram beneficiados 340 mil goianos com cursos de capacitação profissional e a expectativa é  que, até o final de 2014, o número chegue a 500 mil.

Para se inscrever o interessado deve ter idade a partir de 16 anos e o 5º ano do Ensino Fundamental completo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário