Banner 1

terça-feira, 29 de março de 2016

Estourou no servidor: Marconi decide congelar salários dos servidores por 4 anos, segundo site



Há um ditado que diz que é nos momentos de dificuldades que o homem mostra sua verdadeira face. 

Em anos de bonança, o governador Marconi Perillo (PSDB) oscilava entre populismo em ano eleitoral com o servidor e muita propaganda para reafirmar uma retórica de que ele era o verdadeiro Messias do funcionalismo público. Agora, a máscara caiu.

A verdadeira face ruim e maldosa de Marconi se completa agora com o plano que ele assinou e que irá impor mais sacrifícios para o funcionário público. 

O alongamento em 20 anos e redução de 40% nas parcelas da dívida oriunda da Lei 9.496/97, e alongamento em dez anos da dívida junto ao BNDES deverá gerar apenas R$ 50 milhões de fôlego ao governo por mês, porém, muita dor de cabeça ao servidor público. 

Lembrando que a maior parte dessas dívidas foi contraída pelo tucano para alavancar seu governo em busca de reeleição.

Muito longe de resolver uma folha de pagamento que gira em torno de R$ 1 bilhão, mesmo assim o que Marconi Perillo assinou o plano de alongamento da dívida, com consequências dramáticas aos servidores públicos.

O governador aceitou não conceder aumento das remunerações dos servidores públicos por 4 anos, e terá de demitir em massa para atingir a queda de 10% de despesa mensal com cargos de livre provimento. 

Como Marconi tem longo histórico de não mexer em estruturas inchadas e falidas que servem para cabide de emprego para aliados, os servidores efetivos é que devem pagar mais essa conta. Da mesma forma, os concursos ficam ameaçados com esse novo pacote de maldades.

Fonte e texto: Goiás Real 

Um comentário:

Anônimo disse...

Deus não desampara seus filhos e esse DITADOR NÃO TERÁ PODER ETERNO!!!!