Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Operação apreende armas artesanais, drogas e celulares dentro do presídio de Campos Belos. Polícia diz que ordem para crimes saía de dentro da cadeia


A Polícia Militar de Campos Belos, no nordeste de Goiás, divulgou o resultado de uma operação feita nesta sexta-feira (26), dentro do presídio da cidade. 

Na ação policial, foi feita uma revista nas celas dos detentos, numa parceria entre a  Polícia Militar, através da 42ª CIPM (Companhia Independente) e o do GORE (Grupo Especializado da Agência Prisional).

Em texto anterior, publicamos, erradamente, que a operação seria do Batalhão de Operações Especiais da PM. 

De acordo com o capitão Carvalho, comandante da Companhia, a ação vinha sendo planejada há 15 dias, numa integração e interação com o Promotor de Justiça da comarca, Douglas Chegury, e com o Supervisor Regional da Agência Prisional, Wolney.

Foram apreendidas drogas, celulares e outros objetos que podem ser usadas como armas artesanais. 

Entre os materiais apreendidos estão seis celulares, dois carregadores, quatro armas de fabricação caseira, um chucho de ferro, oito baterias para celulares, nove porções de entorpecentes, dois chips de celulares, fones de ouvido e extensões de energia elétrica. 

Todos eles estão à disposição da Polícia Civil para a perícia.

"Centrou-se como motivação da operação as informações de que ações criminosas praticadas no município estavam sendo comandadas por presos reclusos no Presídio de Campos Belos", informou o capitão Carvalho.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário