Banner 1

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Comunidade de Pouso Alto está uma arara com a prefeitura de Campos Belos, por falta de serviços básicos no Distrito



O Pouso Alto, distrito de Campos Belos, possui cerca de mil moradores e boa parte deles estão uma "arara" com a prefeitura do município. 

Eles reclamam que a comunidade está simplesmente abandonada.  

De acordo com uma moradora, que pediu para não ser identificada, muito da força de trabalho da comunidade presta serviço nas fazendas do Oeste da Bahia, logo após a Serra Geral, a poucos quilômetros de distância.

É de lá que tiram o sustento de muitas famílias e do distrito.

E todas rodas as segundas-feiras, centenas de homens sobem a serra para garantir o pão na mesa e é no percusso que enfrentam a péssima conservação da estrada que liga os dois estados. 

"Depois que se sobe a serra, as estradas são sempre arrumadas pelos fazendeiros. Há sempre trabalhadores caindo se machucando no trajeto".

Há muita lama, buracos e falta de conservação. 

Segundo a moradora, a gestão e conservação da pista é de responsabilidade da prefeitura de Campos Belos, que nada faz pela comunidade. 

E a chiadeira não é apenas por conta da péssima estrada. 

"Eles vão arriscando a vida, enquanto os órgãos competentes nada fazem. Não temos posto policial aqui, posto dos correios. Iluminação pública precária e sendo que todos os meses vêm, em nossa conta, 4,50 de iluminação pública, não temos sinal de celular e a internet é via rádio. As pontes, antes de subir a serra, faltam paus no meio. Estamos abandonados". 

A cidadã afirma que o asfalto que era para ter sido feito, só ficou pedras e a chuva levou a brita que era para ter sido usada na pavimentação. 

"Depois que sai do asfalto, vindo de Campos Belos, passando pela fazenda de Cacildo, não há a mínima condição de tráfego"

A única coisa boa que tem do distrito de Pouso Alto, afirma a leitora,  é a presença de médico e dentista, duas vezes na semana. 

"E inclusive na semana passada não vieram por causa da estrada. Sem contar, caro conterrâneo, que o dinheiro dos trabalhadores daqui são gastos todos em Campos Belos. Aqui em casa pagamos IPVA no valor de R$ 608, só da moto,
e mais R$ 800 do carro", finaliza. 





Nenhum comentário: