Banner 1

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Ao procurar Iris Rezende, o prefeito de Posse estaria traindo Júnior Friboi?



Não se pode tratar o prefeito de Posse, o dentista José Gouveia, de “traidor”. Porque se trata de um homem decente e, ao procurar Iris Rezende, está em busca de apoio político para tentar a reeleição em 2 de outubro deste ano. 

Na eleição de 2012, ele foi eleito em larga medida devido ao apoio do empresário Júnior Friboi (adversário figadal de Iris Rezende). 

Porém, como este se ausentou do processo político — dedicando-se mais às suas empresas de carne e construção civil —, Gouveia ficou sem referência política. Por isso, na quinta-feira, procurou Iris Rezende para uma conversa.

Segundo release divulgado pela assessoria do prefeito, Gouveia e Iris Rezende discutiram política nacional, filiações, eleições, coligações, candidaturas e conjuntura econômica. 

São temas excessivos para quem está basicamente interessado numa reeleição. 

O que Gouveia não sabe é que o peemedebista-chefe tem poucas condições de ajudá-lo, sobretudo porque vai disputar a Prefeitura de Goiânia, no mesmo período. Iris Rezende, ao contrário do que parece pensar Gouveia, é cada vez mais um político da capital e menos um político do Estado. 

Seu poder está circunscrito à política municipal, por isso os peemedebistas não o querem no comando, e não apenas por intermédio de prepostos, como Nailton Oliveira e Iris Araújo. O PMDB está dizendo “não” a Iris Rezende.

A primeira-dama e a secretária de Finanças de Posse, Fabiana Pereira e Áurea Rita, acompanharam Gouveia. Áurea Rita é prima do prefeito (nepotismo?).

Iris Rezende sublinhou que o PMDB está aberto à filiação de Gouveia. A adesão, por certo, era e é o assunto central da conversa.

Fonte: Jornal Opção

Nenhum comentário: