Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Trator furtado é encontrado em fazenda de vereador. Líder Sem Terra também é preso



Uma operação da Polícia Militar, deflagrada no município de São João D'Aliança, no nordeste de Goiás, apreendeu armas, máquinas e implementos agrícolas em uma fazenda de propriedade de um vereador da cidade.

Segundo o sargento Elias Alves, que foi comandante da PM na localidade, nesta quarta-feira (23), a PM, sob o comando do Major Belelli, e ainda com a participação do Grupo de Patrulhamento Tático de Formosa, realizaram a operação, após denúncia, e apreendeu na Fazenda do vereador "Celino do Projeto" máquinas e implementos agrícolas, além de armas e munições.

Ainda de acordo com a PM, as máquinas e implementos tinham registro de furto/roubo junto aos sistema de segurança pública do estado de Goiás. 

Às autoridades, o vereador disse que as máquinas havia sido emprestadas a ele pelo movimento MSL (Movimento Social de Luta) liderado por Hugo Daniel Zaidan, que também foi detido na operação. 

Acompanhado de advogados, tanto o vereador como o Hugo Daniel Zaidan foram conduzidos ao  Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Formosa (GO) para procedimentos legais. 

Durante a triagem, várias pessoas ligadas ao movimento permaneceram nas cercanias da Base da PM em São João D'Aliança e por questões de segurança o Major Belelli solicitou reforço policial para a região nos próximos dias.

Procurado pela reportagem, o líder com MSL, Hugo Zaidan, disse que o episódio está ligado à questão agrária na região. 

"Eu emprestei um trator de uma das fazendas que estamos ocupando para um assentado e também Vereador da cidade. E um fazendeiro registrou um Boletim de Ocorrência dizendo que roubei o trator e passei para ao Vereador Celino do Projeto. 

E o major foi até o lote e aprendeu a máquina e o Vereador. Sabendo, fui até ao encontro do Vereador onde ele me deu ordem de prisão também. Mas na delegacia o delegado ouviu e falou que não tinha como me autuar", informou o líder do MSL. 

Só não ficou claro porque o vereador é assentado e possui uma fazenda. 




Um comentário:

  1. Isso me parece algo montado Dinomar Miranda. Se o trator é de uma das Fazendas ocupadas pelo movimento a quem interessaria registrar BO de roubo da máquina? Quem registrou o BO? Foi o proprietário da maquina? Qual o real interesse do tal fazendeiro na máquina? Será que alguém iria roubar um equipamento de elevado valor igual a esse deixa-lo na região, e mai num assentamento onde realmente circulam pessoas? Quando a PM cita "Fazenda" ela não está errada pois o termo pode ser aplicado para se tratar de grande ou pequena propriedade. Assim, o lote do Assentado e Vereador Celino mesmo que não passando de 20 hectares penso eu, pode ser chamado de fazenda.

    Crispim Santos
    Campos Belos

    ResponderExcluir