Banner 1

sábado, 12 de dezembro de 2015

Polícia frustra fuga no presídio de Alto Paraíso de Goiás




Comandante da 14ª CIPM, Major Belleli, respaldou a ação dos policiais do GOR


Por Roberto Naborfazan, de O Vetor

Uma atuação conjunta do Tribunal de Justiça, GORE (Grupo de Operações Regional) e Policiais da 14ª CIPM, comandados pelo Major Carlos Eduardo Belleli, evitaram a fuga de mais de 40 presos do presídio de  Alto paraíso de Goiás, região da Chapada dos Veadeiros, no nordeste goiano.

Segundo o comandante da 14ª CIPM, Major Belleli, autoridades do poder judiciário de Alto Paraíso comunicaram ao GORE que havia denúncias de uma preparação de fuga sendo orquestradas por detentos na cadeia local. 

O serviço de inteligência agiu e, respaldados pela policia militar, fizeram revista nas celas e encontraram, sob a cama de um dos presidiários, um enorme buraco sendo escavado.

Segundo informações de uma fonte ligada a PM, os presos planejavam fugir na madrugada do próximo dia 25 de dezembro, aproveitando as festas natalinas. 

A fonte informou ainda que um carcereiro estava marcado para morrer nesse dia, por ser mal quisto pelos detentos.

Além do buraco, policiais do GORE e da PM encontraram estiletes, drogas e celulares nas celas.

“O líder da fuga era o preso de nome Daniel, latrocida (matou para roubar) e responsável pelo roubo e agressões ao casal de idosos donos da mercearia e lanchonete no povoado da Pedra de Amolar, em são João D’Aliança. 

Ele e seus companheiros de cela responderão por formação de quadrilha, tentativa de fuga e ameaça de morte contra o carcereiro. 

Daniel será transferido para o presídio de Planaltina de Goiás” informou o Major Belleli.

Mesmo assustada com o episódio, a população de Alto Paraíso aplaudiu a atuação conjunta do TJ, GORE e Polícia Militar.

Fonte: O Vetor e PM de Goiás



Nenhum comentário: