Banner 1

Banner 1

domingo, 13 de dezembro de 2015

Falta água de beber na Escola Jandira Aires



"Campos Belos está um caos. 

Dinomar Miranda, faz uma visita à Escola Jandira Aires e veja como o Prefeito é honesto e trabalhador. 

Os alunos estão bebendo água no tanque e escovódromo. 

Mesmo local usado pra lavar panos de chão e demais limpezas de objetos da escola." 

8 comentários:

  1. Verdade!É a água muito quente devido ao calor. As crianças tem esse tratamento na escola e isso vem acontecendo a dias.

    ResponderExcluir
  2. Isso faz 4 meses que todos bebem agua quente no local, os alunos reclamá e as coordenadora faz piadas, dinheiro tem da verba da educação que poderia ter comprado, tá indo para onde o dinheiro. $$$$$$$$$.

    ResponderExcluir
  3. nao to nem ai,porque a escola cria um clube de aguas termais.

    ResponderExcluir
  4. Estudo na escola Jandira Aires, e já faz muito tempo que a diretora diz que ia chegar um novo bebedouro mas ate hoje estamos sem água adequada.

    ResponderExcluir
  5. Estudo na escola Jandira Aires, e já faz muito tempo que a diretora diz que ia chegar um novo bebedouro mas ate hoje estamos sem água adequada.

    ResponderExcluir
  6. Caro Blogueiro, ilustre camposbelense, Jornalista Dinomar Miranda, como sabemos água potável é um recurso finito, e a cada dia menos profusa; deste modo deve ser economizada. Inúmeras reportagens, inclusive, já foram produzidas pelo senhor e sua equipe sobre o tema.
    Aos nossos alunos matriculados na Escola Municipal Professora Jandira da Silva Aires, localizada no setor bem bom, unidade educacional que atende a alunos dos Setores Vila Baiana, Buritis, Brejinho, Central, Novo Horizonte, Dom Alano, além de alunos das comunidades rurais de nosso município sempre foi oferecido ensino de qualidade, recreação promocional ao desenvolvimento físico e social de nossas crianças e adolescentes, merenda escolar com cardápio elaborado por nutricionista da prefeitura municipal e agua potável em bebedouro elétrico.
    Acontece que, esse mesmo bebedouro após anos ininterruptos de uso e depois de vários serviços de reparos e manutenção, começou a apresentar vazamentos. Eram derramados e, portanto, desperdiçados entre cinquenta e cem litros de agua por dia, o que representava não somente dilapidação do erário público, afinal esse agua era contabilizada no hidrômetro da escola, como de modo ainda mais grave o risco de choque elétrico e possíveis escorregões por parte de nossos estudantes, servidores, colabores e sociedade em geral.
    Com o alongamento do período de estiagem e o consequente calor que tem assustado o nosso nordeste goiano e, pelo fato de o nosso município hoje possuir poucas fontes e reservas hídricas, à medida que um possível racionamento já esta em curso, tomamos a difícil decisão de isolar o bebedouro elétrico, a fim de diminuir o derramamento de tão precioso líquido e evitar o risco dos possíveis imprevistos e incidentes acima discriminados.
    A compra de um novo bebedouro elétrico já foi feita, todavia, o senhor como conhecedor de lei 8. 666/93 sabe que toda aquisição dessa natureza precisa passar por um processo de licitação que garanta lisura, boa-fé e isonomia entre contratante e contratado, um procedimento legal que às vezes demora mais do que o que esperávamos.
    Enquanto isso, e conforme foi amplamente anunciado aos pais em reuniões de pais e mestres e aos alunos em nosso momento cívico semanal; pedimos a todos, que as nossas crianças e adolescentes, nossos amados e diletíssimos alunos trouxessem consigo, junto aos seus materiais didáticos garrafinhas plásticas para que as utilizasse para se servir da água potável no bebedouro de alvenaria em declive, com revestimento cerâmico que fora construído ao lado da Cantina Escolar. Àqueles que não fazem uso das garrafinhas, são disponibilizados copos de plástico, também utilizados para servir merenda escolar.
    No mais, colocamo-nos à inteira disposição da sociedade para maiores esclarecimentos sobre o assunto em questão.

    Professora Reginalda Rodrigues Galvão
    Diretora da Escola.

    ResponderExcluir
  7. Dizem que os alunos tem direitos,e esse é um dos meus direitos: reclamar.
    pois bem,não somos obrigados a beber agua quente da torneira,onde é o local das faxineiras lavarem seus panos,e colocarem seus materiais de limpezas, falam que temos que trazer agua de casa, Mais a verba existe pra que? bebedor existe pra que? Ja esta sendo encaminhado o bebedor,de onde ele ta vindo? Essa promessa ja tem muito tempo e queremos respostas. Estamos cansados de chegar na fila do lanche e as merendeiras nos faltarem com respeito, ESSA É UMA ESCOLA E EXIGIMOS RESPEITO! Alguns dias atras comi um lanche que MEU DEUS,passei muito mal,e nao foi só eu,professores e alguns alunos tambem passaram mal,reclamamos?Obvio,tivermos soluções?Não! E pra que tem cardapio sendo que o lanche exposto la nao é o mesmo q são servidos a nós?QUEREMOS SOLUÇÕES!Não queremos mais desculpas medíocres,estamos cansados disso! MAIS PROGRESSO E MENOS MENTIRAS!
    ;grata

    ResponderExcluir
  8. Campos Belos vai mal prefeito sob investigação, secretaria como figura ilustrativa.A educação não tem como da certo. Professores sem aumento. Gera uma bola de neve.As ruas cheias de lixo.O prefeito e o maior responsável pela qualidade da merenda escolar pela falta de administração. A escola Jandira falta tudo.Os professores revoltados. Cadê vc secretaria de educação que não faz nada as crianças continuam tomando água no tanque que por sinal e imundo.

    ResponderExcluir