Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Solidariedade e humanidade: Em Mariana/MG, padre surpreende e cede igreja para culto evangélico


Os recentes acontecimentos ocorridos com o rompimento das barragens da mineradora Samarco, em Mariana/MG, deixaram muitas vítimas e um rastro de destruição e tristeza.

Diante da tragédia ocorrida, muitos moradores perderam tudo o que tinham e precisarão iniciar uma nova vida.

É nessas ocasiões que o ser humano surpreende. 

O templo da Primeira Igreja Batista de Mariana foi totalmente destruído pela lama vinda do rompimento das barragens.

Quando ninguém esperava, eis que surge um ato inusitado por parte de um padre católico da cidade. 

Em meio ao caos, o religioso fez as pessoas acreditarem que é possível se viver em um mundo onde o amor e a solidariedade falem mais alto do que as crenças e as denominações religiosas.

O padre disponibilizou uma paróquia para que os irmãos da PIB – Primeira Igreja Batista de Mariana-MG pudessem cultuar a Deus.

Ele explicou que, nesse momento de tristeza e dor, a missão de todos os cristãos e filhos do mesmo Deus, é acolherem uns aos outros como Cristo fez.

O gesto fez que católicos e evangélicos se unissem no momento de solidariedade. 

Os cultos tem sido motivo de alegria para ambos os grupos e até mesmo o padre tem participado dos cultos da Igreja Batista.

“Tem sido uma bênção”  relatou um fiel da igreja Batista. “Temos sentido verdadeiramente o amor de Deus nos unir nesses últimos dias.”

Via portal padom

2 comentários:

  1. Triste atitude desse padre! Ceder um lugar santo para um culto protestante. Os protestantes são inimigos da Igreja Catolica, dos nossos santos... de Maria Santíssima, da Sagrada Eucaristia, do Santo Padre, dogmas, enfim... da nossa preciosa fé católica. Então como ceder um lugar católico para quem diz que a Igreja é o reino de Satanás? Um verdadeiro sacrilégio. Dói meu coração vê a falta de zelo com as coisas sagradas por parte sacerdote. Que Nosso Senhor o perdoe por esse gravíssimo erro.

    ResponderExcluir
  2. Em pleno século XXI e ainda tem pessoas que acham que a sua religião é a única "certa" do mundo.
    "Dói meu coração" ler comentário tão pequeno e tão infundado. Sou católico e admiro a atitude desse padre e repudio o comentário acima, feito pelo senhor Gustavo. Não acredito que em pleno ano 2015 ainda existam pessoas com tal opinião medieval e preconceituosa: EXISTEM OUTRAS VERDADES ALÉM DA SUA, caro Gustavo. O MUNDO, graças a Deus, é muito maior do que a sua vontade.
    Somos todos iguais... nem melhor nem pior, apenas IGUAIS.

    ResponderExcluir