Banner 1

Banner 1

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Rapaz acusado de matar avó e irmãos com golpes de enxada vai a júri em Anápolis nesta terça-feira (17)


Será submetido a julgamento nesta terça-feira (17), às 9 horas, pelo Tribunal do Júri de Anápolis, o jovem Rogério Lopes da Silva, de 21 anos, acusado de matar a golpes de enxada a avó Valdelina Pereira dos Santos, de 75 anos, e os três irmãos Rosana Lopes da Silva, Romário Lopes da Silva e Roger Lopes da Silva, de 12, 15 e 9 anos de idade. 

Ele vai a júri pelos homicídios qualificados com emprego de meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas (por quatro vezes), além da ocultação dos quatro cadáveres. A sessão será presidida pela juíza Lara Gonzaga Siqueira. 

Segundo a denúncia, em 18 de fevereiro de 2013, por volta das 5h30, em um imóvel situado no Bairro Novo Paraíso, na Região Sul de Anápolis, Rogério Lopes, na época com 19 anos, matou a avó Valdelina dos Santos, os irmãos Rosana Lopes e Romário Lopes com golpes de enxada na cabeça enquanto dormiam. 

No mesmo dia, horário e local, conforme relata o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), ele tentou assassinar o caçula Roger Lopes - o garoto morreu posteriormente, no dia 28 de agosto de 2013. Em seguida, ocultou os cadáveres em uma fossa localizada no quintal da residência.

Ele foi pronunciado em 1º de setembro deste ano pelo juiz Adriano Roberto Linhares Camargo. 

Ao mandar o denunciado a júri popular, o magistrado entendeu que a sua prisão deveria ser mantida, uma vez que colocá-lo em liberdade poderia representar graves entraves ao desfecho do caso em razão de uma possível fuga, fato já ocorrido em outras situações. 

“Recomendável a manutenção da prisão, na perspectiva de assegurar a realização das etapas subsequentes do rito escalonado, sem o risco de eventual frustração dos atos que ainda devem acontecer”, ponderou. 

Fonte: TJGO

Relembre o caso

Nenhum comentário:

Postar um comentário