Banner 1

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Empresários e caminhoneiros trancam saída de Taguatinga (TO) em protesto. Falta combustível na cidade





Empresários e caminhoneiros de Taguatinga, sudeste do Tocantins, bloqueiam, desde domingo (08), a saída da cidade no sentido Luis Eduardo Magalhães (BA), na BR-242.

O protesto dos caminhoneiros, contra o governo federal, acontece em 9 estados do Brasil. 

Eles estão na bronca contra abuso do preço do diesel, impostos, melhores estradas, criação do frete mínimo e salários unificados.

Carretas e caminhões foram colocados atravessados na BR, evitando que os veículos trafeguem.

Todos são obrigados a pararem por até 30 minutos, causando filas e bate boca.

O Empresário, Marcelo Martins e o caminhoneiro Bennhur Galeaze disseram que é justo o protesto. 

“Estamos pela primeira vez fazendo a greve dos caminhoneiros por não acharmos justo a população e principalmente os caminhoneiros pagarem preços abusivos pelo combustível. 

Cada dia está mais caro, se tornando impossível trabalhar. Todos dependem do transporte, por isso pedimos a colaboração de todos que nos compreenda”, Bennhur Galeaze. 

A paralisação não tem tempo determinado para acabar. Caminhoneiros protestam na BR-153, em Colinas do Tocantins.

Falta combustível

Agora a a tarde, a população da cidade começou a sentir na pele o resultado do protesto. 

Os postos estão sem combustíveis. 

No único que possui alguns litros, a fila de consumidor é enorme e o estoque não dever durar por muito tempo.  

Fonte: TaguaVip



2 comentários:

Anônimo disse...

Apoio o manifesto. Os preços estão abusivos e se não for tomada nenhuma medida a tendência é piorar

Helena disse...

Desde o outro lado do Oceano...Meu apoio ao povo Brasileiro...fui ao Brasil no mês de Março e é uma vergonha os preços abusivos no Brasil...Aqui por 200 euros faço uma boa compra e no Brasil com o mesmo valor nao comprei quase nada...Vergonha Totallll...e pra encher o deposito do carro 160 reais simplismente lastimante os preços brasileiros