Banner 1

sábado, 14 de novembro de 2015

Em Arraias presidente do TRE-TO garante atendimento itinerante a comunidades quilombolas



Dando sequência às visitas as zonas eleitorais da Região Sudeste, a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, desembargadora Ângela Prudente, se reuniu, nesta sexta-feira (13/11), juntamente com o juiz eleitoral, Eduardo Barbosa Fernandes, com representantes dos municípios que compõem a 22ª ZE de Arraias. 

Os encontros estão reforçando a importância do recadastramento biométrico e revisão eleitoral. 

Na oportunidade a presidente anunciou que haverá atendimento itinerante nas comunidades quilombolas de Lagoa da Pedra e Calunga do Mimoso, que ao todo possuem aproximadamente 1.500 eleitores.  

“Sabemos da peculiaridade e são comunidades que merecem todo o nosso respeito e consideração. Vamos montar uma estrutura diferenciada para atender os quilombolas in loco”, afirmou a presidente.

A medida foi aplaudida pelos prefeitos da região. “Essa decisão da presidente do TRE é muito importante para as comunidades e para a zona eleitoral”, afirmou o prefeito de Arraias Cacildo Vasconcelos. 

A 22ª Zona Eleitoral abrange além de Arraias, os municípios de Combinado e Novo Alegre, que juntas possuem 14.097 eleitores aptos e que estão passando pelo recadastramento biométrico e revisão eleitoral. 

Durante a reunião a desembargadora ainda alertou sobre os prazos, que não serão prorrogados. “Temos pouco tempo até o fim do prazo estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral e não haverá prorrogação. 

O eleitor que não atender à convocação terá o título cancelado e isso traz muitos prejuízos para o eleitor e para o município”, afirmou Ângela Prudente. 

O juiz eleitoral reforçou a qualidade da Justiça Eleitoral e a importância do recadastramento biométrico e revisão eleitoral. 

“Essa questão é suprapartidária, precisamos propagar as informações e garantir que o eleitor atenda a nossa convocação”. Todos os representantes municipais se comprometeram em propagar às informações juntos aos eleitores.

Ao encerrar o encontro com os representantes municipais, assim como nas últimas zonas eleitorais percorridas, a presidente se reuniu com os servidores do Cartório e parabenizou o empenho da equipe. 

Na oportunidade, o juiz eleitoral Eduardo Barbosa, aproveitou a presença da desembargadora para fazer o próprio recadastramento biométrico e  revisão eleitoral.

Participantes

Participaram o prefeito de Arraias Cacildo Vasconcelos, e os vereadores Heitor José da Rocha, Wesley Siqueira e Fernando Dourado; a prefeita de Combinado Maria do Socorro Ferreira de Morais e a secrpresidente da Cetária da Administração Maria Aparecida da Silva; o município  de Novo Alegre foi representado por Fernando Palmeira, e pelos vereadores José da Silva e Ildevan.

Prejuízos

Com o cancelamento do título, o cidadão não somente deixará de ser eleitor, mas sofrerá ainda várias outras penalidades. 

Não pode pegar empréstimo em banco, fazer matrícula em escolas e faculdades públicas, poderá ter restrições no CPF, nas aposentadorias rurais e em benefícios do Governo Federal, como Bolsa Família e Pronaf.  

Procure o cartório da sua zona eleitoral, munido de documento de identidade (exceto Carteira de Habilitação) e comprovante de endereço, se informe e faça o recadastramento biométrico e a revisão eleitoral.
Entrega Veículo

Ainda em Arraias a presidente do TRE, desembargadora Ângela Prudente, entregou um veículo Duster para uso da 22ª Zona Eleitoral. As chaves foram entregues ao chefe do Cartório, Mardem Gomes Marinho e ao juiz eleitoral.  

Fonte: TRE-TO




Nenhum comentário: