Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Associações militares vão contratar perito de renome para confrontar perícia da Polícia Federal


As associações de praças militares do Tocantins afirmam que vão contratar perito de renome nacional para fazer reconstituição da troca de tiros entre Polícia Militar e Polícia Federal em Pindorama, no Tocantins, que resultou na morte do primeiro sargento Wirantan Fraga dos Santos. 

A intenção é confrontar a perícia da PF e anexar documento ao inquérito policial militar.

Wirantan Fraga dos Santos foi morto no dia 2 deste mês após troca de tiros com a Polícia Federal. Os militares teriam sido surpreendidos pelos membros da PF durante ação nos Correios do município. 

De acordo com a PM, policiais devidamente escalados e fardados receberam denúncia de que indivíduos estavam no interior da agência. 

Ao chegaram ao local, constataram que os suspeitos já haviam fugido. 

Em seguida a corporação estadual teria sido surpreendida pela Polícia Federal, sem qualquer caracterização, que passaram a atirar contra a agência.

Mobilização

As entidades organizam na manhã desta segunda-feira, 9, carreta para manifestar luto e pedir justiça à morte de Wirantan Fraga. As associações solicitam que os presentes se vistam de preto. 

O trajeto sai do estacionamento do Espaço Cultural, passa pelas avenidas NS 02, Juscelino Kubitschek (JK) e NS 04. 

O destino será o Ministério Público Federal (MPF), onde serão feitos pronunciamentos e protocolado documentos cobrando providências do órgão quanto a apuração dos fatos que ocasionaram a morte do primeiro sargento.

Confira a lista de associações que organizam o manifesto:

APRA-TO (Palmas)
ACS 5° BPM
ASPRA-TO (Gurupi)
ACS Porto Nacional
APA Araguaína
ASSICASOL Guaraí
ACS Colinas
ACSD Dianópolis
ASPRA BICO
ASCAS Tocantinópolis
ASSPMETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário