Umidade em Paranã (TO) atinge 12%; veja 10 cidades com os menores índices



A umidade em Paranã, sul do Tocantins, foi a mais baixa registrada no Tocantins nesta terça-feira (1º). 

A cidade apresentou um índice de 12% e ficou em estado de alerta. Várias cidades do estado também estão com a umidade baixa. 

Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Veja a tabela para conhecer os dez municípios que apresentam os menores índices.

O estado de alerta abrange os níveis que vão de 20 a 12%. Depois de Paranã, Formoso do Araguaia, Peixe e Gurupi, localizadas ao sul do estado, aparecem no topo das cidades com a umidade mais baixa.

Nestas condições, o recomendado é que as pessoas não façam exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h; evitem aglomerações em ambientes fechados e usem soro fisiológico para olhos e narinas.

O clima quente e seco provoca problemas de saúde. As consequências pioram devido às queimadas, recorrentes nesta época do ano. A má notícia é que este clima deve prevalecer pelo menos até sexta-feira (4).

Segundo o professor José Luiz Cabral, que coordena o núcleo de meteorologia da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), não há previsão de chuva para as cidades localizadas no centro e sul do Tocantins. "Estamos observando o aumento da nebulosidade, o que é um bom sinal para possíveis mudanças", informou.

Para os moradores das cidades localizadas ao extremo norte do estado, as previsões são mais animadoras. Conforme Cabral, as condições meteorológicas favorecem a ocorrência de pancadas de chuva nos próximos dias.

No sistema Alert-AS, que é o Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul do Inmet, o Tocantins aparece em situação meteorológica perigosa, isso significa, segundo informações contidas no site do instituto, que a população deve "se manter vigilante, informada sobre as condições meteorológicas e se inteirar sobre os riscos que possam ser inevitáveis".

Fonte: G1