segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Uma resposta ao Sindibelo



Prezado leitor, 

São 22h23 e este blogueiro está aqui sem tomar banho e apinhado, até esse horário, com os afazeres jornalísticos do Judiciário Brasileiro, do nosso emprego público, quando recebo a informação de que o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Campos Belos acabara de soltar uma nota, em seu site, contra o nosso Blog. 

Pensei, pensei e pensei. 

Poderia elaborar uma resposta mais ríspida, mais calejada. Mas decidi ser brando. 

Ser brando porque o nosso leitor nos conhece e conhece nossa intenção em manter ativo este canal de comunicação. Sabe que aqui não é panfleto sindical e e nem tão pouco site de prefeitura ou de órgão  público. 

Aqui é algo mais...

É por esse algo mais que alcançamos a cifra de 2,7 milhões de acessos em 4 anos. 

Sobre a não publicação do pedido do Sindibelo, não a fiz porque não quis. 

Interpretei que o texto enviado não era uma informação jornalística, mas apenas uma ação de comunicação que apenas que dizia respeito ao próprio sindicato. 

Assim sendo, não merecia figurar como informação jornalística. 

Mas se apenas isso foi motivo para nos desacreditar como um canal de credibilidade, imagine se tivesse publicado o texto do Sindicato?

Pergunto: O que há por traz desse "desabafo" do Sindibelo? 

Mas agora vou publicar o texto do Sindibelo e o leitor decide se tive razão ou não em segurá-lo: 


SINDIBELO: PREFEITO DE CAMPOS BELOS IRONICAMENTE PRETENDE ORGANIZAR FESTA PARA OS PROFESSORES

O prefeito de Campos Belos pretende organizar para o próximo dia 17/10/15, uma festa de confraternização para os professores da rede municipal de ensino, a realizar-se no Bela Aqua Parque (antiga AABB).

Quanto incoerência por parte da administração municipal, ao querer promover uma festa aos professores neste momento.

Confraternizar o quê?

Um prefeito que não paga o reajuste salarial que é um direito dos professores, que não cumpre com o acesso de letra (progressão horizontal) dos mesmo, que também falta com o respeito com a categoria. Parece-nos que não há o que confraternizar.

Na verdade os professores não têm o que confraternizar com a atual gestão municipal. Prova disso, é a inflação que está corroendo e achatando o salário do educador, que por sua vez está bem distante de ser digno, haja vista, a representatividade que o professor tem para o desenvolvimento de qualquer sociedade. 

E os 13,01% de reajuste salarial que os educadores devem receber, desde janeiro de 2015, o prefeito não quer pagar.

Agora, surge com essa hipocrisia de festa de confraternização para os professores. Profissionais que o atual gestor não valoriza é que tem um papel importantíssimo para o desenvolvimento do nosso município.


“Este presidente vem através deste fazer um apelo diretamente aos professores e monitores, em especial, aos que participaram desta nossa última greve que reflitam o seu comparecimento a esse evento que a prefeitura pretende organizar, partindo do princípio de que o atual prefeito não cumpriu com a sua obrigação de conceder o reajuste salarial dos professores, tampouco, o acesso de letras, que por sua vez, são previstos em lei. 

Como assim, não pode pagar os professores e monitores, mas pode fazer festa? Isso eu sinceramente, não entendo. Encontramos em litigio com a administração, temos dois processos correndo simultaneamente na justiça, requerendo os direitos dos educadores. 

Portanto, em virtude disso, entendo que não há motivos para que os professores e monitores comparecem a este evento, pois não tem o que confraternizar com a atual administração”. Disse o presidente do SINDIBELO, Adroaldo Oliveira Ribeiro. 

5 comentários:

  1. Resposta à pergunta do Dinomar.

    "Pergunto: O que há por traz desse "desabafo" do Sindibelo?"

    Por trás do desabafo desse sindicato, há pessoas atoas, rancorosas, amargas , mal amadas, invejosas, mesquinhas, medíocres que querem a qualquer custo prejudicar o prefeito, fazendo politicagem e falando um mante de asneira.´
    E vergonhosa a posição desse sindicato e de muitos professores que não tem se quer opinião própria, e se dizem formadores de opinião. A gente vê cada catadura, que dá é dó dos alunos.
    Ouvir dizer que o momento que eles chamam de festinha, foi um momento pedagógico e de reflexão muito proveitoso para a formação do ser humano, e o momento de lazer acredito que quem participou mereceu.

    Parabéns a todos os professores que pensam como gente grande, que não se apegam a mediocridade.

    ResponderExcluir
  2. Dinomar só pública alguma coisa contra o prefeito, quando já esta tbm em outros meios de comunicação tbm, do contrário não sai uma linha, um blog que já publicou sobre " prefeitura de posse compra luvas de borracha para servidores" e ao mesmo tempo acha q uma nota do sindicato tem menos valor, sei não em, o atual prefeito é tão ruim quanto o antigo, mas sobre o antigo sempre tinha uma nota, nem q fosse fofoca, ou algum comentário de alguém que não gostava do cara, já as notícias ruins do atual prefeito, só sai aqui quando não tem mais jeito. Valendo lembrar dos comentários sobre os pré candidatos faltou escrever assim : "eduardo terra não avisou sobre a filiação no pmdb, ja começa mal, probremas com a lei da transparência? ?" "Ninha faz grande, mega, ultra, super evento, com apoio de Deus, Buda, Goku, e Chuck Norris"

    ResponderExcluir
  3. Sem palavras!!! Essa presidente do sindibelo deveria ouvir muito mais, vc como sempre Dinomar muito educado. Acho que os professores vao comparecer sim a confraternização pq assim como o presidente do sindibelo so tem fuá kkkkkk. Bem feito quem mandou votar no homem kkkk

    ResponderExcluir
  4. Tenho acompanhado todas as matérias deste blog que considero importante para a sociedade,mas realmente considero estranho a não publicação da matéria recebida do SINDICATO.Vejo comentários maldosos serem publicados porque não a matéria? Dinomar é preciso ser imparcial e transparente para continuar com sucesso.

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.