Sem Chimbinha, Joelma agradece aos fãs e canta música gospel em Niquelândia (GO)



A Banda Calypso se apresentou em Niquelândia, no norte de Goiás, neste fim de semana. Sem a presença do guitarrista Chimbinha, a cantora Joelma empolgou o público e fez questão de agradecer o apoio dos fãs. 

“Agradeço a Deus por ter vocês, pois muitas vezes sou eu quem precisa de um abraço”, disse. 

No repertório, ela, que já falou sobre a possibilidade se seguir outros rumos na carreira, incluiu uma música gospel (assista vídeo acima).

Ao chegar à cidade, a cantora já sabia que Chimbinha tinha gravado uma entrevista para o programa Fantástico, da Rede Globo, na qual admitiu que a traiu, que pediu perdão, e negou que a tenha agredido. 

Ele também falou sobre o futuro da banda e disse que poderá continuar sem Joelma. Mesmo assim, ela preferiu manter o silêncio.

Durante o show, Joelma, que dançou muito e estava sorridente, deu sinais aos fãs que está superando a separação, após 18 anos de casamento. Em um determinado momento, ela passou a mão no rosto, em alusão a enxugar uma lágrima, e em seguida fez sinal de negativo com o dedo.

A cantora passou a se apresentar sozinha com a banda desde que, no último dia 4, em Teresina (PI), se recusou a subir no palco ao lado de Chimbinha. 

Na ocasião, ele foi vaiado e atingido por objetos jogados pelo público e deixou a apresentação antes do fim. A partir daí, ele anunciou que não vai mais estar ao lado de Joelma.

Durante o show em Goiás, os fãs se dividiram sobre o futuro da banda. "Sem ela a Calypso não é nada. É mais fácil ela achar outro guitarrista do que ele [Chimbinha] arrumar outra Joelma", disse o consultor de empréstimos Álvaro do Carmo Silva.

Já o presidente do fã clube do grupo em Brasília, Eduardo Felício, diz que espera que o melhor aconteça. "Eu prefiro ficar neutro e não me meter nessa guerra. Eu sou fã", afirmou.

Caso de polícia

Em Niquelândia, o guitarrista Ian Marinho foi escalado para substituir o músico. Ele é o mesmo que já havia se apresentado com a banda depois que a Justiça do Pará determinou que Chimbinha não poderia se aproximar de Joelma, com base na Lei Maria da Penha. Na ocasião, a cantora registrou um boletim de ocorrência contra o ex-marido e disse que temia ser agredida.

No entanto, o músico recorreu da sentença e conseguiu o direito de voltar aos palcos, mas acabou desistindo após o incidente em Teresina.

A informação de que Chimbinha não iria aos próximos shows do Calypso foi divulgada na última quarta-feira (7) pela assessoria do guitarrista. 

No comunicado, ele pediu desculpas aos fãs da Banda Calypso que não veriam a formação completa em Santo Antônio do Descoberto (GO), na sexta-feira (9) e Niquelândia, no sábado (10), e em Brasília, na madrugada desta segunda-feira (12).

Veja Matéria da TV Anhanguera

Fonte e Texto: G1

Comentários