São João da Aliança (GO): Polícia e "hackers" investiga folhetim apócrifo, feito para denegrir diversas pessoas na cidade


Por Elias Alves,

"Hacker", baseado em Planaltina de Goiás, interage com outro no estado da Bahia. 

O objetivo é a identificação do número onde originou a postagem do folhetim apócrifo "Jornal Informativo" que disseminou onda de boatos em São João D'Aliança na semana que passou. 

O trabalho do especialista, que irá custar 4 mil reais, foi solicitado por uma das pessoas citadas. 

Segundo consta, 478 números de telefone estão sendo analisados e 339 CPFs, já foram identificados de números que compartilharam a maldosa publicação.

Na semana que passou, um folhetim sem assinatura falava inverdades de várias pessoas da cidade, como casos de traição e outros tipos de fofoca, que ensejam crimes contra a honra.