quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Polícia de Formosa prende quarto homem acusado de matar criança e ferir outra durante tiroteio


Na tarde desta quinta-feira (29), a Polícia Civil de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, prendeu o quarto e último acusado de participar de um tiroteio pelas ruas da cidade e vitimar duas crianças

Uma menina de 8 anos morreu na hora e o irmão dela, de 11 anos ficou gravemente ferido, na última terça-feira.  

Ele é menor de idade e foi identificado como D.R.G.S, 17 anos. 

O "menino" possui diversas passagens por atos infracionais de homicídios, tentados e consumados, e na data de hoje foi expedido um mandado de busca e apreensão por ato infracional cometido por ele em maio de 2015. 

Segundo os investigadores, antes do dia 27 de outubro, ele já havia sido intimado a comparecer no Grupo Especial e Investigação de Homicídios (GIH), de Formosa, para prestar suas declarações acerca de outro fato, sendo apreendido assim que chegou à delegacia. 

Segundo a polícia, após o cumprimento da ordem, D.R.G.S foi encaminhado ao CASE local e lá ficará por, pelo menos quarenta e cinco dias. 

Nesse período, diz a polícia, será feita uma representação pela sua internação também no caso do tiroteio.

"Agora sim Formosa pode respirar mais tranquila, sabendo no entanto, que nunca mais será a mesma depois daquela tarde do dia 27 de outubro de 2015", comentou um policial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.