Marconi Perillo quer transformar Alto Paraíso (GO) em referência de sustentabilidade





Transformar Alto Paraíso, município conhecido mundialmente por suas belezas naturais, em referência global de sustentabilidade econômica, social e ambiental, e em modelo no cumprimento das 17 Metas Globais de Desenvolvimento Sustentável.

Com o objetivo de colocar este plano em ação, o governador Marconi Perillo esteve naquele município para discutir a elaboração de um programa de parceria entre o Governo de Goiás, a Prefeitura e o mestre Sri Prem Baba, com participação de especialistas.

Marconi se reuniu com o prefeito Álan Barbosa, o mestre Prem Baba, secretários municipais, a atriz Maria Paula e os especialistas Fabio Toreta (membro do Movimento Awaken Love) e Patricia Ellen (membro da McKinsey) para discutir as ações para a implantação do programa.

O governador estava acompanhando das secretárias Ana Carla Abrão (Fazenda) e Raquel Teixeira (Educação, Cultura e Esporte) e dos superintendentes executivos de Esporte, Júnior Vieira, e de Meio Ambiente, Jaqueline Vieira.

Centro Cultural

A proposta é construir um centro cultural em Alto Paraíso, nos moldes do Instituto Tecnológico Basileu França, que abrigue as ações, cursos e projetos visando o cumprimento das 17 Metas Globais de Desenvolvimento Sustentável. Entre as ações estão o desenvolvimento de trabalhos e programas nas áreas cultural e social, a promoção da educação infantil e a realização de cursos profissionalizantes, pautadas pela cultura da paz. O Grupo Cultural AfroReggae também integra o projeto.

A meta do projeto é transformar Alto Paraíso em referência de desenvolvimento sustentável e inovação, com a construção de centro de pesquisa agrícola, centro de tecnologia e inovação e, posteriormente, a implantação de um campus universitário no município. 

A intenção é que as ações sejam desenvolvidas tendo como suportes o uso de energias renováveis, a opção por edificações públicas e privadas ambientalmente sustentáveis e a garantia de tratamento e reciclagem de resíduos líquidos e sólidos.

Marconi disse que o Governo de Goiás está inteiramente à disposição da prefeitura e dos parceiros para a viabilização do projeto e afirmou e determinou à equipe de auxiliares presentes no encontro que realizem os estudos necessários para a realização das obras. 

O prefeito Álan Barbosa agradeceu o pronto atendimento do governador e afirmou que Marconi é um governante “especial” pela atenção que sempre teve com os municípios goianos e suas comunidades. O mestre Sri Prem Baba agradeceu Marconi pela presença e atenção e disse que a reunião deste sábado, dia 3, representou um “dia especial” para o desenvolvimento sustentável de Alto Paraíso.

Sri Prem Baba – líder humanitário

Depois da reunião de trabalho, o governador se encontrou com Sri Prem Baba e seus seguidores. Baba vive em Alto Paraíso há dois anos e vem atraindo cada vez mais seguidores, de diversas partes do mundo, que vão ao município para assistir suas palestras e ouvir seus ensinamentos. 

Sri Prem Baba é um líder humanitário e mestre espiritual brasileiro, herdeiro da antiga linhagem indiana Sachcha. Recebeu esse título em 2002 de seu mestre Sri Sachcha Maharaji. Ele tem como missão promover a espiritualidade e restabelecer os valores humanos, espirituais e sociais.

Em 2003, Prem Baba criou o movimento global Awaken Love, que tem como premissas a honestidade, a autorresponsabilidade, a gentileza, a educação, o serviço e a beleza, com o intuito de promover uma nova visão de mundo. Parceiro do projeto para Alto Paraíso, o AfroReggae atua em áreas pobres do Brasil para promover a inclusão social, a educação e a cultura da paz entre os jovens.

Alto Paraíso

Com 6.638 habitantes, Alto Paraíso está localizada no ponto mais alto do Planalto Central e atrai turistas do mundo todo que vêm a Goiás para conhecer suas belezas naturais. Considerado patrimônio natural pela Unesco, o município abriga o distrito de São Jorge, porta de entrada para o santuário ecológico do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, alternativa econômica, ecológica e sustentável para os habitantes de Alto Paraíso.

Fonte: Goiás Agora