Pular para o conteúdo principal

Goiânia completa 82 anos. Trânsito e insegurança tiram o brilho da festa.



Por Jefferson Victor,

Há 82 anos, Pedro Ludovico Teixeira lançava a pedra fundamental da criação da nova capital, uma estratégia do governo Vargas para o desenvolvimento da região Centro-Oeste.

Inicialmente a cidade foi projetada para 50 mil habitantes, 60 anos depois já passava de 1 milhão, e atualmente a região metropolitana já ultrapassou a marca de 2,2 milhões de habitantes.

A nova capital cresceu de forma desordenada, não houve um planejamento urbano adequado em termos de futuro, a cidade foi se desenvolvendo de forma aleatória, isso, devido a especulação imobiliária que desencadeou ruas apertadas e vielas.

 A Praça Cívica foi projetada para ser o Centro Administrativo do Estado, e com isto a maioria dos Órgãos Públicos se concentraram naquela área, além de ser um importante entroncamento que leva a todas as localidades.

 Grande parte dos moradores dos bairros se deslocam diariamente para o centro, e isto é um fator preocupante, não há estacionamentos regulares, muitos que por ali trabalham são obrigados a deixar seus veículos em grandes distâncias.

O transporte urbano é ineficiente, ônibus lotados, e em número insuficientes obrigam moradores a usarem outros meios de locomoção, e com isto o problema tem intensificado ano pós ano.

Os chamados corredores de ônibus diminuíram o tempo da viagem, porém a proibição de estacionamento nestas vias obrigaram centenas de comerciantes a encerrarem suas atividades, isto criou um grande problema para estes empresários.

O crescimento desordenado, aliado à falta de planejamento, tem levado Goiânia a se tornar uma das capitais mais violentas do país, ninguém se sente seguro, o número de homicídios e roubo de veículos tomaram proporções preocupantes, falta policiamento e pra agravar ainda mais o quadro, o estado foi obrigado a demitir 2,4 mil policiais da (SIMVE) Serviço de Interesse Militar Voluntário, dos quais a maioria atuava na capital.

Goiânia é uma capital muito arborizada, custo de vida adequado, tem um dos maiores crescimentos imobiliários do país, e o número de veículos chega a um por cada habitante.

A capital é servida por mais de uma dezena de Shoppings, uma grande rede hoteleira, Centros de Convenção, o Estádio Serra Dourada, vários parques , centenas de bairros, uma das medicinas mais evoluídas do país, e tudo isto tem atraído um grande número de  imigrantes, e isto requer medidas urgentes para viabilizar o bem estar de seus habitantes.

É necessário que haja melhor distribuição dos órgãos administrativos para outras localidades, como forma de desafogar o centro da cidade, melhor planejamento em mobilidade urbana, e principalmente reestruturação na área de segurança, com maior atuação do estado para que haja maior segurança para o cidadão que hoje é refém da violência que vem se intensificando.

A polícia, mesmo em número insuficiente, vem fazendo o seu papel, tem recuperado cerca de 80% dos veículos roubados, muitos bandidos são presos, mas infelizmente uma lei branda demais faz com que os meliantes sejam soltos sem pagarem suas penas e voltam a cometer os mesmos crimes, e com isto a população está cada vez mais vulnerável, ninguém se sente seguro pelas ruas da cidade.

Com relação ao trânsito, as avenidas foram mal planejadas no passado, e não viabilizam criação de novas faixas, e com a entrada de cerca de 36 mil novos veículos anualmente, somente a implantação de linhas de metrô, poderá ser a alternativa definitiva para o grave problema que assola a população da capital.

A população não tem muito a comemorar, os festejos programados para este sábado talvez sejam mais uma oportunidade para que os moradores cobrem maior   presença do estado em defesa do cidadão que vive literalmente a mercê da sorte.

Postagens mais visitadas deste blog

Urgente: Polícia frusta assalto a banco, em Campos Belos (GO). Há bandidos mortos. Gerente do Banco do Brasil foi sequestrado

Uma mega operação da Polícia Militar de Goiás, da Polícia Civil e da Polícia Militar do Tocantins frustou o que seria um dos maiores assaltos a banco de Campos Belos, no nordeste de Goiás. 
Ação da polícia ocorreu ainda há pouco. 

Ao menos oito homens fortemente armados se preparavam para assaltar e tocar o terror na cidade, quando foram interceptados e trocaram tiros com a Polícia. 

Há muitas viaturas da polícia nas ruas da cidade, parte do comércio fechou e há até um helicóptero da polícia civil dando apoio às operações da PM. 
As informações ainda são desencontradas.

Nos veículos dos bandidos foram encontrados fuzis e várias armas de fogo. 

Segundo informações, há mortos entre os bandidos.  

De  acordo com o major Carvalho, Comandante da PM em Campos Belos, os bandidos chegaram a sequestrar o gerente do Banco do Brasil e a família.

Ainda de acordo com o oficial, o gerente e a família foram libertados, sem ferimentos e confirmou que dois bandidos foram mortos. 

Seis estão foragidos. Ousados,…

Feminicídio brutal: Homem mata esposa e filho, em Campos Belos (GO)

Uma noite terrivelmente trágica abateu a cidade de Campos Belos, neste sábado (2). 

Um homem armado no setor Bom Retiro, identificado como Joecilio Pereira da Silva, de 38 anos, um pedreiro atuante em Campos Belos, voltou para a residência e iniciou uma forte discussão com a mulher dele, Catiane da Silva Dias, de 37 anos, uma cabeleireira da cidade.

As primeiras informações dão de conta que a mulher pediu a separação do casal.

Atordoado e sem aceitar a separação, ele teria passado o sábado bebendo em um bar próximo e no início da noite voltou para casa com a intenção de cometer o crime de feminicídio.

Um dos filhos do casal, Diemerson Pereira Dias, um estudante de 18 anos, partiu em defesa da mãe, quando o homem sacou uma arma e atirou duas vezes contra a mulher e depois deu outros dois tiros contra o filho.

Ambas as vítimas foram atingidas e morreram no local.

O segundo filho do casal, uma adolescente de 15 anos, fugiu da cena criminosa, temendo também ser assassinada pelo pai.

Os …

Milagre: em Novo Alegre (TO), carro capota, criança é arremessada e fica pendurada em árvore

Um verdadeiro milagre. É assim que pode ser descrito o fato que ocorreu nesta sexta-feira (15), numa rodovia estadual, no sudeste do Tocantins. 

Era por volta das 6h da manhã, quando um veículo Fiat Uno preto, placas JDU-3158, de Brasília (DF), capotou na rodovia TO-110, entre as cidades de Novo Alegre e Combinado (TO). 
No carro, seguiam duas mulheres e uma criança numa cadeirinha de bebê. 
Em determinado momento, a motorista do Fiat perdeu o controle do carro, que capotou diversas vezes, saiu da pista e foi parar em um barranco próximo ao leito da rodovia, totalmente destruído.  
O acidente ocorreu após dois km da cidade de Novo Alegre, sentido Combinado, na entrada de uma fazenda, de propriedade de "Dona Florinda".

No momento do capotamento, a criança, que estava na cadeirinha de bebê mas sem o cinto de segurança, foi arremessada violentamente para fora do veículo e jogada para cima de uma árvore.
Ela não caiu e ficou pendurada nas galhas de um cajueiro, numa altura de cerca de…