domingo, 23 de agosto de 2015

Suicídio: Polícia de Militar de Arraias (TO) emite nota sobre a morte dos dois cabos da corporação




NOTA DE FALECIMENTO

O dia 22 de agosto de 2015 será lembrado para sempre por todos que compõem a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar. Uma lembrança triste da perda de dois de seus GUERREIROS.

CB PM MESSIAS Batista Alves, esposo da CB PM Marisdalva Ribeiro da Silva – Pai de Guilherme Santiago Batista Alves e Geovana Ribeiro da Paixão. 

Nasceu em 08 de maio de 1972, e ingressou na Polícia Militar em 19 de outubro de 1993, lotado na 1ª CIPM desde 1994.

CB Messias sempre foi muito conhecido também na cidade, isso porque sua família sempre esteve envolvida no seio da sociedade, haja vista que duas de suas irmãs também, como educadoras são conhecidas por todos, família de pessoas com muita garra e coragem. Não faz muito tempo, Messias perdeu um de seus irmãos que morava em outra cidade e estava tentando refazer a sua vida.

CB PM João FERNANDES Santos de Moura, solteiro, pai de Evelyn Barbosa Moura. Nasceu em 01 de novembro de 1983, e ingressou na PMTO em 02 de fevereiro de 2004, lotado 1ª CIPM desde 2004.

CB Fernandes, Joãozinho, como todos o conhecia e o chamava, tremenda era a intimidade do mesmo para com aqueles que tiveram o privilégio de sua convivência, era filho de Dona Roxa, mulher guerreira e batalhadora que deu e continua lutando muito para manter seus filhos no caminho do bem, como todos são hoje. Joãozinho era irmão de Zezinho do Asilo, como todos o chamam, pessoas que legitimam o trabalho, a honestidade e a luta diária para crescer e ser alguém na vida.

Ambos Policiais que sabiam conviver com os seus companheiros com profissionalismo e dedicação a carreira Policial Militar. Ambos, pais amorosos e firmes quando necessário. Um era grande esposo, amoroso, dedicado e companheiro; o outro solteiro, mas um grande filho, alegre e carinhoso.

Duas perdas lastimáveis, incompreensíveis, inacreditáveis e sofridas pelas famílias, amigos e companheiros, e, também por toda PM do Estado do Tocantins.

A Polícia Militar comunica a todos também, que os velórios acontecerão nas devidas residências dos polícias. O CB Messias morava no Setor Laranjeiras, na última rua, e lá seu corpo será velado.

O CB Fernandes será velado na casa de sua mãe, onde ele morava. Dona Roxa, como é conhecida mora ao lado da feira coberta da cidade.

É importante esclarecer que os corpos ainda não chegaram a Arraias, isso porque os procedimentos legais exigiram que eles fossem encaminhados ao IML de Palmas a cerca de 400 KM de Arraias, logo os corpos só deverão chegar a noite.

De acordo com a PM, amanhã (24/08) as 08h30min, os dois caixões irão para a Câmara Municipal, e, às 10 horas, o cortejo sairá para o cemitério, os dois juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.