sábado, 25 de julho de 2015

Marconi Perillo diz que tem dado atenção ao Nordeste Goiano





O governador Marconi Perillo inaugurou nesta quinta-feira (23/7) a pavimentação da interligação entre Alto Paraíso e o Distrito de São Jorge, na Região Nordeste de Goiás. 

Os 36 quilômetros da GO-239 que ligam dois dos mais importantes endereços do turismo ecológico do Estado ganharam sinalização noturna e ciclovia.

O trecho inaugurado integra as obras de pavimentação do trecho rodoviário estadual entre Alto Paraíso e Minaçu. A construção da rodovia é a obra rodoviária de maior investimento em execução no Estado. “Estamos investindo R$ 160 milhões nesta rodovia. 

Entre Colinas e Minaçu, mais de 70% das obras já estão concluídas. Já fizemos a maior parte da serra de Minaçu até o rio Maranhão. No máximo até o ano que vem esta rodovia será inaugurada em toda a sua extensão”, garantiu o governador ao discursar para a população e turistas de São Jorge.

O Estado também investe na construção e pavimentação da ligação entre Colinas e Niquelândia, ligando a Chapada dos Veadeiros às regiões norte de Goiás e do Brasil. A nova rodovia será também a melhor opção para a ligação do norte goiano com o Distrito Federal. 

“Esta, sem dúvida, será uma rodovia de integração regional e nacional, uma vez que o norte do País será também ligado ao Nordeste Brasileiro por um caminho mais curto”, salientou Marconi.

O governador citou ainda o trecho entre Monte Alegre e Divinópolis para lembrar que está pavimentação consolidará a ligação entre a GO-118 e a BR-010, nova rota de integração das regiões Nordeste de Goiás e do Brasil à Região Norte. 

“Recentemente, inauguramos a reconstrução de mais de 400 quilômetros do trecho que liga Brasília a Campos Belos. Essa região, portanto, tem merecido um grande apoio do nosso governo”, afirmou o governador.

Marconi disse que fez questão de promover em São Jorge a solenidade de inauguração da rodovia para que pudesse levar ao conhecimento dos moradores e turistas os projetos que a administração estadual têm para o distrito. 

Ele citou ainda a Estação de Tratamento de Esgoto e o calçamento das ruas em São Jorge e as obras de pavimentação urbana e o Aeroporto de Alto Paraíso.

Sobre o calçamento, Marconi disse que, embora a responsabilidade de fazê-lo seja da Prefeitura, o Estado irá arcar com 70% das obras, enquanto que a administração estadual ficará responsável pelos 30% restantes. “Eu quero deixar claro que não estou aqui em campanha. 

Eu já sou governador e tenho três anos e meio de mandato. Portanto, não estou aqui prometendo nada em troca de votos. Estou dizendo que vou fazer e, como sempre fiz, cumprirei meu compromisso”, reiterou, citando a parceria com a prefeitura.

Outro compromisso assumido pelo governador com a população de Alto Paraíso foi a realização da segunda edição do Festival de Inverno. “Eu era governador e patrocinei o primeiro festival. 

Depois o festival parou. Agora eu já pedi ao prefeito Alan Barbosa que me apresente um projeto para que, no ano que vem, nós possamos organizar a segunda edição do festival”, anunciou.

Quando chegou a São Jorge, o governador Marconi Perillo se deparou com uma apresentação ao ar livre da companhia circense “Instrumento de Ver”, de Brasília. 

Os artistas mesclavam cenas teatrais com acrobacias em balanços suspensos. Um grande público se aglomerou para assistir à apresentação, atração que integra a série de eventos culturais que agitam as férias de julho de São Jorge e da Chapada.

Após os pronunciamentos, Marconi seguiu à pé para a Casa de Cultura Cavaleiros de Jorge, onde foi recebido por agitadores culturais e a tribo indígena “Fulni-ô, de Pernambuco, e que está em São Jorge participando da Semana Aldeia Multiétnica, ao lado de outras 14 nações indígenas de várias regiões do País. 

Após assistir e participar de uma sessão de danças, o governador recebeu uma lembrança dos membros da tribo e degustou quitandas preparadas com cozinheiras tradicionais do distrito.

Fonte: Diário da Manhã
Fotos: Humberto Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.