sexta-feira, 31 de julho de 2015

Especialistas advertem: encher o tanque além do click da bomba danifica o veículo e traz riscos para saúde dos ocupantes


Por Jefferson Victor,

O programa Mais Você, comandado por Ana Maria Braga, na Rede Globo, nesta quinta-feira (30), fez um importante alerta sobre a prática de se completar o tanque de combustível até a boca.

Segundo especialistas, o ideal é que se coloque combustível até o click da bomba, ela indica o limite, daí pra frente qualquer quantidade a mais danifica uma peça chamada cânister, cuja função é filtrar os gases que vem do tanque e direciona-los para queima.

Quando o tanque recebe mais combustível do que deveria, o cânister fica encharcado e pode comprometer o funcionamento de outras peças como velas e o catalizador. 

Desta forma o carro perde rendimento e passa a emitir mais gases poluentes.

A dica é sempre pedir ao frentista que respeite o limite indicado pela trava automática da bomba de combustível e completar apenas até o click, nada de arredondamento.

Cânister é uma espécie de filtro com carvão ativado para impedir que os gases evaporados do tanque de combustíveis cheguem à atmosfera, e tem como função devolver os gases para dentro do motor.

Quando o combustível excede o limite estabelecido pelo fabricante, o veículo passa a consumir de forma desordenada, e os três ou quatro litros que se coloca a mais, fazem com que o automóvel faça uma quilometragem inferior ao que faria com o nível normal, além de expor seus ocupantes a inalar  em seu interior, gases tipo benzeno, que são tóxicos e trazem riscos à saúde.

Aliado a tudo isto, quando esta peça recebe combustível em excesso, normalmente fica danificada e os fabricantes recomendam a sua troca imediata, e dependendo do modelo, pode variar de cento e cinquenta a mil reais.

Quanto a questão do troco, os especialistas recomendam que se carregue moedinhas para eventuais frações, desta maneira além de contribuir com o meio ambiente, você economiza combustível e protege a sua saúde e a dos seus familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.