quinta-feira, 23 de julho de 2015

Caminhão desgovernado desce ladeira de Novo Alegre (TO), atinge casa e deixa um morto e dois feridos



Um caminhão desgovernado por pouco não causa um grande desastre na cidade de Novo Alegre, sudeste do Tocantins. 

O acidente ocorreu por volta do meio-dia desta quinta-feira (23). 

O caminhão, carregado de tijolos, seguia pela rodovia TO-110, no Tocantins. A carga seguia de Monte Alegre de Goiás para Novo Alegre, onde deveria ser entregue. 

Mas, na entrada da cidade, segundo testemunhas, o motorista, apenas identificado como Marcelo, funcionário da Cerâmica Novo Horizonte, perdeu o controle do veículo durante a descida de um grande declive - já conhecido na região como trecho muito perigoso. 

Descontrolado, o caminhão desceu toda a ladeira e já no perímetro urbano de Novo Alegre bateu no meio-fio, tombou, e atravessou a pista para a contra-mão.

Do outro lado, arrancou duas árvores, desvirou após chocar-se com um monte de terra; seguiu violentamente à frente, arrancou duas toras de madeira (aroeira) - fincada no local para proteger contra acidentes (este é o terceiro em situação semelhante) e bateu numa residência.

Por sorte, não atropelou nenhuma pessoa pelo caminho e também não atingiu nenhum morador da casa.  

Na cabine do caminhão seguiam, além do motorista, dois ajudantes. 

Um deles, Nelsimário Rodrigues dos Santos, 34, natural de Monte Alegre de Goiás, foi jogado para fora do veículo e morreu instantemente. 

Já motorista Marcelo e o outro ajudante, identificado apenas como Renato, ambos de Monte Alegre (GO), sofreram ferimentos e foram encaminhados pelos socorristas a um hospital particular de Campos Belos, em Goiás.  

Até o fechamento deste texto, por volta das 23h, eles continuavam internados, sob observação e sem risco de morte. 

Já o corpo do ajudante Nelsimário Rodrigues foi encaminhado ao IML de Campos Belos e depois da autópsia, foi liberado por volta das 20h. 

Segundo Gustavo Ribeiro, que saiu de Monte Alegre de Goiás para prestar ajuda às vítimas, a causa principal do acidente pode ter sido falta de freios. 

Mas apenas uma perícia técnica poderá comprovar as informações prestadas pelo motorista.   

O corpo do trabalhador morto no acidente será velado em Monte Alegre de Goiás nesta sexta-feira (24), onde será sepultado no cemitério municipal.  

Com fotografias e informações de Gustavo Ribeiro, de Monte Alegre (GO)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.