sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Polícia prende violentos assaltantes de ônibus da GO-118




A resposta da PM foi fulminante contra os assaltantes que empreenderam terror por duas noites seguidas no nordeste de Goiás.

A Polícia Militar prendeu, na tarde desta sexta-feira (29), a quadrilha responsável por dois assaltos a ônibus, ocorridos nos últimos dois dias, na GO-118, entre Campos Belos e Monte Alegre de Goiás. 

Desde as primeiras horas da manhã de ontem (28), logo após a notícia do primeiro assalto na rodovia, quando o bando fez reféns passageiros da linha Goiânia-Arraias, da empresa Real Maia, cerca de 20 policiais, em sete viaturas, saíram no encalço dos marginais. 

As diligências da PM se concentraram no assentamento Marcos Correia Lins, situado na antiga fazenda Caraíba, no município de Monte Alegre de Goiás. 

Na localidade, primeiramente foi abordada uma moto, com placas da Cidade Ocidental (GO), com notícia de furto. 

Logo em seguida, os policiais cruzaram com os suspeitos, componentes do Golf Placa JGI-4659-DF, que passaram em alta velocidade por uma das viaturas.

Já em alerta, todas as equipes de policiais envolvidas na operação fizeram um cerco naquele perímetro rural, bloqueando todas as saídas do assentamento.

Logo em seguida, uma viatura, comandada pelo capitão Carvalho, e composta pelos militares cabo Narciso e soldado Madureira, visualizou o carro suspeito e o perseguiu, até  quando o bando abandonou o veiculo e fugiu por dentro de um canavial.

Minutos depois, os algozes dos passageiros entraram numa mata fechada, que foi cercada pelos policiais, em várias frentes.

A fuga dos bandidos não durou muito, pois cerca de 7 km adiante, os três foram capturados:

Mateus de Jesus Araújo, de 18 anos, natural de Luziânia e residente na Parque Estrela Dalva, naquela cidade do entorno do Distrito Federal.

E Ramires Valentino de Abreu e  Wesley Gonçalves Neves, ambos de 18 anos, naturais de Novo Gama e residentes no Parque Alvorada. 

Os bandidos confessaram os crimes de roubo praticados contra os passageiros dos dois ônibus e entregaram todo o material levado das vítimas.

O material roubado estava escondido em um lote do assentamento, que pertencia ao suposto líder da quadrilha, identificado como Aleff Darlan Pinto da Costa, de 20 anos. 

A polícia informou que Aleff Darlan dava suporte às ações criminosas e participava ativamente nos roubos.

Foram apreendidos com o bando, dois revolveres, 34 munições, dois facões, que eram utilizados para agredir as vítimas, uma toca ninja, uma balaclava (touca negra), uma mascara de palhaço e uma pequena porção de maconha.

Foram recuperados pelos policiais, 33 celulares de diversas marcas, 10 relógios,  um notebook, um tablete, uma câmera fotográfica, um HD externo, três óculos, um par de brinco de ouro e vários outros pertences pessoais das vítimas.

A polícia também encontrou com os bandidos R$ 1.570 em espécie, R$ 56,66 em moedas e o veiculo Golf usado nos assaltos.

Os três homens foram conduzidos até a delegacia de polícia de Campos Belos, onde foram autuados em flagrante por roubo e formação de quadrilha.

Participaram da operação militar, Capitão Carvalho (comandante da operação) sargentos Orivando, Ivani, Pimentel, Norivaldo, Serrano, os cabos Brandão, Magalhães, Valdecy, Clever, Cipriano, De Farias, Neurismar, Narlan, Narciso, Cavalcante e os soldados Madureira, Bispo, Taveira e Ewerson. 


Fonte e fotos: Polícia Militar em Campos Belos





Já publicamos:  


Quatro homens armados e violentos assaltam ônibus da Real Maia, próximo a Campos Belos



8 comentários:

  1. Os policiais foram rápidos e eficientes. Graças a Deus estão presos... Uma pena que sobra o medo e trauma vividos por essas pessoas. Como entrar em um ônibus agora? Como viajar tranquilamente? O mundo anda terrível...não se tem mais paz nem em cidades tão pequenas e pacatas como minha amada Monte Alegre. Obrigada Dinomar por nos manter informados sobre isso*

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a todos os Policiais que participaram dessa operação, a população fica feliz e sente-se segura com a brilhante atuação de vocês. Deus ilumine a cada um dando sabedoria e paz. Adélia Magna Brandão.

    ResponderExcluir
  3. https://www.facebook.com/wesley.goncalves.77770194
    https://www.facebook.com/aleff.darlan.7?fref=ts
    https://www.facebook.com/ramirez.abrel
    https://www.facebook.com/mateus.jesus.9081

    Tá ai o perfil dos vagabundos!

    ResponderExcluir
  4. E a PM mais uma vez realizando o trabalho que deveria ser da Polícia Civil... Vocês sim são nossos bravos guerreiros!

    ResponderExcluir
  5. Cara Ludmila Saldanha;
    Você poderia estudar mais a fundo a carta magna de nosso país, que é bem clara ao atribuir a função de policia judiciaria à policia civil, portanto a PM brilhantemente agiu conforme as suas atribuições(ostensivas), e realizou a prisão ainda em flagrante delito, logo apos ser acionada mediante o segundo assalto. Agora a policia civil fará aquilo que lhe compete, que é instaurar o inquérito, cumprir diligências e concluir as investigações,repassando ao judiciário um relatório consistente afim de embasar a acusação que terá como titular o ministério público.

    ResponderExcluir
  6. Ainda tem defensor de uma peças destas. Leva pra casa se está com dó.

    ResponderExcluir
  7. O Meu Filho estava no ônibus da Itapemirim que foi assaltado estava indo a Brasilia tirar visto para trabalhar, roubaram tudo dele, alguem sabe informar se encontrou documentos dele o nome dele é Matheus Rodrigues da Silva. O meu telefone é 038 999433094

    ResponderExcluir
  8. O Meu Filho estava no ônibus da Itapemirim que foi assaltado estava indo a Brasilia tirar visto para trabalhar, roubaram tudo dele, alguem sabe informar se encontrou documentos dele o nome dele é Matheus Rodrigues da Silva. O meu telefone é 038 999433094

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.