terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Voluntários participam de mutirão para erguer IML de Campos Belos




No último fim de semana, um grupo de moradores de Campos Belos, nordeste de Goiás, literalmente "botaram a mão na massa" em prol da comunidade. 

Dezenas de voluntários, coordenados pelo Conselho de Segurança Comunitário, participaram, por dois dias, de um mutirão nas obras no Instituto de Médico Legal (IML), que está sendo erguido na cidade. 

Regado a churrasco, feijão tropeiro, mandioca, humor e muita boa vontade, eles se juntaram na intenção de rebocar as paredes do edifício. 

Pedreiros, ajudantes de pedreiros, cozinheiros e muitos outros profissionais doaram seu fim de semana para ajudar a concretizar o sonho do IML em Campos Belos. 

O promotor da Comarca, André Luiz, também esteve presente e deu apoio aos voluntários, assim como os conselheiros comunitários. 

"Esse mutirão foi feito com trabalho voluntário de todos que passaram por lá. Agradecemos de antemão a todos, e dizer que depois desse fim de semana, temos certeza que vamos conseguir terminar", disse Zoraima Soares de Abreu, presidente do Conselho de Segurança de Campos Belos.




Benefício para outras cidades

Além de Campos Belos, o IML também irá atender às cidades de Monte Alegre de Goiás, Teresina de Goiás, Cavalcante, Divinópolis, São Domingos e Alto Paraíso.  O IML contará com 800 metros quadrados de área construída.

Por interveniência dos promotores de Justiça de Campos Belos, André Luís Ribeiro Duarte e Douglas Roberto Ribeiro de Magalhães, de São Domingos, o terreno foi cedido pela Agência Estadual de Transporte e Obras (Agetop). 

A terraplenagem do terreno também foi uma ação voluntária, de responsabilidade social das empresas MBAC Fertilizer Corporation e Engefort Construtora.

Areia e pedras já foram doadas por outros segmentos da sociedade, cita ele. “Outra parte dos recursos será obtida dos termos circunstanciados de ocorrência (TCOs), cabendo a administração dos recursos ao Conselho de Segurança de Campos Belos”, informou o promotor.



Os entendimentos para melhorar o atendimento da polícia técnica na região do Nordeste Goiano começaram no início de agosto de 2011.

Diante da situação precária, advinda da falta de instalação do IML, que gera demora e amplia o sofrimento de milhares de familiares de mortos, os promotores procuraram a Superintendência da Polícia Técnico-Científica. 

A superintendente, Rejane da Silva Sena, se comprometeu então em implantar o IML englobando perícia criminal, além de identificação civil e criminal. 

A doação da área e o início da terraplenagem foram na sequência.

A criação de uma circunscrição do IML em Campos Belos é uma das metas prioritárias do plano estratégico de atuação conjunta das Promotorias da Região Nordeste, estabelecido pelos dois promotores, tendo em vista que a precariedade das perícias prejudica a apuração de crimes. 

2 comentários:

  1. Quero parabenizar todos volutarios que doaram seu final de semana em pró do IML, o nosso promotor DR. André e a nossa presidente do conselho de segurança de Campos Belos a Dra. Zoraima Soares de Abreu e todos os seus membros que estavam presente nesta grande mobilização!!!!!

    Edvar Júnior.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Dr. André, sua marca ficará registrada em Campos Belos..

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.