Postagens

Mostrando postagens de Setembro 2, 2012

Numa iniciativa inteligente, delegado volta-se para a comunidade

Imagem
O delegado de polícia Pablo Batista, numa iniciativa inteligente e estratégica, tem feito um trabalho muito interessante em Manaus, capital do Amazonas.


Sua missão constitucional é apurar e desvendar crimes. No entanto, Pablo tem ido além disso.


Ele tem atacado a raiz da criminalidade, que é a total exposição das crianças e adolescentes à toda sorte mundana: falta de orientação, educação precária, uso precoce de drogas, falta de expectativa de vida.


O delegado tem aproximado a polícia das comunidades mais pobres de Manaus através do projeto "Ronda no bairro - A importância da Comunidade com a Polícia". A iniciativa tem chamado a atenção e tem repercutido em todo o estado do Amazonas.


Jornais do estado têm noticiado a iniciativa. “É fundamental a aproximação da escola com a segurança pública”.


Assim o delegado titular em exercício do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Pablo Moreira Batista iniciou a palestra na Escola Municipal Irmã Helena Augusto Walcott, no bairro Jo…

Restauração da GO-118: máquinas sumiram da rodovia

Imagem
Desde ontem, quinta-feira (6), estamos em Campos Belos. 
Ao percorrer o caminho entre Brasília e esta distante cidade do nordeste goiano, tivemos uma surpresa desagradável: sumiram as máquinas da empresa de engenharia contratada para restaurar a rodovia GO-118. 
A pista está um tapete, asfalto novinho em folha, bem sinalizada. Porém,  somente entre a divisa do DF-GO e a cidade de São João da Aliança.  
Desta até Campos Belos, nada de máquinas, nada de restauração. Pelo contrário, aumentou o nível de destruição do asfalto.  
Os problemas da GO-118 são antigos e sérios. Pelos menos 20 pessoas morreram em acidentes automobilísticos entre novembro do ano passado e agosto deste ano.  
Um grupo de promotores de Goiás e mais prefeitos e vereadores de dezoito cidades do nordeste goiano foram  à sede da Agetop ( Agência Goiana de Transportes) pressionar o presidente do órgão e o governo do estado a tomarem uma medida extrema para evitar tantas mortes. 
Na oportunidade, o presidente da Agetop informo…

Vereadores reajustam salários. Pressão social diminuiu percentual

Os vereadores de Campos Belos aprovaram, por maioria, o aumento salarial dos próprios parlamentares, do prefeito e vice e dos secretários municipais.
Os vencimentos de um vereador saem de R$ 4.200 para  R$ 4.990, um aumento de quase 19%. O salário do prefeito sai de R$ 10 mil para R$ 12 mil. O dos secretários municipais aumentou de R$ 3.700 para cerca de R$ 4.200.
Os valores são bem menores do desejado pelos parlamentares. Eles queriam uma majoração com um percentual de quase 60%. 
No entanto, a medida impopular não foi bem recepcionada pela comunidade, que reagiu com firmeza, principalmente pelas mídias sociais.
O aumento não está garantido. Ainda falta a sanção do prefeito Sardinha, que pode aprovar ou vetar o reajuste.
As chances de aprovação são bem maiores com este percentual menor. 
Sardinha já tinha confidenciado a pessoas próximas e até mandou um recado à "Casa do Povo" de que vetaria o aumento abusivo. 
O reajuste não contou com a unanimidade da Casa. Dois vereado…

Faeg faz debate entre candidatos a prefeito

Imagem
O município de Campos Belos recebeu, na última segunda-feira (03), o debate “Seminário Estadual O Que Esperamos do Próximo Prefeito”
O evento contou com a presença de dois dos três candidatos à vaga de prefeito. 
O candidato pela coligação coligação Transparência, Honestidade e Trabalho, o ex-prefeito Aurolino José dos Santos Ninha (DEM), não participou.
O debate é uma realização da Federação dos Agricultores do Estado de Goiás (Faeg), com sua rede de Sindicatos Rurais e Sebrae e faz parte de um projeto promovido em várias cidades do estado.
Segundo o site oficial da entidade, o debate foi realizado dentro das regras exigidas pela legislação eleitoral e acompanhado por uma equipe jurídica da instituição.
Os debates são a segunda etapa do projeto. 
A primeira foi realizada nos meses de abril e maio nos municípios goianos, dividido em oito regiões, onde os produtores, e membros da comunidade participaram dos seminários locais.
De todas as consultas e tabulações dos relatos foram elaborada…

Universidade em Campos Belos abre inscrições para Semana de Integração acadêmica

Imagem
A Unidade Universitária da UEG de Campos Belos vai realizar, entre 17 a 21 de setembro, a IV edição da Semana de Integração Acadêmica e Cultural da UEG e Comunidade (SIACUC).  

A semana será aberta à participação dos universitários e também da comunidade.

O objetivo é oportunizar aos acadêmicos dos cursos de Letras, Pedagogia e Tecnologia em Agronegócio, a aquisição de conhecimentos científicos em sua área de formação, bem como a integração entre os cursos e a exteriorização de suas potencialidades artísticas, culturais e da comunidade.

As inscrições para participar dos mini-cursos, palestras, oficinas e do festival de música e poesia estarão abertas até o dia 14 de setembro.

Para maiores informações sobre a Semana entrar em contato com a UnU Campos Belos pelo telefone (62) 3451-2100 e (62) 3451-1049, de segunda a sexta-feira.

Fonte: Universidade do Estado de Goiás (UEG)

Arraias festeja Nossa Senhora dos Remédios com fé, tradição e história

Imagem
A cidade de Arraias, sudeste do Tocantins, a 600 km da capital Palmas, comemora, no próximo dia 8 de setembro, uma das mais tradicionais festas religiosas do estado: a festa de Nossa Senhora dos Remédios. 

A religiosidade e a fé em Nossa Senhora dos Remédios é muito forte entre os arraianos. 

Todos os anos, em setembro, a comunidade realiza uma romaria pela cidade até a porta da Igreja Matriz, que leva o nome da santa.

O evento reúne milhares de pessoas: são peregrinos, religiosos, turistas, moradores e comerciantes. A romaria é a segunda maior do Tocantins.

A tradição da festa começou há mais 200 anos, quando, em 1740, o governador da Capitania de São Paulo, Dom Luis de Mascarenhas, proprietário das terras das minas de ouro, fundou o Povoado Nossa Senhora dos Remédios de Arraias. 

O povoado foi elevado à condição de vila no século XVIII e em 1914 virou município. Desde a época da devoção do governador da capitania que a festa tem sido feita anualmente.

Arraias também conserva suas tradiçõ…

Pressão da comunidade faz vereadores reverem percentual de aumento

Imagem
Os vereadores de Campos Belos, cidade do nordeste goiano, a 600 km de Goiânia, reagiram à pressão da comunidade contra o aumento abusivo de 60% proposto pelos parlamentares. 

Eles desejavam aumentar os próprios salários para cerca de R$ 6 mil; do prefeito para cerca de R$ 14 mil; do vice-prefeito para R$ 7 mil e dos secretários municipais para cerca de R$ 5 mil. 

No entanto, a comunidade reagiu fortemente e forçou  a "Casa do Povo" a rever o percentual de aumento. 

Depois de muito bate-boca, o novo percentual  caiu para o patamar de 35%. 

A reação da sociedade municipal não foi à toa. 

Os próprios servidores da Câmara não têm uma lei regendo a carreira. Muitos deles lotados há muitos anos por força de uma mera Resolução. 

E mais, todos os servidores municipais, incluindo aí áreas importantíssimas e estratégicas como a educação e a saúde, sobrevivem com salários baixíssimos, que não ultrapassam os mil reais. 

E enquanto isso, um grupo de parlamentares, que ainda não entendeu os reai…

Vereadores se reúnem para aumentar salários. Comunidade se mobiliza contra o reajuste

Os nove vereadores do município de Campos Belos, cidade do nordeste de Goiás, a cerca de 400 km de Brasília, estão neste momento reunidos para tomar uma decisão importante: aumentar os próprios salários em mais de 60%. 

Além de aumentarem os próprios salários, eles também desejam reajustar os valores pagos ao prefeito, para quase R$ 14 mil, vice-prefeito e secretários municipais. 

Entretanto, a comunidade não está deixando barato a intenção dos nobres vereadores e tem se mobilizado contra, inclusive usando ferramentas modernas das mídias socias: facebook, blogs, twiter...

Os moradores acham muito pagar R$ 6 mil por mês a um vereador da cidade.

"Gente, é muito dinheiro!  pelo que eu entendi, no primeiro ano, vão ganhar  R$ 6 mil e até o final do mandato vai chegar a  R$ 12 mil. É um prejuizo enorme para nosso município.

Enquanto os funcionários da saúde tem um mísero salário de R$ 622 e o da educação, nem se fala, esses coitados ainda recorre à Câmara para pedir apoio,como eu já …

Vereador Brasilino diz que não assinou projeto de aumento de salários

O Vereador da cidade de Campos Belos, Brasilino Jose da Silva, afirma que foi contra o projeto que está tramintando naquela Casa e que visa aumentar em mais de 60% os salários de vereadores, prefeito e vice e secretários municipais. 

Brasília escreveu o comentário neste Blog: 

"Vale ressaltar que a câmara é composta por nove vereadores e que nem todos assinaram esse projeto. Eu fui  um deles, por não concordar com o percentual.

Como vereador,  procurei sempre observar os princípios constitucionais que norteiam a administração pública, a saber a moralidade, publicidade, economicidade, impessoalidade...

Prova é que não assinei tal projeto. Quem quiser verificar, in loco,  tem toda liberdade. Portanto não devemos generalizar as críticas, mas sim fazê-las com conhecimento de causa."

O vereador também respondeu aos reclames dos servidores da Câmara de Vereadores, que até hoje não estão cobertos por uma lei. 

A categoria não tem uma uma carreira e são agentes públicos tão somente …