Postagens

Mostrando postagens de Março 25, 2012

Voz do Brasil: mais uma vez colaboramos com o programa - ouça

Imagem

Comissão de Direitos Humanos diz em Campos Belos que há ausência total do Estado na região

Imagem
A precariedade do sistema de segurança pública em Campos Belos e nas demais comarcas do Nordeste goiano e a “ausência total” do poder público na região foram os principais pontos do diagnóstico feito pela comissão especial do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) que visitou a cidade na última terça-feira. 
A constatação foi feita pelo vice-presidente do Conselho, Percílio de Sousa Lima Neto, que integrou o grupo que participou de audiência pública na comarca, com a participação das autoridades locais, dos segmentos sociais organizados e da população em geral. 
“O sentimento de abandono revelado pela população acaba por gerar uma descrença nas instituições”, avaliou.
A visita do CDDPH à região foi motivada pelo atentado sofrido pelo promotor de Justiça Douglas Roberto Chegury, titular da Promotoria de São Domingos e que também presta auxílio à Promotoria de Campos Belos. 
O integrante do Ministério Público de Goiás sobreviveu a uma emboscada na última quinta-feira (22/3…

Ministra Maria do Rosário deverá discutir situação com Marconi Perillo

Imagem
A partir das informações coletadas no encontro, adiantou o vice-presidente do CDDPH, a intenção é estimular uma ação conjunta do governo federal e o Estado de Goiás na busca do enfrentamento a esses problemas, sobretudo no reforço de políticas públicas para atender o Nordeste goiano.
Percílio vai entregar nos próximos dias o relatório da visita à ministra Maria do Rosário Nunes, titular da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, órgão ao qual o CDDPH é vinculado.
No documento, ele pretende sugerir um encontro entre a ministra e o governador Marconi Perillo para tratar das questões relativas aos direitos humanos na região.
Titular da Promotoria de Campos Belos e um dos incentivadores da visita da comissão do CDDPH, André Luís Ribeiro Duarte considerou bastante positivo o encontro do grupo com a comunidade, sobretudo por representar um reforço nas reivindicações por maior atenção ao Nordeste do Estado.
(Texto: Ana Cristina Arruda/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO…

Autoridades e comunidade participaram de audiência contra a violência

Imagem
A audiência pública no auditório do júri, no Fórum de Campos Belos, mobilizou cerca de 50 pessoas de vários segmentos sociais, além de autoridades, como o juiz Paulo Afonso de Amorim Filho; o delegado Tiago Martiniano; o prefeito Neudivaldo Xavier de Oliveira Sardinha; o representante da OAB local, Antônio Marcos Ferreira; vereadores, entre outros.
Do Minitério Público, também participou do encontro o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Denis Augusto Bimbati Marques, que está participando das investigações sobre a tentativa de assassinato de Douglas Chegury. 

(Texto: Ana Cristina Arruda/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Fotos: Promotoria de Campos Belos)

Padre, prefeitos e vereadores foram assassinados na região da Chapada dos Veadeiros

Imagem
Segundo informa o promotor de Justiça André Luís Ribeiro Duarte, titular em Campos Belos, nesta reunião de hoje com a Comissão de Direitos Humanos da Presidência da República serão relatados os vários casos de ofensas a direitos humanos ocorridos no Nordeste goiano nos últimos anos.
Exemplos são os assassinatos de dois prefeitos,  de Alto Paraíso de Goiás (em 2010) e de Monte Alegre de Goiás (1999), de um vereador em Campos Belos e do padre Rubens Gonçalves, da mesma cidade, crime ocorrido em 2010.
Outro problema que será apresentado à comissão é o dos assaltos a bancos que vêm atemorizando a região, em ações que têm sido denominadas de novo cangaço, por deixarem as cidades reféns das quadrilhas.
A ideia é mostrar aos integrantes da comissão a precariedade da segurança pública no Nordeste de Goiás, em busca de apoio nas demandas relacionadas a este assunto, salientou o promotor.

Assassinaram o padre da cidade 
O pároco da cidade foi brutalmente assassinado, por um homem armado de pistola e…

Comissão de Direitos Humanos chega a Campos Belos

Imagem
Uma comissão especial do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) estará nesta terça-feira (27/3) em Campos Belos, cumprindo uma agenda de trabalho relacionada ao acompanhamento das investigações sobre o atentado sofrido pelo promotor de Justiça Douglas Roberto Chegury, titular da Promotoria de São Domingos e que também presta auxílio à Promotoria de Campos Belos.
O promotor sobreviveu a uma emboscada na última quinta-feira (22/3), quando foi atacado por um pistoleiro numa estrada vicinal que liga São Domingos a Campos Belos.
O CDDPH é vinculado à Secretaria Especial de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República.
A comissão especial é composta pelo advogado Percílio de Sousa Lima Neto, vice-presidente do Conselho; pela representante da Ouvidoria Nacional da SDH, Carol Fernandes Camelo; pela procuradora de Justiça de Goiás Ivana Farina Navarrete Pena, que é membro do CDDPH, e pela assessora do Conselho Sindia Cristina de Carvalho Sousa.
Eles participarão, às 10 hora…

Procurador-Geral diz que região é esquecida

Imagem
Na conversa com os jornalistas, o procurador-geral do estado de Goiás, Benedito Torres, que esteve em campos Belos na sexta-feira, 23,   lembrou que, por muitos anos, o Nordeste goiano tem sido uma região “esquecida”, onde a demanda pela presença do poder público é crescente.
Com a chegada dos promotores empossados no ano passado, incluindo Douglas Chegury, a preocupação do MP com as comarcas ali instaladas começou a tomar a forma de um projeto especial de atuação, cuja implantação teve início há cerca de um mês.
Neste sentido, ações em várias frentes de atuação deverão ser intensificadas, visando suprir as principais carências apresentadas pela população.

Investigações do atentado no nordeste goiano

Imagem
O grupo especial do Ministério Público de Goiás, que atuará por um prazo pré-definido, vai se somar a uma outra força-tarefa que já está em ação no Nordeste goiano, composta por integrantes do MP e das Polícias Civil e Militar.
Este grupo, que conta com promotores e agentes do Centro de Segurança Institucional e Inteligência (CSI) e do Grupo de Atuação Especial de Combate a Organizações Criminosas (Gaeco), está encarregada da apuração sobre o atentado.
Na entrevista coletiva concedida na sexta-feira, 23 , logo após retornar de Campos Belos, onde esteve durante toda a manhã, o procurador-geral de Justiça informou que as investigações sobre o atentado já avançaram, mas não adiantou detalhes sobre o que foi apurado, para não prejudicar o trabalho.
Ele relatou, contudo, que o depoimento do promotor foi colhido, bem como de algumas testemunhas, além de ter sido realizada a reconstituição do crime.
O veículo que Douglas Chegury dirigia quando sofreu a emboscada foi encaminhado para perícia na P…

Atentado contra promotor de São Domingos repercute em todo o país

Imagem
O atentado contra o promotor teve repercussão em todo o País, com ampla cobertura da imprensa nacional.


As manifestações também foram intensas nas redes sociais, com mensagens de apoio tanto ao promotor quanto ao MP goiano.


No início da noite, o procurador-geral de Justiça recebeu um telefonema do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que colocou o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) à disposição para colaborar no caso.


Além da manifestação do procurador-geral da República, o MP de Goiás recebeu a solidariedade e o apoio de diversas instituições, incluindo o governo do Estado.


O governador Marconi Perillo colocou à disposição das investigações delegados, policiais militares e civis, veículos e helicópteros, visando contribuir tanto com as buscas ao promotor – que esteve desaparecido por cerca de nove horas – como pelo autor do atentado.


Por meio da sua assessoria de imprensa, o governador também manifestou sua posição sobre o ocorrido, informando que considerou o ataque…

"Roger e Leo" lança CD no dia 14 de abril. Caravana sairá de Campos Belos para ver o show

Imagem
A dupla sertaneja ROGER E LEO lança, no próximo dia 14 de abril, o mais novo CD dos cantores.
O show de lançamento vai ocorrer na casa Dom Quichopp, em Águas Claras, Distrito Federal. 
Duplas e cantores terão participação especial no show, como Fred & Anry, Marcos & Gustavo, Willyam Pierro, Léo & Bruno e Trio Bailão de Minas.
O destaque do CD é a música “Livre para Voar”, com a participação de Maida e Marcelo. A dupla já vem trabalhando a trilha junto a rádios e emissoras de TV e promete que vai "pegar". 
Roger, um dos cantores da dupla, é natural de Campos Belos e manda um "recadinho" para os conterrâneos da cidade. “Venha a Brasília participar deste momento muito especial da dupla. A festa vai ser boa demais”, avisa Roger.
Uma caravana da cidade já está prevista para vir ao Dom Quichopp no dia do show da dupla.


Então, anote em sua agenda, dia 14 de abril, a partir das 22h.

Vá com Deus João Mineiro

Imagem
Esta semana foi dura para nós, educados nos anos 80. Perdemos o nosso grande Chico Anísio, o "véi de Maranguape". Hoje mais uma perda, aos 76 anos, João Mineiro, da saudosa dupla sertaneja João Mineiro e Marciano.

Se você curtiu a dupla, relembre "Viola está chorando", na tela abaixo. No canal Youtube há uma página exclusiva da dupla.




Greve dos professores: justiça cobra explicações

Imagem
O Governo do estado de Goiás tem 72 horas para se manifestar à justiça sobre as leis estaduais que achataram ilegalmente a carreira dos educadores da rede estadual, quando incorporaram as gratificações de titularidade ao vencimento dos trabalhadores.
A decisão foi proferida na sexta-feira passada, 23, pela justiça, que somente depois de ouvir o estado, decidirá sobre a ação civil pública representada pelo Sintego (Sindicato da Categoria).
Enquanto isso, a greve continua.  Uma das reivindicações da categoria é a volta da titularidade, uma gratificação para especialistas, mestres e doutores, que segundo os professores, foi retirada pelo governo. A greve já dura mais 40 dias.