Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 5, 2012

Professores estaduais em atitividade querem aderir à greve, mas temem represálias em Goiás

Imagem

Emplacamos mais uma matéria na "Voz do Brasil"

Imagem
Emplacamos mais uma matéria na "Voz do Brasil". O programa noticioso da Justiça Federal é veiculado em todo território nacional, diariamente, às 19h. Ouça...

Servidores de Goiás terão 10% de aumento

O Go­verno de Goiás anun­ciou hoje, au­mento li­near de cerca de 10% para 82.350 efe­tivos, ativos e ina­tivos.

De acordo com o se­cre­tário de Gestão e Pla­ne­ja­mento, Giu­seppe Vecci (foto), a folha de pa­ga­mento de fe­ve­reiro já terá re­a­juste de 1,68%, por­cen­tual re­fe­rente a re­síduo do ano pas­sado.

Além do re­a­juste li­near, o Go­verno também prevê au­mento di­fe­ren­ciado para os ser­vi­dores por mé­rito.

O au­mento sa­la­rial vai re­pre­sentar um acrés­cimo de quase R$ 600 mi­lhões na folha de pes­soal este ano, além dos ou­tros R$ 330 mi­lhões já con­ta­bi­li­zados em re­lação ao au­mento do piso sa­la­rial dos pro­fes­sores.


Fonte: Goiás Já

Polícia Civil de Goiás quer aumento

Imagem
Os agentes da Polícia Civil em Goiás apresentam hoje proposta de reajuste salarial, defasado há sete anos, de acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais do Estado, Silveira Alves.


O piso mínimo exigido pela categoria é R$5.686 mil contra os atuais R$ 2.711 mil, mas o reajuste ideal seria de 42%. “Não existe risco de greve, mas ela não é descartada”, disse.

Já o presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, capitão Elias Tosta, descarta o risco de paralisação. “Há um diálogo para recompor a data-base”, afirmou.

Acidente Gol: Tribunal Militar mantém condenação de controlador

Imagem
Por Dinomar Miranda


Brasília, 8 de fevereiro de 2012– O Superior Tribunal Militar (STM) manteve a condenação,  nesta terça-feira, de um dos cinco controladores de voo acusados pelo Ministério Público Militar (MPM) de envolvimento no acidente aéreo com um Boeing da Gol e um jato Legacy que matou 154 pessoas, em setembro de 2006.


Em 2010, o terceiro sargento Jomarcelo Fernandes dos Santos foi condenado, na primeira instância da Justiça Militar, a um ano e dois meses de prisão por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).


Segundo a acusação, em 26 de setembro de 2006, o militar agiu com imperícia durante a execução de sua tarefa na função de controlador de voo, ao não tomar as medidas necessárias para evitar a colisão entre as duas aeronaves.


Para o Ministério Público Militar, o sargento não atentou para o desaparecimento do sinal dotransponderdo jato Legacy; não orientou o piloto quanto à mudança de frequência, impedindo as comunicações; não deu importância à altimetria das aeron…

Defensoria Pública Federal começa atendimento em Campos Belos

Imagem
O município goiano de Campos Belos recebe, desde ontem e vai  o dia 10 de fevereiro, a visita de Defensores Públicos Federais do projeto "DPU Itinerante".

A população de Monte Alegre de Goiás também será abrangida pela iniciativa.

Nesse período, a assistência jurídica integral e gratuita estará voltada a ações previdenciárias, como aposentadorias por idade ou invalidez rural e urbana, auxílio-acidente, auxílio-doença, pensões, salário maternidade, benefício assistencial, além de outros benefícios que podem ser requeridos junto ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).


Os atendimentos serão feitos pelos Defensores Públicos Federais Alessandro Tertuliano da Costa Pinto, Michelle Leite de Souza Santos, Guilherme Augusto Junqueira e Nara de Souza Rivitti, além da servidora Natália Angélica Chaves Cardoso e do médico Paulo Turki, deslocado do Rio Grande do Sul para realizar as perícias.

Greve de professores atinge 8% das escolas estaduais em Goiás

Imagem
Pelo menos 8% das escolas estaduais goianas aderiram à greve dos professores, ontem, segunda-feira.


O dado sobre o primeiro dia da paralisação foi divulgado pela Secretaria Estadual de Educação.


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Goiás(Sintego) anunciou que 70% das escolas de Goiânia aderiram ao movimento.


Mas o próprio Sintego admite que computa os colégios onde apenas alguns professores não compareceram ao trabalho.


A greve, anunciada na última quinta-feira, foi considerada ilegal pela justiça ainda na sexta-feira, mas alguns professores resolveram cruzar os braços mesmo assim.


A categoria pede a volta da gratificação para quem títulos, como o mestrado, o respeito ao plano de cargos e salários carreira do magistrado e do administrativo, condições adequadas de trabalho e também a realização de concurso público.


Com o impasse entre sindicato e governo, alunos foram pra escola sem saber se tinham ou não aulas.


No colégio Lyceu de Goiânia, a paralisação foi parcial.


As atividades para…

Greve de professores em Goiás é ilegal, decreta juiz

Imagem
Foi decretada na tarde de sábado (4) a ilegalidade da greve dos professores da rede estadual, prevista para começar  hoje, segunda-feira (6).


A decisão é do juiz Fábio Cristovão, que considerou a greve abusiva. Segundo o procurador do estado, o descumprimento da sentença prevê multa diária de RS 30 mil.


A TV Anhanguera conversou com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), que disse que vai recorrer da sentença. Segundo o Sintego, a greve está mantida.


Com informações do G1.

Professores decidem entrar em greve por tempo indeterminado em Goiás

Imagem
Os professores e servidores administrativos da rede estadual de ensino decidiram cruzar os braços a partir de hoje segunda-feira (6).


De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Goiás(Sintego), a greve será por tempo indeterminado.


A categoria optou pela paralisação durante a assembleia realizada na última quinta-feira (2), no Jóquei Clube.


Os professores protestam contra o novo Plano de Cargos e Salários definido pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc).


Eles reclamam principalmente da incorporação da gratificação por titularidade ao piso salarial.


Os servidores querem reajuste de 30% para os profissionais que trabalham 30 horas por semana.


Segundo o Sintego, os administrativos com carga horária reduzida são maioria na rede e atualmente recebem menos de um salário mínimo.


"Queremos o retorno da gratificação por titularidade e concurso público para a área administrativa", diz a presidente do Sintego Iêda Leal.



Leitor posta jurisprudência da justiça que autoriza distribuição de "balinhas" antes da campanha eleitoral

Distribuir balinhas antes da campanha eleitoral pode. 


Assim quis afirmar leitor do blog ao inserir jurisprudência da justiça (Sepúlveda Pertence). 


Pelo raciocínio dele, estaria autorizada a distribuição de "balinhas" por pré-candidato antes do período eleitoral oficial. 


Veja...


"A suposta realização de propaganda eleitoral antecipada "(...) há de aferir-se segundo critérios objetivos e não conforme a intenção oculta de quem a promova" (REspe n° 19. 752/MG, Rel. Min. Sepúlveda Pertence, DJ de 28.10.2005).


...não denota a propaganda eleitoral extemporânea se na própria mensagem não se reúnem elementos caracterizadores do apelo explícito ou implícito ao eleitor, de modo a associá-la à eventual candidatura. 


Precedentes: AgRg no Ag n° 5. 030/SP, Rel. Min. Caputo Bastos, DJ de 25.2.2005; Ag n° 1.2051MG, Rel. Mm. Eduardo Ribeiro, DJ de 24.3.2000; Consulta n°7041DF,
Rel. Mm. Fernando Neves, DJ de 21.6.2002. Divergência jurisprudencial configurada."

Sete homens, fortemente armados, assaltam banco em São Domingos

Imagem
Sete homens, fortemente armados, assaltaram na manhã da última quinta-feira uma agência do Banco do Brasil, na cidade de São Domingos, Nordeste de Goiás.
As informações foram publicadas em primeira mão pelo Jornal Tribuna News.
Segundo o delegado Jadiel Albert Ribeiro, os assaltantes fugiram em uma caminhonete. 
Seis pessoas foram feitas reféns, inclusive dois policiais e o gerente da agência. Eles foram liberados na BR-020, juntos com o veículo.
Policiais do grupo antiassalto a bancos de Goiânia foram à cidade para iniciar as investigações.
A polícia não soube  informar a quantidade de dinheiro levada pelos assaltantes.
Antes de fugir, os bandidos teriam entregue ao gerente uma bala de revolver, em referência à fragilidade da segurança do estabelecimento.
Os suspeitos estavam encapuzados e usavam coletes a prova de balas e estavam fortemente armados.
As polícias dos estados da Bahia e do Tocantins também procuram pistas dos criminosos. 

Fontes oficiais não confirmam detenção de pré-candidato

Após receber a informação da detenção de um pré-candidato a prefeito de Campos Belos, procuramos as fontes oficiais (promotoria e delegacia) para confirmar o episódio.

Os e-mails enviados àqueles órgãos, mesmo após três dias, não foram respondidos.

Recebi dezenas de mensagens confirmando a informação, mas devido à não confirmação de fonte oficial, não citaremos o nome do pré-candidato.

Mas continuaremos acompanhando o caso.

Peço aos nossos leitores e colaboradores que continuem nos mandando informações.

Solicito apenas que os comentários sejam assinados e, na medida do possível, que evitem usar palavras ofensivas ou acusações sem provas.

Veracidade e não anonimato são duas características fundamentais do bom e comprometido jornalismo.

Os comentários passam pela minha avaliação. Os que tiveram palavras de baixo calão ou forem ofensivos não serão publicados.

A todos, um ótimo domingo.