Prefeito Sardinha manda à Câmara Projeto de eleições diretas para diretores de escolas. Alguns vereadores são contra




O prefeito de  Campos Belos, Neudivaldo Xavier Sardinha, dias antes das  eleições, enviou à Câmara Municipal de Vereadores, em 1º de outubro,  o Projeto de Lei 028/2012.

O Projeto de Lei trata de estabelecer critérios para o processo de eleição direta para diretores de escolas públicas municipais.

A intenção do prefeito é atender a um antigo pleito da comunidade, principalmente a escolar, à de promover a cultura da democracia desde o berço, ou seja, desde a vida escolar dos alunos. 

E de quebra acabar com a detestável cultura do apadrinhamento, em que o prefeito escolhe, a seu bel prazer, os  gestores de tão importantes instituições da sociedade.

Pelo projeto, ficará instituída eleições diretas para diretoras de escolas e creches municipais. 

Poderão participar das eleições, professores que tenham pelo menos dois anos de comprovada experiência administrativa, regência de classe, formação pedagógica e que pertença ao quadro efetivo municipal.

O mandato será de dois anos, com a possibilidade de uma reeleição por igual período.

O Projeto Lei está  hoje em uma comissão especial da Casa, para receber pareceres técnicos. 

A previsão é de que seja votado no próximo mês de dezembro, em dois turnos. O Sindicato dos professores municipais (Sindibelo), educadores, alunos e a comunidade apoiam e desejam a mudança.

Resta convencer alguns vereadores que não querem votar pela aprovação. 

O motivo para tão descabido e retrógrado posicionamento, sinceramente, não encontra explicação.

É momento de a comunidade se unir,  fazer corpo a corpo junto  aos vereadores e ir às sessões de votação cobrar, ininterruptamente, de cada parlamentar, a aprovação.  

É hora de fazer pressão para fazer valer a vontade popular.