Posse (GO) também denuncia a péssima qualidade do "novo asfalto"

"Aqui em Posse a situação do recapeamento não esta diferente de Campos Belos...

...o que era para ser um alivio para população, tende a ser mais um transtorno para a comunidade esquecida do Nordeste Goiano. Esse é o carinho demonstrado pelo vice-governador e pelo governador para esta região."

Esta foi uma das reclamações que recebemos de Posse (GO), terra do vice-governador de Goiás, José Eliton de Figuerêdo Júnior. 

A cidade também recebeu obras de recapeamento de suas vias há pouco tempo e, pelo visto, a péssima  qualidade das obras já é uma marca registrada da empresa contratada. 

Se o governo estadual não tomar as providências, também será uma marca dele. 

E quando terminadas as obras, muitos dirão que milhares de metros de asfalto foram feitos no nordeste goiano, propagandeando ao vento.  

O Ministério Público de Goiás tem a obrigação de averiguar a situação. 

Poucos perguntarão se foram feitos com qualidade ou não.  

Ontem, publicamos  que é de qualidade duvidosa a obra do recapeamento asfáltico promovida pelo governo de Goiás em Campos Belos. 

As denúncias da má qualidade do "novo asfalto" são variadas, nos chega com constância e têm nos preocupado. 

A principal reclamação dos contribuintes é de que é finíssima a camada do produto aplicado às vias, a ponto de já está se desmanchando com as pouquíssimas chuvas que caíram há pouco tempo. 


Uma outra denúncia é de que a empreiteira responsável pela obra não está tendo o cuidado devido com o asfaltamento. Ou seja, está se fazendo de qualquer jeito, sem acabamento, retoques, com buracos, sem uma preparação do piso.  

E por último é que há vias, como a rua Mariano Barbosa Júnior, centro da cidade,  que estão sendo pavimentadas apenas de um lado! E assim permanecem.