Eleição direta isoladamente não resolve

Caro Dinomar, entendo sua indignação. Também creio profundamente em democracia e transparência na administração pública. 

Porém, faço algumas observações: 

1.) a eleição direta de diretores de escolas, isoladamente, não trouxe melhorias significativas na qualidade do ensino. Creio que eleição direta aliada a um conselho comunitário de pais e mestres geraria bons resultados; 

2.) a ideia do chefe do executivo é otima, mas inoportuno é o momento: às vésperas de uma reeleição, na qual ele era candidato, e em final de mandato. 

Soa eleitoreiro, ou não? 

Sinceramente espero que o próximo prefeito apresente o projeto, junto com outras medidas que objetivem de fato a melhoria da educação. Nossos pequenos conterrâneos merecem!


Abraços,
Gilmar