sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Eleição direta isoladamente não resolve

Caro Dinomar, entendo sua indignação. Também creio profundamente em democracia e transparência na administração pública. 

Porém, faço algumas observações: 

1.) a eleição direta de diretores de escolas, isoladamente, não trouxe melhorias significativas na qualidade do ensino. Creio que eleição direta aliada a um conselho comunitário de pais e mestres geraria bons resultados; 

2.) a ideia do chefe do executivo é otima, mas inoportuno é o momento: às vésperas de uma reeleição, na qual ele era candidato, e em final de mandato. 

Soa eleitoreiro, ou não? 

Sinceramente espero que o próximo prefeito apresente o projeto, junto com outras medidas que objetivem de fato a melhoria da educação. Nossos pequenos conterrâneos merecem!


Abraços,
Gilmar

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Vereadores dão um tiro no pé




A Câmara Municipal traiu a comunidade. 

Depois de muito pensar e muito rejeitar  o verbo “trair”, por achar muito forte,  esta, no entanto,  foi a única frase que encontrei e que fosse capaz de resumir a ação da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Campos Belos.

De acordo com a educadora da cidade e uma das mais ferrenhas defensoras da educação municipal, Maria Aparecida de Oliveira, que também é vice-presidente do Sindicatos dos Professores, a Casa Legislativa retirou da pauta o Projeto de Lei nº 028/2012. 

Projeto de Lei estabelece critérios para o processo de Eleição de Diretores dos Estabelecimentos de ensino da rede municipal. 

Ainda de acordo com a professora, a decisão foi tomada com base em um parecer jurídico do Advogado Eduardo José Dias.

Meus amigos, estou aqui imaginando quais os argumentos jurídicos usados pelo nobre advogado para embasar a decisão.  Seria o projeto  ilegal, ou seja, não há previsão em lei alguma? Não seria ético? Seria inconstitucional? Iria de encontro aos preceitos da administração pública?

Sinceramente, não consigo imaginar argumentos jurídicos para negar a aprovação de uma lei tão importante para o município. 

Ao arquivar o projeto, os vereadores deram um tiro no pé. Tomaram uma decisão totalmente fora de sintonia com os anseios sociais, não apenas do município, mas da sociedade brasileira em geral, que cada vez mais exige  transparência e ética na organização da coisa pública. 

Exige mais justiça social e menos corrupção, seja ela financeira ou moral.

Os vereadores de Campos Belos, aqueles que apoiaram tão descabida decisão, são alienados. 

Não conseguem ver um palma diante do nariz. Não conseguem imaginar o quão negativa, inapropriada, antidemocrática, impopular e injustificável foi a decisão de arquivar, às escondidas do povo, o projeto de lei que define eleições diretas para diretores de escolas públicas e creches municipais.

Colocamos nosso blog à disposição dos nobres vereadores para que justifiquem. Quem sabe eles tenham um argumento, uma justificativa qualquer, que, por miopia ou distância física nossa, não conseguimos visualizar.

Projeto é bem intencionado

O Projeto trata de estabelecer critérios para o processo de eleição direta para diretores de escolas públicas municipais.

O documento foi enviado pelo prefeito de  Campos Belos, Neudivaldo Xavier Sardinha, dias antes das  eleições, para apreciação do Poder Legislativo.
A intenção do prefeito é atender a um antigo pleito da comunidade, principalmente a escolar, à de promover a cultura da democracia desde o berço, ou seja, desde a vida escolar dos alunos. 

E de quebra acabar com a detestável cultura do apadrinhamento, em que o prefeito escolhe, a seu bel prazer, os  gestores de tão importantes instituições da sociedade.

Pelo projeto, ficará instituída eleições diretas para diretoras de escolas e creches municipais. 

Poderão participar das eleições, professores que tenham pelo menos dois anos de comprovada experiência administrativa, regência de classe, formação pedagógica e que pertença ao quadro efetivo municipal.

O mandato será de dois anos, com a possibilidade de uma reeleição por igual período.

O Sindicato dos professores municipais (Sindibelo), educadores, alunos e a comunidade apoiam e desejam a mudança.

Eleição direta: Iniciativa popular pode ser a solução




Bom dia Dinomar, 

Estou aqui no meu trabalho lendo as notícias e isso inclui sempre, todos os dias, a verificação do seu blog na busca de notícias de Campos Belos. Para matar um pouco a saudade. 

Fiquei muito chateado com essa noticia da retirada de pauta do projeto de lei sobre a eleição das escolas. Mas nem tudo está perdido.

Felizmente vivemos em dias de muita informação. Assim que li sua notícia lembrei-me de um dos mais fantásticos instrumentos da democracia. A Iniciativa Popular.


Os cidadãos de Campos Belos, eu também, têm que estar a par de seus direitos. Segundo o art. 10 da LOM (Lei de Organização Municipal) de Campos Belos, um projeto de lei popular precisa de apenas 5% de assinaturas dos eleitores para ser apresentado na câmara. 

Isso em Campos Belos são apenas 740 assinaturas.


Aposto que pais, avos, professores, alunos e a população sempre apoiaria projetos bem intencionados. A população de Campos Belos já se mostrou politizada nas redes sociais e hoje pode vigiar seus governantes.

Porque não mobilizarmos para criar um portal de transparência dos gastos municipais? Ou uma lei que obrigue farmácias e hospitais a terem plantão 24h ou sobre os animais nas ruas. 

Enfim, caso esse projeto seja obstaculizado, podemos reapresentá-lo com muito mais forca através do próprio povo.

Porém, acredito que essa seja uma manobra para deixar para o próximo pleito a tarefa de tirar do poder muitos comparsas que faz anos governam nossas escolas.

Incentive o povo a ler nossa LOM, ela está disponível no site da câmara.

O povo precisa conhecer seus direitos e em tempos de facebook, blogs e demais ferramentas, nunca foi tão fácil se organizar. 

Como filho de Campos Belos, apaixonado por minha terra e advogado me coloco a disposição para usar minha OAB no que a cidade precisar.

L. Eduardo C. Lucas

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Belisquem-me, por favor. Estou pasmo!




Amigos, acabei de receber... estou pasmo!!


"Sonho ameaçado!!!
Os educadores municipais de Campos Belos-GO, através do SINDIBELO sempre lutaram por uma educação democrática. E o início de tudo isso é a Eleição de Diretores nas Escolas Municipais.

No mês de novembro, o Poder Executivo enviou para a Câmara Municipal o projeto de Lei nº 028/2012 que estabelece critérios para o processo de Eleição de Diretores dos Estabelecimentos de ensino da rede municipal.

Foi uma euforia total.  Os educadores acreditaram que, agora sim, a democracia iria mesmo acontecer. 
Mas caímos na real.  Pois os Senhores Vereadores, desde o dia em que o projeto chegou à Câmara, onde se encontravam todos os servidores da Educação, o SINDIBELO e Comunidade, deixaram transparecer a insatisfação, mas o projeto continuou em tramitação.

Para nossa grande revolta, no dia 26/11/2012 deparamo-nos com o Parecer do "Assessor Jurídico"  da Câmara, o senhor Eduardo José Dias, que a pedido da mesa diretora da Câmara solicitou a retirada do Projeto. 
Sendo assim, o Projeto não entrará em votação no dia 03/12/2012 como esperava toda a Comunidade de Campos Belos.
E agora senhores vereadores? somos educadores e o nosso sonho continua. Não vamos mais aceitar diretores nomeados como temos agora,  muitos deles há 12 anos e que irão continuar por mais 4 e quem sabe 8 anos.
Queremos eleições para diretores, para sermos respeitados e termos o direito de escolher os nossos gestores!"

Maria Aparecida de Oliveira Silva-Educadora e Vice Presidente do SINDIBELO

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Vereador eleito diz que reapresentará Lei da "Ficha Limpa Municipal"



"Caso a Lei da Ficha Limpa não seja aprovada pelos atuais vereadores, como vereador eleito pela cidade de Campos Belos,irei colocar o Projeto da Lei da Ficha Limpa Municipal em 02/02/2013, para aprovação do texto".

Atenciosamente,
Márcio Valente
Vereador

Agora uma pergunta nossa que não quer calar. Quando será mesmo a votação desses projetos importantes que estamos colocando em pauta?  A secretaria da Câmara pode responder? 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Campos Belos pode virar exemplo com "Lei da Ficha Limpa Municipal"








O prefeito de Campos Belos, Neudivaldo Sardinha, enviou à Câmara de Vereadores o projeto de lei 029/2012, de 1º de outubro. 

O projeto objetiva instituir a "Ficha Limpa Municipal"  na nomeação de servidores a cargo comissionados  para a administração direta (Prefeitura e Câmara de Vereadores)  e também na administração indireta  (autarquias, empresas públicas e de economias mistas e fundações públicas).

Os servidores municipais ingressos por  concurso público não serão regidos pela futura lei, por serem amparados em outro estatuto.

Segundo o texto do projeto, não será nomeado para qualquer cargo em comissão no âmbito da administração  direta, autárquicas, empresas públicas e de economias mistas e fundações públicas do poder executivo, nem poderá permanecer em seu exercício quem tenha sido responsabilizado ou condenado pela prática de infração penal, civil ou administrativa, inclusive aquelas descritas na legislação eleitoral que configura situação de inelegibilidade.

Para assumir o cargo ou mesmo quem estiver empossado, fica obrigado a apresentar declaração do "nada consta" das diversas justiças.

Os atuais ocupantes dos cargos de chefia, direção e assessoramento terão prazo de 60 dias para fazer as declarações.

O projeto de lei foi enviado à Câmara  Municipal para apreciação da Casa antes das eleições de outubro. 

O texto está em estudo de comissões técnicas e deve ir à votação nos próximos dias, se o Legislativo não resolver engavetar.

Se o texto virar mesmo lei, a cidade de Campos Belos passa a se tornar exemplo na implantação da "Lei de Ficha Limpa Municipal" para as outras cidades da região.

Com a nova lei, além do prefeito e vereadores que obrigatoriamente têm que ser "Ficha Limpa" por força de lei federal e da legislação eleitoral, os demais integrantes da administração pública, como os secretários, também terão que “estar de bem” com a sua vida pregressa.

É um passo muito importante para  o município. Basta agora a comunidade comprar a briga e fazer pressão para que a Casa Legislativa aprove o texto do projeto de lei.

Ficha Limpa em Campos Belos


Prezado Dinomar,

Parabéns pelas matérias. Só quero lembrar que os DOIS projetos que estão em discussão e para serem votados foi uma solicitação feita pelo Ministéiro Público, através do atual Promotor de Justiça, Dr. André. 

Gostaria muito que vc (Dinomar)publicasse alguma matéira tb sobre o PROJETO DE LEI DA FICHA LIMPA, é importantissimo para a EVOLUÇÃO DA DEMOCRACIA da nossa cidade, podemos ser exemplo para outras cidades. 

Acho que NÃO INTERESSA quem enviou o projeto...o importante agora é a APROVAÇÃO DELES. Ah...quero fazer um pedido PUBLIQUE também quem votará a favor ou contra no Projeto de Lei da FICHA LIMPA. 

Abraços! 

Arraias-Campos Belos: internautas reclamam de rodovia


"Quem de vocês passou por essa rodovia ae esses dias?!  É a que liga Arraias á Campos Belos. Bem ao lado do Posto Fiscal a situação ali está feia, o buraco está enorme, com grandes chances de acidentes, infelizmente.! Algo preciso ser feito e tem que ser já. Ou só irão tampar isso aí, depois que algo pior acontecer. Consciência". 


"4/11/2012 com as chuvas constante está praticamente impossível passar por este local!!!!!"



"Essa foto é do dia 23/11... mais irei atualizá-la novamente. O povo precisa ver isso."


se fosse so este buraco se dava um jeito. mais a GO-118 esta assim desse espaço ai ate Teresina."

domingo, 25 de novembro de 2012

Vamos divulgar os nomes dos vereadores que votarem contra e a favor de projeto de lei



Agora no início de dezembro, a Câmara de Vereadores de Campos Belos deve votar o Projeto de Lei 028/2012. 

O Projeto trata de estabelecer critérios para o processo de eleição direta para diretores de escolas públicas municipais.

O documento foi enviado pelo prefeito de  Campos Belos, Neudivaldo Xavier Sardinha, dias antes das  eleições, para apreciação do Poder Legislativo. 

A intenção do prefeito é atender a um antigo pleito da comunidade, principalmente a escolar, à de promover a cultura da democracia desde o berço, ou seja, desde a vida escolar dos alunos. 

E de quebra acabar com a detestável cultura do apadrinhamento, em que o prefeito escolhe, a seu bel prazer, os  gestores de tão importantes instituições da sociedade.

Pelo projeto, ficará instituída eleições diretas para diretoras de escolas e creches municipais. 

Poderão participar das eleições, professores que tenham pelo menos dois anos de comprovada experiência administrativa, regência de classe, formação pedagógica e que pertença ao quadro efetivo municipal.

O mandato será de dois anos, com a possibilidade de uma reeleição por igual período.

O Sindicato dos professores municipais (Sindibelo), educadores, alunos e a comunidade apoiam e desejam a mudança.

Resta convencer alguns vereadores que não querem votar pela aprovação. 

Estamos atentos à tramitação do projeto. Nós iremos divulgar aqui no blog os nomes e os partidos dos parlamentares que se posicionarem a favor e contra o projeto. 

É o momento de cada vereador responder por seus atos políticos. 

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Vigilância interdita hospital de Divinópolis (GO) por, entre outras irregularidades, jogar placenta em latão aberto







A Superintendência de Vigilância de Saúde do estado de Goiás interditou o hospital municipal de Divinópolis Goiás, cidade no nordeste do estado, distante cerca de 350 km de Brasília. 

O hospital foi interditado no dia 30 de outubro e até a data de hoje nem o prefeito e tão pouco os gestores de saúde do município tomaram alguma providência para regularizar a situação.

É desumano e irresponsável o que tem ocorrido naquele hospital. 

São muitas as irregularidades encontradas pelos fiscais e apontadas no relatório técnico nº 023/2012. Dentre elas a de que os resíduos sólidos (lixo) biológicos, como placentas e descartes de cirurgias, são depositadas em um latão, localizado entre o ambulatório e o hospital, sem nenhuma proteção. 

O documento também aponta que o hospital realiza curativos, suturas e medicação injetável no mesmo ambiente, com grande risco de contaminação. 

O relatório informa que o hospital tem uma sala disponível para medicação injetável, mas não está funcionando por falta de mobiliários. 

Na inspeção dos técnicos, foram encontrados dentro da geladeira frascos de vacina de um lote com data vencida. E o mais grave, consta no livro de registro que o medicamento foi usado recentemente. 

A inspeção também identificou que aparelhos importantes, como o Raio X, não estão funcionando. 

Ontem (22), os fiscais elaboraram mais um termo de intimação (nº 003105), determinando que os gestores façam imediatamente as adequações e as correções das irregularidades apontadas. 

O relatório aponta também que há mais de 15 dias as salas de vacinas estão fechadas e que a população está sem a prestação do serviço. 

Os recém-nascidos não estão recebendo as doses, inclusive de vacinas imprescindíveis  como a BCG, que deve ser administrada nas primeiras 12 horas após o parto, bem como a Hepatite B. 

Segundo Artenio Guimarães, Subcoordenador de Vigilância em Saúde para a região nordeste de Goiás, a supervisão nos hospitais da região Nordeste faz-se necessária tendo em vista ser uma área carente e necessitada. 

Ainda de acordo com o  fiscal, o objetivo é levar a cada cidadão o direito garantido na Constituição Federal de 1988, no seu artigo 196, que garante a todo cidadão uma saúde de qualidade.




Governos não se entendem e decisão sobre divisa entre estados é adiada para 13 de dezembro







O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, estabeleceu um novo prazo para que Bahia, Tocantins, Goiás e Piauí busquem entre si os acordos quanto aos limites de suas divisas estaduais, motivo de um conflito secular, judicializado desde os anos 80. 

Uma nova audiência foi marcada para o dia 13 de dezembro. 

A decisão foi tomada no último dia 13, durante audiência conciliatória no STF. 

A Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), que atua na condição de assistente no processo, acompanhou o governador do Estado, Jaques Wagner, e sua equipe ao DF para municiar o Executivo baiano com informações e argumentos. 

De acordo com o vice-presidente da Aiba, Sérgio Pitt, o resultado da reunião de ontem já é um avanço.


“Foi a oportunidade de corrigir erros na condução do processo do processo no passado, quando foi acordado que o limite natural deveria ser o divisor das águas, o que traria mais problemas do que soluções, porque não respeita a evolução da ocupação das áreas. 

Os entendimentos entre Bahia e Tocantins são no sentido de respeitar o histórico de colonização de cada área”, afirmou Sergio Pitt.

Segundo o vice-presidente da Aiba, o  consenso com Goiás será mais complicado, pois aquele estado não concorda com critério. Já o estado de Minas Gerais optou por sair do processo.

No limite Bahia-Tocantins, há trechos que foram colonizados pela Bahia e outros pelo estado vizinho, ficando o critério de evolução da ocupação muito claro. Já no caso de Goiás, a ocupação foi totalmente protagonizada pela Bahia”, avalia Pitt. 

O desafio agora é, em comum acordo com o Tocantins, identificar e mapear estas áreas, e apresentar a proposta definitiva na nova audiência no STF no próximo mês. 

Segundo o advogado da Aiba, Felisberto Cordova, o Piauí deverá aproveitar os próximos dias para definir sua estratégia.

Córdova avalia positivamente a audiência de ontem. “Foi melhor do que a expectativa, dado o quadro em que está a ação, e as balizas que definem um virtual julgamento. 

O ministro Fux mostrou-se diplomático, hábil e negociador”, diz. De acordo com o advogado, facilitou o entendimento o fato de que as partes chegaram desarmadas de espírito e dispostas a um acordo, o que é bem melhor que adotar a divisa levantada pela perícia do Exército, que não oferece oportunidade de discussão”, avalia.

“Esse entendimento prévio com o Estado do Tocantins, sinaliza a manutenção dos contornos atuais dos municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, que, pela perícia do Exército, perderiam juntos em torno de 60 mil hectares”, concluiu Felisberto Cordova.

Sérgio Pitt ressalta a condução do governador Jaques Wagner no processo. “Ele comprovou seu histórico político de grande negociador, e argumentou com muita segurança e justiça, defendendo a Bahia”. 

A opinião é  compartilhada pelo advogado da Aiba.


Jaques Wagner reuniu-se com a Aiba no dia 8 de novembro para alinhar a estratégia para a audiência de ontem no STF, desmarcando, para isso, uma agenda no exterior marcada para a data. 

Antes da audiência, o governador e os técnicos do Governo reuniram-se com os representantes da Aiba no escritório do Governo da Bahia em Brasília.

Representaram a Bahia na audiência, o governador Jaques Wagner, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, o Procurador-Geral do Estado, Rui Moraes Cruz, e o Procurador do Estado no DF, Bruno Espiñera Lemos. 

Os municípios do Oeste da Bahia estavam representados pela Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, na pessoa da Procuradora do Município, Danille Almeida Luz.

Entenda o caso

As disputas de terras na linha limítrofe dos estados da Bahia, Goiás e Tocantins, tanto a nível particular, quanto público, datam dos anos 1919/1920, quando Bahia e Goiás acordaram definir suas terras extremantes pelo divisor de águas das Bacias dos rios Tocantins e São Francisco, nem sempre coincidente com as escarpas da serra que visualiza a distinção geográfica dos estados envolvidos.

Naquela época, a inexistência dos instrumentais modernos e precisos de demarcação territorial acentuou o litígio entre posseiros e proprietários nos pontos mais críticos ou indefinidos, envolvendo as Justiças Estaduais dos Estados envolvidos, com destaque à região de Posse/GO.

Um levantamento acordado por Goiás e Bahia no início dos anos 80, permitiu um primeiro levantamento da divisa, aceito inclusive pelo Estado da Bahia, mas não concretizado no plano legal por resistência do Estado de Goiás. 

Este fato levou o Estado da Bahia a propor, junto ao Supremo Tribunal Federal, com competência exclusiva, a ACO (ação civil originária) n. 347, em 1986. 

Os produtores se propuseram a participar como assistentes no processo, dando ao Governo da Bahia informações e suporte para subsidiar a defesa do estado. 

A proposta, contudo, foi negada pelo Governo baiano de então, que alegou que isso poderia trazer risco de “tumulto processual a dificultar o desenlace da demanda”. A Aiba agravou a decisão, tornando-se parte no processo.

Fonte: Jornal Nova Fronteira 

Polícia Militar convida comunidade de Campos Belos para reunião comunitária


O capitão Leandro Ferreira Carvalho, comandante da 3ª Companhia Destacada da Polícia Militar, em Campos Belos, convida a população do município para a 12ª Reunião Comunitária.

O evento será realizado no próximo dia 05 de dezembro, às 19h30, na Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira. 

Na oportunidade, será apresentada a produtividade da Polícia Militar no mês de novembro  e esclarecimentos a toda comunidade de qualquer dúvida relacionada à segurança pública.

Esta será uma excelente oportunidade para que a população apresente demandas ao comando da polícia e também participe da política de segurança pública. 

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Candidatos eleitos são diplomados em Campos Belos


Autoridades do Tribunal Regional Eleitoral e do Ministério Público de Goiás diplomaram  os vereadores e prefeitos eleitos nos municípios de Campos Belos e Monte Alegre de Goiás. 

O prefeito eleito de Campos Belos, Aurolino José dos Santos Ninha (DEM), e seu vice, José Cândido (PDT) estiveram presentes à cerimônia. 

Conforme a Código Eleitoral, o candidato eleito mas não diplomado não pode tomar posse. 

O vereador mais votado de Campos Belos, Nego da Patrol (PP), fez um discurso em nome dos vereadores, assim como o prefeito eleito Santos Ninha. 

O evento foi coordenado pelo fórum municipal. 


Fotografias: site Akontece.com









Arraias: "Os adolescentes são vítimas da politicagem"

"Já disse aqui em outras postagens que, como sistema carcerário brasileiro não recupera ninguém, esse adolescente será apenas mais uma vítima de seus próprios atos que vitimarão outras pessoas.

Setor buritizinho na histórica cidade de Arraias é pobre e esquecido. Recebe visita de politiqueiros de dois em dois anos, em campanhas pelo governo estadual e pela prefeitura da cidade.

Inclusive, na ultima disputa, em 07/10, a informação era de que, tanto Wagner Gentil quanto Cacildo Vasconcelos estavam naquele setor, afastado do centro da cidade, vizinho a um lixão a céu aberto distribuindo "favores e gracejos" em busca de votos.

Para eles, assim como para qualquer outro politiqueiro em nosso país, as comunidades pobres e de baixa instrução escolar são apenas gente fácil de ser comprada.

Lamento pelo jovem que perdeu a vida. Lamento duplamente por aquele que mesmo vivendo, também perdeu a sua. 


Lamento infinitamente pela sociedade, o medo e o preconceito que ela terá para com esse adolescente, 17 anos, quando daqui há um, dois anos ele for posto em liberdade.

Essa é a justiça no Brasil". 


Por Karlos Augusto Velloso

Esgotados ingressos para abertura da Copa das Confederações


Em poucas mais de 12 horas,  os brasilienses foram à rede mundial de computadores e esgotaram os ingressos (do primeiro lote) para a abertura da Copa das Confederações, no Estádio Nacional de Brasília, com um jogo da seleção brasileira.

A comercialização dos ingressos começou ontem (21), às 9h, pela internet.  Além de Brasília, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte e Fortaleza também sediarão jogos da competição. 

Porém, para estas cidades há muitas entradas disponíveis e  a venda do primeiro lote vai até o dia 30 deste mês, no site da Fifa, exclusivamente para quem é cliente Visa.  

Ontem, os brasilienses amargaram uma fila virtual no site da Fifa por todo o dia. Só os mais persistentes lograram finalizar as compras. 

A FIFA manteve resistência às meias-entradas. Nesta primeira pré-venda, somente as categorias 1, 2 e 3 estão à venda. 

Os estudantes, idosos e outros beneficiados que estão classificados na categoria "4" vão ter que esperar a nova rodada. 

Para essa categoria  serão reservadas 50 mil entradas. É permitido comprar seis ingressos por jogo e, no máximo, dez partidas por cada residência.


O bilhete da meia entrada custa R$ 76,00 (estréia). 

O mais caro, da categoria "1" e seus lugares privilegiados, sai por R$ 266. As categorias intermediárias "2" e "3", respectivamente, saem por R$ 190 e R$ 152.

Para comprar  os ingressos basta acessar o endereço da Fifa na internet, se cadastrar e  realizar a compra. 


Violência: Adolescente mata outro em Arraias



Um adolescente de 17 anos foi apreendido pela Polícia Militar após esfaquear o ajudante de eletricidade, Cleiton Ferreira Rodriguês, de 15 anos.

O fato aconteceu por volta das 20h dessa terça-feira (20), na Rua 10, no setor Buritizinho, da cidade de Arraias-TO. 

A vítima ainda foi socorrida pelas pessoas que estavam no local, mas morreu a caminho do hospital local.

Logo que foi acionada via telefone 190, a guarnição de Rádio Patrulha da PM saiu em diligências e com a ajuda de testemunhas localizou o infrator na própria residência, assim como a faca utilizada para o crime.

Ao ser abordado, o mesmo não reagiu e foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde ficou apreendido.


Fonte: Ascom/PMTO

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Começa a pré-venda de ingressos para a Copa das Confederações, pela internet

Estádio Nacional de Brasília

Começou hoje, pela internet, a pré-venda dos ingressos  para a Copa das Confederações. 

A comercialização do primeiro lote vai até o dia 30 deste mês, no site da Fifa, exclusivamente para quem é cliente Visa.  

A abertura será no dia 15 de junho de 2013, no Estádio Nacional de Brasília, com o jogo da seleção brasileira e um outro adversário ainda não definido. 

A entidade manteve resistência às meias-entradas. Hoje somente as categorias 1, 2 e 3 estão à venda. 

Os estudantes, idosos e outros beneficiados que estão classificados na categoria "4" vão ter que esperar a nova rodada de pré-vendas. 

Para essa categoria  serão reservadas 50 mil entradas. É permitido comprar seis ingressos por jogo e, no máximo, dez partidas por cada residência.

O bilhete da meia entrada custa R$ 76,00 (estréia). O mais caro, da categoria "1" e seus lugares privilegiados, sai por R$ 266. As categorias intermediárias "2" e "3", respectivamente, saem por R$ 190 e R$ 152.

Muita gente, inclusive este blogueiro, tentou comprar os bilhetes on line, mas não conseguiu devido ao congestionamento virtual no site da Fifa. 

Para adquirir os ingressos, é preciso ser cliente da empresa de cartões de crédito Visa, um dos patrocinadores da Fifa. 


Para comprar  os ingressos basta acessar o endereço da Fifa na internet, se cadastrar e  realizar a compra. 

Bem, se o site não estiver congestionado. 

Polícia analisa imagens para identificar os arruaceiros de Caldas Novas


Duas pessoas assassinadas a tiro, uma morta e três feridas em acidente, sexo explícito no meio da rua, ambulância invadida, um carro incendiado por um grupo de rapazes, foliões pulando sobre um posto da Polícia Militar. 

Essa é parte do saldo do fim de semana em Caldas Novas (GO), cidade distante 330km de Brasília que recebeu milhares de visitantes por causa do 7º Caldas Country Show, um dos maiores eventos musicais de Goiás. 

Ainda não se sabe quem pagará pela sujeira e outros prejuízos ao patrimônio público e privado. 

Nem mesmo se serão cobrados e o tamanho total dos estragos, pois muitos dos crimes nem sequer chegaram a ser registrados. Mesmo filmados, vândalos continuam impunes.

Até então famosa pela tranquilidade e pelos benefícios das suas águas termais, Caldas Novas também ficou conhecida em todo o país pelo vandalismo. 

Muitos dos atos cometidos por jovens visivelmente embriagados, vestidos a caráter para a festa regada a cerveja e música sertaneja, foram parar nas redes sociais. 

Inclusive as cenas de moças e rapazes fazendo sexo sobre capôs de carros, em via pública, diantes de centenas de pessoas. Na internet também circulam os atos de danos a veículos e prédios. Imagens que facilitam a identificação dos agressores.

O delegado Ricardo Chueire, chefe da delegacia de Itumbiara (GO), responsável por todas as DPs da região, disse que agentes estão em busca dos turistas flagrados fazendo sexo em área pública. Investigadores analisam as imagens dos flagrantes. 


A reportagem tentou entrevistar o prefeito de Caldas Novas, Ney Viturino, e os secretários de Turismo, Ivan Garcia, e de Comunicação, Wilhes Alves, mas não obteve retorno às mais de 10 ligações. 

A equipe do jornal também tentou, sem sucesso, contatar a produtora do Caldas Country Show, GBM Produções. 

O site da empresa estava fora do ar, a página no Facebook não tinha dados sobre a companhia e o número telefônico disponível no Google constava como de outro local.

Informações do Correio Braziliense

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Vandalismo e sexo em Caldas Novas




Circula nas redes sociais fotos de participantes do festival sertanejo Caldas Country, no último fim de semana (16 e 17/11), fazendo sexo no meio da rua. 

As pessoas não foram identificadas, mas foram flagradas por turistas que estavam na cidade para curtir o evento.

Pelo menos três fotos com personagens diferentes foram clicadas. As imagens cicrulam, principalmente, no Facebook. Em uma delas, um casal aparece em uma calçada de uma rua movimentada.

De acordo com a Polícia Civil, não chegou à delegacia nenhuma denúncia do tipo. O titular Lanivaldo José Mendes acredita que o festival tenha que passar por uma discussão. 


"Mesmo assim, será difícil identificar esses cidadãos, já que a região abrigou cerca de 20 mil pessoas nesse feriado", diz.

Segundo ele, é necessário que alguém que saiba o nome dos responsáveis para que o processo seja instaurado. 


"Se assim for, encaminharemos os casos ao Poder Judiciário para que seja instaurado o procedimento", afirma Mendes. 

Por lei, de acordo com a polícia, fazer sexo em público é considerado ato obsceno e os responsáveis devem responder criminalmente. A pena varia de três meses a um ano.

Outro lado

A prefeitura, responsável por conceder o alvará ao evento e por administrar a cidade, disse que não tem responsabilidade pelo ocorrido. De acordo com eles, "a prefeitura não tem o poder de polícia".

A reportagem entrou em contato com a organização do evento, a GBM Produções, mas não obteve retorno até a publicação.

Evento

O Caldas Country é um festival de música sertaneja que acontece em novembro, na cidade de Caldas Novas e leva nomes de astros musicais como Paula Fernandes, Jorge e Mateus e Gusttavo Lima.


Com informações do CB

Superior Tribunal Militar abre concurso para 6 vagas de juiz


Superior Tribunal Militar (STM) divulgou edital de concurso público para 6 vagas de juiz auditor substituto da Justiça Militar da União. O salário é de R$ 21.66,15. As vagas são para Brasília.
Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível superior em direito, 3 anos de atividade jurídica e menos de 65 anos de idade. 
As inscrições podem ser feitas no período de 22 de novembro a 21 de dezembro pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/stm_12 . A taxa é de R$ 200.

Após a inscrição online, os candidatos devem levar formulário de requerimento da inscrição preliminar, comprovante do pagamento da taxa de inscrição, cópia autenticada de documento de identidade) e duas fotos 3X4 datadas e recentes nos postos informados no edital até o dia 11 de janeiro de 2013.

O concurso é composto de cinco etapas. A primeira será a prova objetiva seletiva. A segunda consiste em duas provas escritas (prova discursiva e prova prática de sentença). 
Já a terceira fase compreende em inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social, exames de sanidade física e mental e exame psicotécnico. 
A quarta etapa será a prova oral. A quinta consiste em avaliação de títulos.

A primeira, a segunda, a terceira e a quinta etapa serão realizadas nas cidades de Belém, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Juiz de Fora (MG), Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. A quarta etapa será apenas em Brasília.

A prova objetiva seletiva será aplicada no dia 14 de abril de 2013 e terá 5 horas de duração.

O prazo de validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. 

De Campos Belos (GO): Escolinha K10 mede forças com o Goiás e Atlético Goianiense

Por Morgana Tavares, A Escolinha de Futebol K10, presidida pelo ex-jogador de futebol profissional Kássio Fernandes, compareceu pe...