terça-feira, 18 de setembro de 2012

Chacina em Campos Belos: vaqueiro mata enteada, ajudante, esfaqueia esposa e suicida-se


Mais uma tragédia abate a cidade de Campos Belos, município do nordeste goiano, a 400 km de Brasília.

Por volta das 11 horas da noite do último domingo (16), o vaqueiro Vanderley Rodrigues de Torres, 35 anos, matou a enteada Jéssica Laurentino de Jesus, 18 anos; assassinou o ajudante Gilvan Ferreira Fachi, 19 anos, e esfaqueou a esposa, Deuselina Laurentino de Jesus Araújo, 39 anos. Depois, se matou enforcado. 

Os homicídios ocorreram na fazenda Lages, a cerca de 30 km da sede do município. Uma criança de nove anos sobreviveu à chacina. 

Ela foi levada de trator para outra fazenda vizinha, por um ajudante da fazenda, que também sobreviveu à fúria de Vanderley.

Segundo o delegado de Campos Belos, Thiago Alexandre Martimiano da Silva, o crime já foi solucionado e tem característica de ser passional. 

De acordo com o delegado, Varderely Rodrigues, a esposa Deuselina Laurentino e a enteada Jéssica Laurentino passaram o domingo em uma festa no povoado “Touro”, também em Campos Belos.

O vaqueiro, que tinha um ciúme exagerado da enteada, não gostou de vê-la dançando e namorando com um jovem da localidade.

Possesso e chateado, começou a beber, atitude que não era de seu costume. 


Ainda na festa, também ficou chateado com a sua mulher, Deuselina, que segundo ele estaria “dando mole” para um policial que fazia a segurança do evento.

Segundo o delegado Thiago Alexandre, tudo indica que Vanderley era apaixonado pela enteada. 

Ao retornarem para a residência da família, na fazenda Lages, o vaqueiro começou a brigar com a enteada e a esfaqueou. Ela saiu correndo e pediu ajuda a dois ajudantes da fazenda, que moravam ao lado.

O ajudante Gilvan Ferreira Fachi saiu em  socorro da adolescente, mas também foi golpeado. Os dois morreram no local.   

A mulher do vaqueiro também não escapou à fúria.

Ela foi golpeada nas costas, mas conseguiu fugir para uma mata adjacente. 

O assassino pegou o corpo da jovem, colocou dentro de um automóvel, um fiat uno que pertencia ao próprio vaqueiro, ateou fogo e entrou no veículo na intenção de se matar também.

Como não suportou o calor, saiu do carro e se enforcou no curral da fazenda.

O outro ajudante, conhecido como Pablo, fugiu do local e de uma elevação, avisou a polícia por telefone celular.  

Ao retornar, pegou a criança que visitava o casal e a tirou da fazenda.

Ao chegar ao local da chacina, a polícia encontrou os corpos dos dois homens e o da adolescente, que estava carbonizado dentro do fiat uno.  

A esposa do caseiro, Deuselina Laurentino, foi socorrida ao hospital de Campos Belos e depois transferida para uma emergência em Brasília. 

5 comentários:

  1. EU SOU DE ARRAIAS E ESTOU CHOCADA COM ESSA HISTORIA, EM QUE MUNDO ESTAMOS VIVENDO, CADE O AMOR DE DEUS NOS VOSSOS CORAÇOES.??????...

    ResponderExcluir
  2. como pode ter tanta crueldade no coração, uma pessoa dessa não tem Deus em seu coração, como podemos chamar de ser humano uma pessoa que tira a vida de outras pessoas, isso é um monstro literalmente.
    Que DEUS conforte o coração da família das vítimas.

    ResponderExcluir
  3. como pode ter tanta crueldade no coração, uma pessoa dessa não tem Deus em seu coração, como podemos chamar de ser humano uma pessoa que tira a vida de outras pessoas, isso é um monstro literalmente.
    Que DEUS conforte o coração da família das vítimas.

    ResponderExcluir
  4. e ele tieou a vida de pessoas inocentes como,a do GIL mas sei q DEUS ja entercedeu por a vida dele e da minha colega gessica q DEUS venha dar conforto aos pais do meu querido gil DONA CIDA E SEU GAUCHO e aos pais da gessica
    FELIZ DE QUEM TEM DEUS NA SUA VIDA!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. mosso, eu so de cb, moro ha muito tempo no df.fico triste quando tenho nt. dessas tragedias na minha terrinha. esses covardis q tira a vida das pss. que são flizes estão por toda parte mesmo, são igual praga, morre um vem dez.Espro q alguem ai procure um psicologo pra essa mãe, q ela vai precisar. quero djar muita força pra ela.









    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.