sábado, 11 de agosto de 2012

Motoristas enfrentam armadilhas em rodovia que liga DF a Alto Paraíso



Falta de sinalização, de iluminação, placas escondidas pelo mato, ausência de acostamento. A rodovia que liga o Distrito Federal à Chapada dos Veadeiros é cenário de tantos acidentes que a Polícia Rodoviária pediu uma semana para fazer um balanço

A Rodovia GO-118, que leva à Chapada dos Veadeiros — paraíso goiano distante 230km de Brasília e um dos destinos preferidos pelos brasilienses e turistas de estados do país —, é uma caixinha de surpresas. 

Quem percorre parte do trecho da rodovia, entre o fim da DF-345 e a entrada de Alto Paraíso (GO), se depara com uma série de armadilhas: pista mal sinalizada, ausência de iluminação, placas indicativas engolidas pelo mato alto. 

Os motoristas que precisam do acostamento acabam estacionando os carros na faixa principal por falta da secundária até Alto Paraíso.

Na última quarta-feira, a reportagem flagrou uma família, incluindo crianças, à espera de ajuda à margem da pista. O carro, no qual viajava, falhou e ficou parado entre o mato e a rodovia principal por falta de acostamento. 

A poucos metros dali, uma carreta estava estacionada apenas com o pisca-alerta acionado. Ao visualizarem o caminhão, vários motoristas que passavam pelo local frearam bruscamente e tiveram que fazer uma ultrapassagem indevida. Por pouco, a pista não foi palco de mais um acidente. 

No sábado passado, a GO-118 foi cenário de uma tragédia: uma colisão frontal levou à morte quatro pessoas, entre elas o embaixador do Japão no Brasil. 

Acidente em ribanceira mata motorista na BR-020

Um motorista morreu após perder o controle do carro, no KM 43 da BR-020, em Formosa (GO), e cair em uma ribanceira às margens da pista na madrugada deste sábado (11/8). 

Outras duas pessoas que ocupavam o veículo, um VW Logus, também se feriram. O acidente ocorreu por volta de 0h, mas as vítimas só foram resgatadas por volta das 7h, depois que uma delas conseguiu entrar em contato com a família e pedir por socorro. 

Edson Geraldo da Costa, 44 anos, morreu na hora. Ele estava sem cinto e foi arremessado do carro. As outras duas pessoas envolvidas no acidente, a ex-sogra do motorista e a sobrinha dela, deram entrada no hospital público do município goiano. 

No entanto, agentes do posto da Polícia Rodoviária Federal na região não souberam informar o estado das duas mulheres nem a identificação delas.

Segundo parentes de Edson, ele teria bebido antes de seguir viagem para Alvorada do Norte (GO), onde visitaria os dois filhos, de 14 anos e 6 anos de idade. Edson será enterrado na manhã deste domingo (12/8), no cemitério de Brazlândia. 


Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Proposta de emprego. Duas Vagas

A Loja Mundial de Campos Belos contrata! Interessados devem ir à empresa, que fica no centro da cidade, com curriculum em mãos.