A versão do prefeito de Palmas


Durante entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira, 2, o prefeito de Palmas, Raul Filho, esclareceu a sociedade de que forma e em que ocasião se encontrou com o empresário Carlinhos Cachoeira.

Raul Filho afirmou considerar necessário prestar esclarecimentos à sociedade sobre o vídeo divulgado no Fantástico, no último domingo, 1º de julho.

De acordo com Raul Filho, em 2004, quando era candidato a prefeito de Palmas foi convidado a conhecer um empresário interessado em contribuir para a sua campanha, sendo que o encontro inicialmente marcado para Brasília aconteceu em Anápolis (GO), do qual participou Raul Filho, Sílvio Roberto, Carlinhos Cachoeira e seu assessor Alexandre, sendo esta, segundo o prefeito, a primeira e a última vez que esteve com o Cachoeira.

“Naquela ocasião, como candidato fui ao encontro de um empresário que queria contribuir com nossa campanha, procedimento este que é natural”, afirmou Raul Filho, ao ressaltar que ao ser questionado sobre as possibilidades econômicas de Palmas, apontou as áreas em que poderia haver investimentos.

“Como candidato, e como prefeito, sempre vou responder o que Palmas pode oferecer de possibilidades”, frisou.

O prefeito afirmou ainda que, quando falou de truculência, tratava do contexto político e administrativo da época, “O Estado funcionava na base da truculência, da negociata e do tacão, por parte dos governantes da época”, ressaltou o prefeito.

Na ocasião, Raul Filho esclareceu ainda que não deu autorização para que Sílvio Roberto ou qualquer outra pessoa negociasse ou falasse em seu nome, “só eu falo e respondo em meu nome, eu respondo por mim e o Sílvio deve responder por ele”, afirmou.

Sobre os contratos da Prefeitura, o prefeito ressaltou que os mesmos são realizados de acordo com a legislação vigente, por meio de processos licitatórios, que podem ser acompanhados publicamente.

Fonte: Site surgiu.com.br