Dilma está preocupada com reajuste de servidores

O governo está preocupado com o aumento das pressões para que conceder reajuste aos servidores federais, incluindo os militares.

Esse foi o principal assunto da conversa na manhã de ontem da presidente Dilma Rousseff com as ministras Miriam Belchior (Planejamento) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil), o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, e o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, no Palácio do Planalto.

Na mesa, foram colocadas as dificuldades para o governo fechar o Orçamento de 2013, se tiver de conceder aumentos para todas as categorias que já começam a fazer campanha e greves. A proposta orçamentária tem que ser enviada ao Congresso até 31 de agosto.

Comentários


"É uma vergonha. Oficial das Forças Armadas com 30 anos de serviço ganha menos do que um soldado recém-incorporado na PMDF. Não acho que a PMDF ganha bem, mas sim os militares das FFAA são totalmente desmerecidos. É uma pena, pois se estivessem mais motivados $$, certamente contribuiriam ainda mais". (Celso Melo)

"Salário inicial de soldado PMDF hoje é R$ 4.800,00 líquido. Salário de Sargento controlado de tráfego aéreo da aeronáutica com quase 8 anos de serviço, R$ 2.500,00. Nem precisamos comentar a carga-horária e o estresse de trabalho de um militar controlador de tráfego aéreo". (Celso Melo)

"Sra. Miriam, subiu condominio, aluguel, remédio, telefone, comida, gasolina, aguá, luz vai ter reajuste agora. Sem contar com o nosso paôzinho de todo dia. Este agora não podemos mais comer. Aumento de 29%. Nós já perdemos o poder de compra há muito tempo. Isto sem contar que o executivo paga nada". (Vaneide Martins)

Com informações do Correio Braziliense