sexta-feira, 13 de abril de 2012

Operação Mão de Ferro já destruiu mais de 130 fornos clandestinos


Mais de 130 fornos de carvão irregulares já foram destruídos pela “Operação Mão de Ferro”.

O dado refere-se ao balanço parcial das ações do segundo dia da operação no Nordeste goiano. Também houve um crescimento expressivo da apreensão de madeira cortada ilegalmente – o número chegou a aproximadamente 830 toras.

As equipes, que atuaram simultaneamente nos municípios de Posse, São Domingos e Iaciara, encontraram ainda áreas de extração ilegal de calcário, areia e terra.

A operação é um trabalho conjunto do Ministério Público de Goiás, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e Polícias Civil e Militar.

Neste segundo dia, mais nove pessoas foram detidas, totalizando, até o momento, 13 pessoas autuadas e conduzidas à delegacia.

Entre o maquinário apreendido estão seis caminhões, três dragas de areia, três pás-carregadeiras e um trator. Também foram recolhidas motosserras e armas de fogo.

 Os proprietários de quatro serralherias foram multados e tiveram seus empreendimentos embargados.

Os autos administrativos lavrados ao longo da ação já resultaram na aplicação de multas em valor superior a R$ 700 mil.

Amanhã (13/4), as equipes vão se reunir novamente no Tribunal do Júri do Fórum de Posse para o levantamento final do trabalho realizado nos dois dias de operação.


(De Posse: Cristina Rosa/ Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Fotos: Ascom do MP)
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.