Fotos exclusivas do carro do promotor no local do atentado






A caminho da cidade de Campos Belos, a cerca de 12km do povoado Porteiras, município de Divinópolis de Goiás, o veículo foi alvejado a tiros por um  indivíduo utilizando capacete.

A polícia militar de Divinópolis de Goiás foi comunicada pelo morador local, Pedro Henrique,  que um automóvel,  marca fiat siena, estava abandonado na estrada.  

Ele disse também  que as duas portas estavam furadas de bala e uma capa de revolver jogada no chão ao lado da porta do passageiro.

A polícia militar de Divinópolis chegou momentos depois, comandada pelo sargento Cardoso e acompanhado do soldado Aldeni e cabo Cirineu.

Os militares constataram que não havia ninguém,  nem marcas de sangue e logo perceberam que se tratava do carro do promotor de justiça da cidade  de São Domingos.  

De imediato  fez-se uma comunicação à  polícia militar de Campos Belos.

Depois de buscas no intuito de localizar o promotor nas imediações do veículo, somente por volta das 18h a guarnição da polícia militar, comandada pelo cabo Donizete, encontrou o representante do Ministério Público, em uma estrada vicinal,  cerca de 5km do local. 

O promotor estava cansado e molhado.

Ele foi conduzido à casa de saúde de Campos Belos, onde permaneceu até o dia seguinte.