Caso promotor: Associação Goiana do Ministério Público lança nota de repúdio


Nota de Repúdio

A Associação Goiana do Ministério Público – AGMP , entidade de classe que congrega os Promotores e Procuradores de Justiça do Estado de Goiás, vem a público REPUDIAR o atentado contra a vida do Promotor de Justiça Douglas Roberto Ribeiro de Magalhães Chegury, ocorrido na manhã desta quinta-feira, dia 22 de março de 2012, nas proximidades da cidade de São Domingos-GO.

A agressão praticada contra o membro do Ministério Público afronta o profissional e seus familiares, bem como a Instituição e a própria sociedade, destinatária de sua atuação firme e destemida em defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais.

Fatos como este não abalam nem intimidam os membros do Ministério Público no exercício de sua missão constitucional.

Ao contrário, reforçam o ideal de intransigente busca por justiça.

A AGMP acompanha a elucidação do crime e a responsabilização rigorosa de todos os envolvidos. Ao promotor de Justiça atacado, esta entidade de classe itera irrestrito apoio e solidariedade.