Promotor diz que morre uma pessoa por semana nas estradas do nordeste goiano


Agetop sob pressão dos promotores e sociedade


O promotor de Campos Belos André Luis Ribeiro Duarte disse, durante a reunião com a diretoria da Agetop, que morre uma pessoa por semana nas rodovias do nordeste goiano.

“O maior problema é a dignidade da pessoa humana que está sendo desrespeitada. Temos as estatísticas das mortes. Estão morrendo, inclusive,  policiais militares ao socorrer vítimas ou ao cumprir as funções de policiamento”, disse.

Duarte liderou e articulou a reunião, em que mais de 180 pessoas foram cobrar da Agetop o conserto imediato da rodovia GO-118 e de outras dezenas de rodovias e estradas vicinais que têm matado pessoas semanalmente em Goiás. “ É como um grito de socorro”, afirmou o promotor.