sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Governo de Brasília novamente à volta das denúncias de corrupção


Por Dinomar Miranda,

Mais uma vez o Distrito Federal assiste às enxurradas de denúncias contra o seu governador.

É incrível como nesta unidade da federação entra e sai governador; entra e sai deputados distritais, e a farra com o dinheiro público continua a nos estarrecer.

Joaquim Roriz, José Roberto Arruda, Jaqueline Roriz, Paulo Octavio, Gim Argello, agora, Agnelo Queiroz. Até a cúpula do Ministério Público do DF- quem deveria cuidar da probidade administrativa - se enrolou com as malas de dinheiro sujo.

É de pasmar vê tanto dinheiro público sumindo, todos os dias, no ralo na corrupção.

É de indignar saber que quase 45% dos nossos ganhos reais vão parar nos impostos. E destes, grande parte  nas gordas contas bancárias dos picaretas de plantão.

Entra partido e sai partido e a ladainha não muda. Na oposição, empunham a bandeira da anticorrupção, mas, no poder, embriagam-se do vício usurento da ganância e mantêm o mesmo modos operandi de seus desafetos.

Malandros, malfeitores, improbos, desonestos... adjetivos não faltam a essa turma formada nas artimanhas da picaretagem.

E pior de tudo isso é ver estudantes se mobilizarem em protestos pelo livre uso da maconha (vide USP) e nada clamarem contra a mais nefasta e cruel doença, cultural e crônica, da sociedade: a corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.