quinta-feira, 2 de junho de 2011

Luta dos consumidores surte efeito: preço de gasolina chega a R$ 2,46


Alívio para o bolso
Depois de diversos protestos, queda de popularidade do Governo e da Presidente, jogo de empurra entre usineiros e donos de postos, finalmente uma boa notícia.

O preço do combustível baixou.

Pelo menos no Distrito Federal e Entorno.

Os preços dos combustíveis seguem em queda desde meados de maio.

Nesta semana, boa parte dos postos fez novos ajustes nas bombas.

O litro da gasolina, que rompeu a barreira dos R$ 3 pela primeira vez na história em abril, custa atualmente entre R$ 2,46 e R$ 2,79, variação de R$ 0,33.

Quem abastecer nos estabelecimentos que cobram o valor mínimo pode economizar R$ 16,50 para encher um tanque de 50 litros.


Após oito aumentos em 2011, o litro do etanol também continua recuando e vale entre R$ 1,89 e R$ 1,98. Esses valores, no entanto, ainda não são suficientes para que o biocombustível volte a ser tecnicamente vantajoso, segundo especialistas.

Levando em conta o menor valor da gasolina cobrado no DF, o preço máximo para que o etanol valesse a pena deveria ser de R$ 1,72, o que corresponde a 70% do preço do derivado de petróleo.

Na cidade de Formosa, a 60 km de Brasília, o preço da gasolina foi vista por este blogueiro a R$ 2,81 e o preço no etanol a R$ 1,88.

Um baita de um presente. 

Com informações e foto do CorreioWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...