quarta-feira, 4 de maio de 2011

Carga de queijo apreendida em Abadiânia saiu de Campos Belos




Carga teria saído de Campos Belos
Da Agência Brasil

A falsificação de selo fiscal levou hoje (4) os agentes da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT) a apreenderem 17 toneladas de queijo da marca Ana Luíza, da empresa mineira Itererê.

A apreensão ocorreu durante operação da DOT no posto fiscal da BR-060, próximo de Abadiânia, em Goiás.

O motorista Jordão de Oliveira de 64 anos, que dirigia o caminhão com a carga, disse que a mercadoria saiu de Campos Belos, também em Goiás, às 14h de ontem (3).
Técnicos do Departamento de Defesa Agropecuária e Inspeção de Produtos de Origem Vegetal e Animal informaram que as 17 toneladas de queijo serão incineradas sem nenhum teste para saber se o produto é impróprio para consumo.
O delegado João Carlos Lossio disse que a empresa Itererê será acusada de crime contra ordem tributária, contra as relações de consumo e receptação de mercadoria.

Ela deverá pagar uma multa em torno de R$ 85 mil. 
A carga apreendida foi avaliada em R$ 120 mil.
O advogado Marcelo Henrique de Almeida, que representa a empresa Itererê, disse que precisa aguardar o auto de infração da Receita Federal para determinar as medidas jurídicas cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...