quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Reguffe, um deputado diferente

Deputado Federal  Reguffe

 A revista Veja desta semana traz uma matéria, de página inteira, sobre o mais novo deputado federal, Antônio Reguffe, antigo deputado distrital.


Fiz uma clipagem da revista e publico na íntegra para você ler e conhecer o tipo de deputado que todo mundo deseja.

O cara é idolatrado aqui em Brasília, principalmente por quem gosta da coisa correta e da verdadeira democracia.

Ele acaba de assumir uma cadeira na Câmara Federal, junto com Tiririca e Romário e em menos de cinco dias (eles assumiram o cargo no dia 2 de fevereiro) já mostrou a que veio.


A seguir, a íntegra da matéria da Revista Veja, do dia 07 Fev 2011.


"José Antônio Reguffe, de 38 anos, foi o deputado federal mais bem votado do país em termos proporcionais.

Escolhido por 266.465 eleitores, o equivalente a quase 19% dos que foram às umas no Distrito Federal, ele superou fenômenos televisivos, como Tiririca, e integrantes de clãs políticos tradicionais.

No primeiro dia de trabalho, o parlamentar expediu seis ofícios à diretoria-geral da Câmara.

Abriu mão do 14° e do 15° salários reduziu o número de assessores no gabinete, cortou gastos com salários de assessores e diminuiu sua verba de atividade parlamentar.

Como morador de Brasília, naturalmente também abriu mão do auxílio-moradia e das passagens aéreas. As medidas resultarão em uma economia de 2,4 milhões de reais nos próximos quatro anos.

Se elas fossem seguidas por todos os 513 deputados, a economia chegaria a 1,2 bilhão no mesmo período. Reguffe tomou medidas idênticas quando exerceu o mandato de deputado distrital em Brasília.

Além de ter demonstrado que é possível um parlamentar trabalhar sem mordomias em excesso, o deputado brasiliense teve uma votação que prova como isso está em sintonia com o que pensa o eleitor.


EXEMPLO: José Reguffe dispensa benefícios que oneram os cofres públicos. Sim, ele existe


QUINZE SALÁRIOS

O primeiro ofício que José Antônio Reguffe enviou à diretoria-geral da Câmara foi para pedir que não fossem depositados em sua conta os dois salários que os depurados recebem anualmente chamados de "ajuda de custo".

Trata-se, na prática, de um 14° e um 15° salários, de 26.723,13 reais cada um. Ao longo dos quatro anos de mandato, a medida levará a uma economia de 213.785,04 reais para a Câmara.


"Esse foi um compromisso com meu eleitor.

Não acho que seja correto que um deputado tenha direito a salários extras.

Todo trabalhador recebe treze salários por ano.

Portanto, nada mais lógico que um representante desse trabalhador também receba apenas treze salários por ano. É o justo."


COTA PARLAMENTAR

A Câmara criou uma cota para custear todos os gastos dos parlamentares com seu trabalho.

Com valores que vão de 20.030 a 34.000 reais mensais, o dinheiro deveria ser usado para pagar despesas com passagens aéreas, selos, telefone, combustível, aluguel de carros e pagamento de consultorias.

Como a fiscalização é muito frouxa, são frequentes os indícios de uso irregular.

Reguffe pediu que sua cota fosse reduzida de 23.030 reais para 4.600 reais. Em quatro anos, a economia com a medida será de 884.640 reais.

"Esse valor de 23.030 reais é exorbitante, excessivo.

O mandato parlamentar pode ser exercido com qualidade a um custo bem menor para os contribuintes.

Pela minha experiência na Câmara Legislativa, acho que 4.600 reais é um valor viável. É suficiente para manter o gabinete funcionando bem."

VERBA DE GABINETE E ASSESSORES

Os deputados têm direito a 60.000 reais para contratar até 25 assessores para seus gabinetes.

Reguffe estabeleceu junto à direção da Câmara que terá no máximo nove assessores e que não gastará mais que 48.000 reais com os vencimentos, uma redução de 20% na verba.

Só com os salários, a economia será de 62.4000 reais ao longo dos quatro anos.

Mas ainda há o enxugamento de benefícios.

Apenas com vale-alimentação dos dezesseis funcionários que não serão contratados, a Câmara economizará 514.560 reais até 2014. "O número de assessores a que um parlamentar Tem direito é excessivo.

Nós precisamos de bons Técnicos para exercer um mandato digno.

Agora, 25 assessores. Se todo mundo vier trabalham; o gabinete não comporta nem a metade.

É um gasto que parece servir como uma espécie de estatização de cabos eleitorais.

Eu tenho um gabinete que vai me servir bem, que vai me dar amparo, sem precisar de tanta gente."

10 comentários:

  1. Ainda podemos acreditar num Brasil honesto, parabéns VEJA pelos créditos ao Deputado Reguffe, muito embora sabendo que a postura adotada pelo congressista deveria ser uma regra, não custa nada valorizar as exceções. NATASCHA FRACALANZA PILA - Procuradora Federal - SP

    ResponderExcluir
  2. Realmente a postura do Deputado Reguffe merece ser valorizada.
    Quando ele desceu da tribuna, ainda no plenário, depois do discurso "parabenizei pela atuação na câmara legislativa e estava torcendo para ele continuasse com o mesmo comprotamento probo e que ele sirva de exemplo para o parlamento".
    Tenho convicção que atuação em órgãos públicos e principalmente quem administra verbas públicas deve trata-lás como se estive na iniciativa privada e de preferência como se fosse zelando para ele próprio.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS AO REGUFFE.. SE TIVESSE PELO MENOS A METADE AQUI NO SUL JA TAVA BOM..

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Reguffe,parabéns Brasil. Aos poucos muitos seguirão seu exemplo.

    ResponderExcluir
  5. Aos poucos nada !!! Tá na hora de FAZERMOS BARULHO !!!

    Por uma campanha onde TODOS assumam essa postura e acabem com suas regalias !!

    Sugiro uma campanha com o slogan:

    EFEITO REGUFFE !!!
    Parlamentar, seja decente: RECUSE !



    Vamos nos mexer pra mudar esse país de uma vez por todas !

    Abraço !

    ResponderExcluir
  6. Dinomar, não precisa postar o comentario, mas gostaria que me mantivesse informado referente os projetos do Deputado Jose Reguffe. Ele tomou uma atitude que realmente merece destaque e se vir a se candidatar a Presidente tem o meu voto.
    http://olhandocom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Na campanha eleitoral de 2006, quando ele foi eleito Dep. Distrital, o slogan era: "Reguffe, Moralização Jà". O incrível é que ao final dos 4 anos de mandato, Reguffe cumpriu todos os compromissos de campanha, economizou muito dinheiro com suas medidas de austeridade e pasmem: em 4 anos teve índice de faltas zero! Espero que apareçam outros com equivalente caráter.
    FORÇA REGUFFE!!!

    ResponderExcluir
  8. votei no neste deputado qndo era candidato a distrital, e o tenho como um grade exemplo para o brasil, os demais deputados deveriam ate ter vergonha de sair de casa, se tivessem vergonha, o que nao tem, parabéns ao reguf, seja o exemplo nao so para brasilia, mas para o brasil,..
    Os brasileiros deveriam exigir que todos os demais deputados também tomassem a mesma medida. ou cair na pal.

    ResponderExcluir
  9. Vous avez de bons points il, c'est pourquoi j'aime toujours verifier votre blog, Il semble que vous etes un expert dans ce domaine. maintenir le bon travail, Mon ami recommander votre site.

    Mon francais n'est pas tres bon, je suis de l'Allemagne.

    Mon blog:
    cout rachat credit ou banque Rachat de credit

    ResponderExcluir
  10. Jonas JP se você quizer saber tudo sobre este incrível deputado REGUFFE entre no site da câmara dos deputados e siga tudo sobre.É realmente um exemplo de parlamentar.

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...