quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Governo federal anuncia corte no orçamento 2011. Mas por que não cortar os cargos comissionados?

Ministro Guito Mantega

Depois de muita discussão, o governo federal anunciou na tarde desta quarta-feira (9/2) um corte recorde de R$ 50 bilhões no orçamento federal de 2011.

Sabe onde serão os cortes?

Pois é. O arrocho afeta principalmente os concursos públicos e aqueles candidatos aprovados que aguardam novas nomeações.

As medidas fazem parte do pacote de ajustes dos gastos do governo, anunciado no Palácio do Planalto pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior.



Todo mundo concorda que os gastos do governo estão altos e precisam ser freados. Principalmente com a volta da inflação.

Agora, uma perguntinha bem básica que não quer calar. Por que  não fazer os cortes, primeiramente, nos cargos comissioandos?

Por que não agir primeiramente nos postos de trabalho que são cabides de emprego?

Por que cortar os gastos  na contratação de serviço público dentre os mais pobros e justos, que são os concursos públicos?

Simples: ninguém quer cortar na própria carne.

Um comentário:

  1. Economia é, às vezes, assunto meio chato, difícil de entender
    O planalto vai cortar R$ 50 bilhões. O que tem a ver com você?
    Por incrível que pareça, implica no seu futuro e no dia-a-dia
    Se a rentabilidade do seu trabalho será boa como gostaria

    A inflação identificada em janeiro deu um susto no governo
    Que rápido decidiu: do mercado tenho que tirar dinheiro
    Menos grana na praça significa menos gente comprando
    E aí, se na prateleira sobra produto, o preço vai baixando

    Medida dura, corte grande como nunca se viu
    Que mostra rara seriedade e coragem no Brasil
    Após anos de farra dos picaretas de Plantão
    Uma ponta de esperança surge na nação

    Para economizar esse valor, a faxina vai ser geral
    Redução das passagens e nomeações de caras de pau
    Auditoria em folha de pagamento e gratificações
    Revez para os concurseiros: pausa nas convocações

    Para os ministros, é preciso eficiência na Esplanada
    Fazer mais com menos: filosofia de empresa privada
    Se o prometido será cumprido, não sei, é ver para crer
    Mas que, sim, começou bem, é preciso reconhecer

    http://noticiaemverso.com
    twitter: @noticiaemverso

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...