quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Campos Belos será o primeiro município a receber caravana contra a dengue

Campos Belos será o primeiro município de Goiás a receber a caravana contra o mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue.

O governo do estado de Goiás pretende sensibilizar os 246 municípios sobre a importância do combate à doença.

O Secretário da Saúde, Antônio Faleiros e uma equipe técnica vão percorrer 14 regionais de saúde do interior do Estado na ação denominada "Caravana contra a dengue".

A primeira viagem está marcada para esta sexta-feira, dia 25, e será para a cidade de Campos Belos.




quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Música de hoje: A saga de um vaqueiro

Amigos, a música de hoje é uma homeangem ao homem do sertão, ao sertanejo, que segundo João Cabral de Melo Neto, "é antes de tudo, um forte".

A ouvir a letra dessa música, você vai se emocionar e curtir um poquinho do seu lado rural, matuto, como se diz no sertão.

Pare e ouça: A saga de um vaqueiro, a história ( interpretação da banda Catuaba com Amendoim).






segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Efeito Reguffe à moda árabe nas mídias sociais



Deputado Antônio Reguffe


As ações de probidade, honestidade e senso de homem público pode tornar o Deputado Federal Antônio Reguffe um símbolo nacional.

O cara é idolatrado aqui em Brasília, principalmente por quem gosta da coisa correta e da verdadeira democracia. 

Ele acaba de assumir uma cadeira na Câmara Federal, junto com Tiririca e Romário e em menos de cinco dias (eles assumiram o cargo no dia 2 de fevereiro) já mostrou a que veio.

Abriu mão dos 14° e do 15° salários, reduziu o número de assessores no gabinete, cortou gastos com salários de assessores, diminuiu sua verba de atividade parlamentar e não aceitou o auxílio-moradia e as passagens aéreas

As medidas resultarão em uma economia de 2,4 milhões de reais nos próximos quatro anos.


Tenho recebido diversos e-mails, com rasgados elogios a Reguffe, repercutindo o post em que citamos a Veja.

Muitos deles pedindo que os brasileiros iniciem uma campanha à moda árabe, por intermédio das mídias sociais, com o objetivo de forçarem que todos os parlamentares, da Câmara Federal e do Senado, tomem medidas semelhantes.

Veja os exemplos:

Ainda podemos acreditar num Brasil honesto, parabéns VEJA pelos créditos ao Deputado Reguffe, muito embora sabendo que a postura adotada pelo congressista deveria ser uma regra, não custa nada valorizar as exceções. NATASCHA FRACALANZA PILA - Procuradora Federal – SP

PARABÉNS AO REGUFFE.. SE TIVESSE PELO MENOS A METADE AQUI NO SUL JA TAVA BOM.

“Parabéns Reguffe, parabéns Brasil. Aos poucos muitos seguirão seu exemplo. Domiciana”

 “Aos poucos nada !!! Tá na hora de FAZERMOS BARULHO !!!

Por uma campanha onde TODOS assumam essa postura e acabem com suas regalias !!

Sugiro uma campanha com o slogan:

EFEITO REGUFFE !!!”, Marmeier.

A campanha começou...

Acompanhe:

Twiter: http://twitter.com/#!/search/reguffe


Será que a moda pega?

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Ex-prefeito é sepultado em Campos Belos

Anjo Galvão foi sepultado neste domingo


O ex-prefeito de Campos Belos, Anjo Galvão, falecido na manhã do último sábado, foi sepultado  neste domingo, por volta da 17 h, no cemitério municipal. 


A cidade parou para acompanhar o velório, que ocorreu na Igreja Matriz e reuniu centenas de pessoas.  


Diversas autoridades de Campos Belos e de outras cidades de Goiás e do Tocantins estiverem presentes na última homenagem a Anjo Galvão, dentre eles o prefeito Neudivaldo Xavier Sardinha e o Bispo Moreira, ex-pároco da cidade.  


No final da tarde, outras centenas de pessoas acompanharam o corpo até o cemitério local e o sepultamento, que ocorreu sob forte comoção.  


Anjo Galvão tinha 59 anos e  faleceu em decorrência de complicações de uma cirurgia no fígado.

O Prefeito de Campos Belos decretou luto oficial no município.



sábado, 19 de fevereiro de 2011

Campos Belos: morre o ex-prefeito Anjo Galvão

Ex-prefeito Anjo Galvão morreu hoje às 6h da manhã, em Goiânia


Um homem a serviço de Deus
Morreu  hoje, às 6h da manhã, o ex-prefeito de Campos Belos, Anjo Galvão. 

Tinha 59 anos e  estava internado em Goiânia, capital do estado de Goiás, desde segunda-feira passada  (14/02), onde passara por uma cirurgia no fígado.

O falecimento ocorreu em virtude de uma infecção generalizada, decorrente da cirurgia.

Anjo estava em tratamento intensivo, numa UTI, desde quinta-feira.

O corpo do ex-prefeito ainda não chegou a Campos Belos.  A previsão é que isso ocorra no início desta noite.

Seu corpo vai ser velado na Igreja Matriz da cidade.

O sepultamento deve ocorrer na  segunda-feira, mas ainda não há confirmação do horário.

O Prefeito de Campos Belos, Neudivaldo Xavier Sardinha, decretou luto oficial no município.

Histórico de vida

Anjo Galvão era empresário da cidade, do ramo de Oficina Mecânica.

Tornou-se conhecido em todo nordeste goiano por ser um empresário de sucesso e também por ser um dos mais ativos membros da igreja católica.
 
Era Ministro da Comunhão e da Palavra e autorizado pela diocese a celebrar missas, batizados, casamentos e outros eventos eucarísticos.

Função muito importante no município e regiões de Goiás e Tocantins, principalmente nas ausências dos párocos.

Popular e muito querido junto à comunidade, em 1992 foi lançado candidato a vice-prefeito de Campos Belos,  na chapa de Fernando Terra.

Na ocasião, foi eleito e assumiu a vice-prefeitura entre o período de 1993 a 1996.

No pleito seguinte, saiu-se candidato a prefeito, sendo eleito para o período de 1997 a 2000.

Sua principal e reconhecida marca como prefeito não foram as obras realizadas, mas o  comportamento ético com o qual comandou aquele Poder Executivo.

É lembrado pela honestidade, probidade, humildade e pelo imenso desejo de ajudar as pessoas mais necessitadas.

É conhecido por ter, inclusive, assumido dívidas pessoais para salvar as contas públicas e ajudar as pessoas que os procurava na prefeitura.

A prova da honestidade e probidade do ex-prefeito Anjo Galvão pode ser comprovada na diminuição de seu patrimônio pessoal, que passou a ser muito menor desde que “desistiu” da vida pública, em sua volta à sina de cidadão comum e “obreiro” da igreja.

É com muito pesar que publicamos o falecimento desse grande homem público e excepcional ser humano.

Aos que desejarem reder homenagens a Anjo Galvão, poderá fazê-lo no painel de opinião deste blog ou nos comentários desta matéria. 

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Inflação explode e população começa a reclamar do governo Dilma

Herança maldita do governo Lula

Quem costuma ir ao mercado percebeu que os preços subiram e muito.

E têm subido muito mais do que os registrados e divulgados pelos índices dos órgãos que medem a inflação.

Por exemplo, a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), da Fundação Getulio Vargas (FGV) , variou 1,03% agora em fevereiro, taxa superior à registrada no mês de janeiro (0,49%).

Segundo a FGV, a alta foi puxada pelos índices de Preços ao Produtor Amplo (IPA) e de Preços ao Consumidor (IPC).

Mas a realidade que o consumidor tem visto é bem diferente. O maior exemplo é o preço da carne. Em Brasília, o preço do quilo de um "corte de primeira" custava cerca de R$ 17,00. Hoje, o mesmo corte não sai menos que R$ 27,00, uma variação de 58%.

Comprar carne bovina, só na   promoção.

A saída tem sido correr para os cortes de frango.

Em alguns mercados se pode comprar o filé de peito de frango por cerca de R$ 6,00.

A remarcação de preço está sendo observada em todos os produtos, mas principalmente nos alimentos.

Feijão, arroz, açúcar, café, frutas e verduras têm sofrido reajustes seguidos e injustificáveis.

Não raro, encontra-se nos mercados as pessoas xingando o governo e a presidente Dilma pelo relaxamento no controle da inflação.

As causas da inflação são várias e não cabe aqui discorrer.

A solução para o consumidor é frear os gastos, diminuir o consumo, substituir os produtos, excluir da cesta o supérfluo.

E não esquecer que a causa da inflação não é do governo Dilma, mas uma repercussão da política de gastança do governo anterior, ou seja, a herança maldita do presidente Lula.



Vídeo de OVNI em jerusalém é visto por milhões na internet

Imagens foram gravadas por várias pessoas ao mesmo tempo


Um vídeo gravado pelo israelense Eligael Gdaliovich, 42, foi assunto de pauta no telejornalismo de todo o mundo durante os últimos dias.

O fato reacende o velho e polêmico debate sobre a possibilidade de vida extraterrestre.


Na noite de 28 de janeiro de 2011, o que parece ser uma bola de luz foi vista sobre a Esplanada das Mesquitas, terceiro lugar mais sagrado do Islã.

A luz é vista se aproximando vagarosamente, depois desce próximo das edificações e, em grande velocidade, sobe assustadoramente.

Gravado em câmera, o filme mostra uma suposta aeronave flutuando sobre um dos lugares mais sagrados do mundo, o Domo da Rocha, em Jerusalém.

As avaliações, até o momento, ainda não indicam tratar-se de um fake (falsificação), porque outros vídeos do evento foram registrados por várias pessoas, ao mesmo tempo, e de lugares diferentes de Jerusalém.


A gravação do suposto ovni foi postada no início do mês no canal de internet Youtube.

Veja os outros vídeos...


Acesse aqui site especializado em UFO

Objeto voador suspeito foi derrubado pela Força Aérea Israelense em dezembro...

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Seja cidadão. Comece hoje, comece agora!

Ir ao Congresso é uma das ferramentas de participação cidadã

Por Dinomar Miranda,

No atual estágio da democracia brasileira, ser cidadão não se restringe, apenas, em ir às urnas a cada dois anos e escolher os representantes públicos.

Cidadania é bem mais que isso.

A participação popular nas decisões e escolhas nacionais tem que ser cotidiana, usando os representantes eleitos ou não.

As ferramentas de participação são várias, desde os meios de comunicações tradicionais e até as mais modernas mídias sociais disponibilizadas pela internet, como facebook, blogs e o twiter.

Até em Estados não democráticos, como o Egito e a Tunísia, elas estão sendo essenciais, imagine então em uma democracia amadurecida como a nossa.

Pois bem, para começar, que tal você não esquecer em quem votou nas eleições passadas. Isso mesmo, você se lembra em quem votou em outubro passado?

Mas, cidadania exige mais que isso.

Que tal você cobrar e acompanhar, diariamente, as ações do seu deputado federal, em Brasília?

O site da Câmara Federal (http://www2.camara.gov.br/) é uma boa ferramenta.

Lá você pode se cadastrar e acompanhar, por intermédio de e-mails, boletins e newsletter, todas as decisões tomadas por seu deputado.

E você pode acompanhar mais de um deles e escolher por regiões, por partido ou todos eles.

E o melhor de tudo isso. Encher a caixa postal dele de cobranças e reclamações.

Que tal estrear bem e mandar um e-mail para o seu deputado, cobrando dele as mesmas ações tomadas pelo jovem deputado Reguffe.

Reguffe, simplesmente, numa tacada só, pediu à Mesa da Casa que retirasse-lhe o 14º e 15º salários; que reduzisse a sua cota parlamentar de 23 mil mensais para 4.600 reais; que diminuísse de 25 para 9 o número de assessores.

Como morador de Brasília, naturalmente também abriu mão do auxílio-moradia e das passagens aéreas.

As medidas resultarão em uma economia de 2,4 milhões de reais nos próximos quatro anos.

É isso. Comece hoje, comece agora.

Ótima semana a todos

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Dilma "mão de tesoura" manterá reajustes de salários de comissionados


Cabidão brasileiro


O aumento salarial dos funcionários comissionados do governo federal deve sair no segundo semestre deste ano. 
O reajuste, no entanto, ainda não tem percentual definido.
 A decisão do governo foi tomada para ficar alinhada com os aumentos concedidos a parlamentares (61,8%), aos ministros de Estado (130%) e ao presidente da República (133,9%) no fim do ano passado.


O governo, entretanto, não dará percentuais parecidos e prefere falar em “realinhamento” — palavra utilizada pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. 

Hoje, o salário de cerca de 22 mil pessoas com cargos de confiança varia de R$ 2.115,72 a R$ 11,179,36. 

O último aumento ocorreu em 2007. 

Na época, a correção variou de 30,5% a 140%, o que gerou um impacto de R$ 277 milhões nos cofres públicos. 

O governo estuda fazer o mesmo escalonamento às seis faixas dos cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS). 

“A atualização tem de ser feita no salário e isso não tem nada a ver com o corte no Orçamento”, defende o deputado Gilmar Machado (PT-MG). 


Enquanto o governo planeja fazer um agrado aos comissionados, ele fechou as porteiras aos servidores.

 A ministra do Planejamento suspendeu toda convocação e realização de concursos públicos para este ano com intuito de fazer uma economia aos cofres públicos. 

A medida coloca na berlinda 28,8 mil vagas distribuídas entre concursos previstos e já realizados, cujos aprovados aguardavam as nomeações.


A equipe econômica anunciou a meta de cortar R$ 50 bilhões do Orçamento 2011 para conter o avanço da inflação e reorganizar as contas públicas.


Com informações do Correio Braziliense

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Notícia em versos: planalto vai cortar R$ 50 bilhões



"Dilma Mão de Tesoura"

Economia é, às vezes, assunto meio chato, difícil de entender

O planalto vai cortar R$ 50 bilhões. O que tem a ver com você?

Por incrível que pareça, implica no seu futuro e no dia-a-dia

Se a rentabilidade do seu trabalho será boa como gostaria



A inflação identificada em janeiro deu um susto no governo

Que rápido decidiu: do mercado tenho que tirar dinheiro

Menos grana na praça significa menos gente comprando

E aí, se na prateleira sobra produto, o preço vai baixando



Medida dura, corte grande como nunca se viu

Que mostra rara seriedade e coragem no Brasil

Após anos de farra dos picaretas de Plantão

Uma ponta de esperança surge na nação



Para economizar esse valor, a faxina vai ser geral

Redução das passagens e nomeações de caras de pau

Auditoria em folha de pagamento e gratificações

Revez para os concurseiros: pausa nas convocações



Para os ministros, é preciso eficiência na Esplanada

Fazer mais com menos: filosofia de empresa privada

Se o prometido será cumprido, não sei, é ver para crer

Mas que, sim, começou bem, é preciso reconhecer



Texto pedido para publicar  de Notícias em Verso.

http://noticiaemverso.com/

twitter: @noticiaemverso



quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Governo federal anuncia corte no orçamento 2011. Mas por que não cortar os cargos comissionados?

Ministro Guito Mantega

Depois de muita discussão, o governo federal anunciou na tarde desta quarta-feira (9/2) um corte recorde de R$ 50 bilhões no orçamento federal de 2011.

Sabe onde serão os cortes?

Pois é. O arrocho afeta principalmente os concursos públicos e aqueles candidatos aprovados que aguardam novas nomeações.

As medidas fazem parte do pacote de ajustes dos gastos do governo, anunciado no Palácio do Planalto pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior.



Todo mundo concorda que os gastos do governo estão altos e precisam ser freados. Principalmente com a volta da inflação.

Agora, uma perguntinha bem básica que não quer calar. Por que  não fazer os cortes, primeiramente, nos cargos comissioandos?

Por que não agir primeiramente nos postos de trabalho que são cabides de emprego?

Por que cortar os gastos  na contratação de serviço público dentre os mais pobros e justos, que são os concursos públicos?

Simples: ninguém quer cortar na própria carne.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Reguffe, um deputado diferente

Deputado Federal  Reguffe

 A revista Veja desta semana traz uma matéria, de página inteira, sobre o mais novo deputado federal, Antônio Reguffe, antigo deputado distrital.


Fiz uma clipagem da revista e publico na íntegra para você ler e conhecer o tipo de deputado que todo mundo deseja.

O cara é idolatrado aqui em Brasília, principalmente por quem gosta da coisa correta e da verdadeira democracia.

Ele acaba de assumir uma cadeira na Câmara Federal, junto com Tiririca e Romário e em menos de cinco dias (eles assumiram o cargo no dia 2 de fevereiro) já mostrou a que veio.


A seguir, a íntegra da matéria da Revista Veja, do dia 07 Fev 2011.


"José Antônio Reguffe, de 38 anos, foi o deputado federal mais bem votado do país em termos proporcionais.

Escolhido por 266.465 eleitores, o equivalente a quase 19% dos que foram às umas no Distrito Federal, ele superou fenômenos televisivos, como Tiririca, e integrantes de clãs políticos tradicionais.

No primeiro dia de trabalho, o parlamentar expediu seis ofícios à diretoria-geral da Câmara.

Abriu mão do 14° e do 15° salários reduziu o número de assessores no gabinete, cortou gastos com salários de assessores e diminuiu sua verba de atividade parlamentar.

Como morador de Brasília, naturalmente também abriu mão do auxílio-moradia e das passagens aéreas. As medidas resultarão em uma economia de 2,4 milhões de reais nos próximos quatro anos.

Se elas fossem seguidas por todos os 513 deputados, a economia chegaria a 1,2 bilhão no mesmo período. Reguffe tomou medidas idênticas quando exerceu o mandato de deputado distrital em Brasília.

Além de ter demonstrado que é possível um parlamentar trabalhar sem mordomias em excesso, o deputado brasiliense teve uma votação que prova como isso está em sintonia com o que pensa o eleitor.


EXEMPLO: José Reguffe dispensa benefícios que oneram os cofres públicos. Sim, ele existe


QUINZE SALÁRIOS

O primeiro ofício que José Antônio Reguffe enviou à diretoria-geral da Câmara foi para pedir que não fossem depositados em sua conta os dois salários que os depurados recebem anualmente chamados de "ajuda de custo".

Trata-se, na prática, de um 14° e um 15° salários, de 26.723,13 reais cada um. Ao longo dos quatro anos de mandato, a medida levará a uma economia de 213.785,04 reais para a Câmara.


"Esse foi um compromisso com meu eleitor.

Não acho que seja correto que um deputado tenha direito a salários extras.

Todo trabalhador recebe treze salários por ano.

Portanto, nada mais lógico que um representante desse trabalhador também receba apenas treze salários por ano. É o justo."


COTA PARLAMENTAR

A Câmara criou uma cota para custear todos os gastos dos parlamentares com seu trabalho.

Com valores que vão de 20.030 a 34.000 reais mensais, o dinheiro deveria ser usado para pagar despesas com passagens aéreas, selos, telefone, combustível, aluguel de carros e pagamento de consultorias.

Como a fiscalização é muito frouxa, são frequentes os indícios de uso irregular.

Reguffe pediu que sua cota fosse reduzida de 23.030 reais para 4.600 reais. Em quatro anos, a economia com a medida será de 884.640 reais.

"Esse valor de 23.030 reais é exorbitante, excessivo.

O mandato parlamentar pode ser exercido com qualidade a um custo bem menor para os contribuintes.

Pela minha experiência na Câmara Legislativa, acho que 4.600 reais é um valor viável. É suficiente para manter o gabinete funcionando bem."

VERBA DE GABINETE E ASSESSORES

Os deputados têm direito a 60.000 reais para contratar até 25 assessores para seus gabinetes.

Reguffe estabeleceu junto à direção da Câmara que terá no máximo nove assessores e que não gastará mais que 48.000 reais com os vencimentos, uma redução de 20% na verba.

Só com os salários, a economia será de 62.4000 reais ao longo dos quatro anos.

Mas ainda há o enxugamento de benefícios.

Apenas com vale-alimentação dos dezesseis funcionários que não serão contratados, a Câmara economizará 514.560 reais até 2014. "O número de assessores a que um parlamentar Tem direito é excessivo.

Nós precisamos de bons Técnicos para exercer um mandato digno.

Agora, 25 assessores. Se todo mundo vier trabalham; o gabinete não comporta nem a metade.

É um gasto que parece servir como uma espécie de estatização de cabos eleitorais.

Eu tenho um gabinete que vai me servir bem, que vai me dar amparo, sem precisar de tanta gente."

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Começa corrida à prefeitura de Campos Belos para 2012


Pablo Giovanne é nome forte e
tem apoio da classe jovem


Sardinha, em Goiânia, busca apoio fora e
tenta elevar Comarca de Campos Belos

Ainda faltam dois anos para as eleições municipais em Campos Belos.

Mas para os atores políticos locais o tempo é curto.

Por isso mesmo, os pretensos candidatos já começam a armar as suas estratégias e alianças.

Quatros nomes, até o momento, figuram na lista de prefeituráveis:

- Sardinha, atual prefeito;

- Ninha, ex-prefeito por três vezes;

- Dr. Zito, uma alternativa forte e

- Pablo Giovanne, jovem advogado, candidato a vice-prefeito
derrotado em 2008.

As “bocas miúdas” dizem que os acordos estão sendo costurados, diariamente, entre estas quatro forças políticas.

Afirmam, ainda, as “bocas miúdas, que Ninha já não perde um velório na cidade e que, entre suas estratégias, está a de minar e enfraquecer o atual prefeito Sardinha.

Que Sardinha, cada vez mais, procura apoio junto ao novo governador de Goiás, Marconi Perillo.

A intenção dele é fazer o impossível nos últimos dois anos, convertendo o apoio em obras e serviço municipais, para chegar forte na reta final da campanha, em 2012.

Que Zito e Pablo Giovanne tentam um acerto (prefeito e vice), tornando-se uma terceira via na corrida eleitoral.

E ainda, que ambos também são cotejados também pelo prefeito Sardinha.

Mas a arma do prefeito Sardinha está apontada para o seu antigo aliado e hoje desafeto explícito Aurolino dos Santos Ninha.

A grande estratégia dele é provar que o ex-prefeito Ninha deixou as contas da prefeitura no vermelho e mergulhada em dívidas.

A guerra está apenas começando.

Há muita água para rolar nos próximos dois anos.

Acompanhe os próximos capítulos.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Emprego: Juiz anuncia vagas para assistentes em Campos Belos


O juiz da comarca de Campos Belos, Fernando Oliveira Samuel, seleciona candidatos para vagas de Assistentes Jurídico e Administrativo.


A seleção será feita por aquele Juízo.

O currículo deve ser enviado para comarcadecamposbelos@tjgo.jus.br.

Os pré-requisitos para concorrer às vagas são formação superior em Direito e disponibilidade para residir na comarca.

A carga horária e os salários não foram divulgados. Mas, em outras Comarcas de Goiás, a  carga horária é de 8 horas diárias e o salário é de R$ 2.340,00 para Assistente Administrativo e R$ 2.561,06 para a vaga de Assistente Jurídico


Os selecionados atuarão no Juizado Especial de Campos Belos.


Mais informações através do endereço eletrônico www.tjgo.jus.br.