quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Vice-governador comanda primeira ação de governo no Nordeste goiano, região mais pobre do estado

Primeira ação: atenção à região mais pobre do estado

O vice-governador de Goiás e presidente da Celg (Centrais Elétricas de Goiás), José Eliton, lidera uma caravana que visitará três cidades da região Nordeste, a mais carente de Goiás, no próximo dia 03 de fevereiro.

Às oito horas da manhã, José Eliton, acompanhado dos secretários estaduais da Saúde, Antonio Faleiros, da Segurança Pública, João Furtado, da Educação, Thiago Peixoto, da Infraestrutura, Wilder Pedro Morais e do presidente da Agetop, Jayme Rincon, estará em Alto Paraíso para ver de perto as carências da cidade e região.

Durante a permanência no município, a comitiva visitará órgãos públicos como escolas, delegacias e escritórios da Celg e fará vistoria a obras que estão paralisadas.


A ação de governo prossegue no período da tarde em Campos Belos, onde as autoridades seguem a mesma sequência de visitas.

O dia de trabalho no Nordeste Goiano se encerra em Posse, cidade onde José Eliton viveu desde a infância.

Eu sua visita, o vice-governador dará posse coletiva aos integrantes de cargos públicos.

Entre eles, os comandantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e o diretor da Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) .

Em seguida José Eliton fará um balanço das visitas reforçando o compromisso do governo de adotar medidas urgentes para sanar os problemas e alavancar o desenvolvimento da região, uma das mais carentes de Goiás.

Cidades

Alto Paraíso - Distante 423 quilômetros de Goiânia, recebeu esta denominação por estar no ponto mais alto do Planalto Central e devido à beleza da paisagem.

O município é um dos mais procurados de Goiás, por turistas de várias localidades do país, graças à natureza exuberante e atraentes opções de lazer.

Alto Paraíso é uma cidade mística, pois o paralelo 14 que atravessa a lendária cidade de Machu Pichu, no Peru, também passa sobre Alto Paraíso, em um local denominado Jardim Zen.

Alí, pedras e flores compõem um cenário místico, originando fantásticas histórias sobre a região.

As mais comuns são sobre discos voadores e seres extraterrestres.

Alto Paraíso é considerada por espiritualistas de todo mundo como a capital do terceiro milênio.


Na região está o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma importante reserva ambiental.

Foi criado pelo decreto federal nº 49.875, de 11 de janeiro de 1961. A entrada principal do parque é o distrito de São Jorge.

Outra atração da Chapada dos Veadeiros são as várias espécies de flores (principalmente orquídeas) e animais, além de belíssimas cachoeiras formadas pelo Rio Preto, que atravessa o parque.


Campos Belos -  Com pouco mais de 18 mil habitantes, a cidade fica a 596 quilômetros da capital do estado (Goiânia) e a 400 quilômentros de Brasília (capital federal) e despontou com os garimpos de ouro nos municípios de Arraias e Monte Alegre.

O nome da cidade foi escolhido por Frei Domiciano, missionário da época, encantado com os vastos campos que cobriam a região, batizou o local com o nome de Campos Belos.

Cercada por montanhas de todos os lados a cidade relativamente nova cresceu baseando-se na pecuária.

Hoje o comércio  ocupa cada vez mais espaço no seu cenário econômico.

Atendendo o mercado consumidor em diversos ramos, esse setor alimenta o crescimento da cidade.

Campos Belos é a segunda maior cidade da região nordeste do estado, e, apesar da pouca população, o município ostenta o posto de pólo econômico da região, atendendo vasta área do norte de Goiás  e sul do Tocantins.

Cerca de 100.000 pessoas das cidades vizinhas de Campos Belos dependem de seus serviços.

Obras de infraestrutura realizadas nos últimos anos melhoraram a qualidade de vida de sua população, mas o munícipio ainda é muito carente de em serviços públicos, a exemplo de urbanização e saneamento básico.


Posse - A cidade de Posse deve sua formação ao trabalho de migrantes nordestinos que fugiam da seca e buscavam terras férteis, no século 19.

Entre os pioneiros também estavam portugueses, argentinos e paraguaios.

O povoado recebeu o nome de Posse devido ao fato de os habitantes se apoderarem da faixa de terras à margem do córrego Passagem do Gerais, em 1830.

Posse, com cerca de 30 mil habitantes, está a 503 quilômetros de Goiânia.



Com informações da Gerência da Assessoria de Imprensa da Vice-governadoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...